Sou branco, pertenço a um país da Europa que por sua vez pertence à União Europeia, mas mesmo assim, há uns tempos na cidade francesa de Strasbourg, ao entrar num estabelecimento comercial, as portas automáticas em vidro, por qualquer motivo técnico não se abriram. Um tipo alto, louro, olhos azuis e funcionário da casa, da parte de dentro, sorria leve e cinicamente. Depois de tudo solucionado disse-me: «A porta não gosta de estrangeiros!» Respondi-lhe: «Manda substitui-la porque é xenófoba como tu.»

Direitos Humanos e Xenofobia - Igualdade e justiça
Direitos Humanos e Xenofobia – Igualdade e justiça
Ler Mais