Vivi na Guarda os seis melhores anos da minha vida. No Seminário onde estudava, galvanizava-me o desejo de transformar o mundo, entusiasmado com as ideias renovadoras do Concílio, cuja abertura coincidiu com o meu primeiro ano de filosofia. Esta pequena cidade branca de montanha faz parte do meu imaginário juvenil que alimentou enredos e descrições reais ou fictícias que se entrecruzam com pessoas, lugares, paisagens, ao formataram a minha sensibilidade que então despertava para a idade adulta.

Retábulo da Sé da Guarda (foto: D.R.) - capeiaarraiana.pt
Retábulo da Sé da Guarda (foto: D.R.)
Ler Mais