Em Vale de Espinho não há Santa Casa da Misericórdia, mas há pessoas que, sozinhas, assumem esta função. Condoem-se com o próximo, visitam os doentes, matam a fome a carenciados, dão um copo de água a sedentos e são um ouvido atento para consolar almas angustiada…

Marizé ao telefone no seu «Comércio»
Ler Mais