Um estudo recente sobre a presença na Internet das Câmaras Municipais e o e-Government local em Portugal colocou o portal web da Câmara Municipal do Sabugal numa honrosa 59.ª posição entre 287 municípios e em terceiro no distrito da Guarda. Pombal arrecadou o primeiro lugar nesta análise da responsabilidade da Gávea (Universidade do Minho) e do Sapo.

Eh! Madeiro!O portal da Câmara Municipal do Sabugal ficou posicionado em 59.ª posição num universo de 287 autarquias portuguesas analisadas no estudo sobre e-Government local (gestão autárquica electrónica) e a «Presença na Internet das Câmaras Municipais portuguesas em 2007» da autoria dos professores Leonel Santos e Luís Amaral da Universidade do Minho.
A Gávea-Laboratório de Estudo e Desenvolvimento da Sociedade da Informação do Departamento de Sistemas de Informação da Universidade do Minho e o porta Sapo estudaram a presença de 306 câmaras municipais na Internet.
Este estudo identificou e analisou todos os portais web das câmaras municipais portuguesas, assim como (à semelhança do que aconteceu em estudos anteriores) procedeu ao estudo dos tempos de resposta dos serviços das câmaras municipais às mensagens de correio electrónico.
A recolha e avaliação dos portais web das câmaras municipais portuguesas teve lugar em finais de 2007 e foi conduzido por duas equipas de avaliação independentes. Depois de finalizado o período de recolha, foram validados através da comparação dos resultados obtidos pelas duas equipas e confrontados com os dados obtidos no estudo anterior, de modo a apurar o seu índice de fiabilidade. O passo seguinte consistiu na aplicação dos pesos dos diversos critérios e indicadores aos dados recolhidos de modo a obter a classificação de cada uma das câmaras municipais nos vários níveis que compõem o estudo. A soma ponderada da pontuação obtida em cada um dos níveis dá origem ao ranking de maturidade dos portais web das autarquias portuguesas.
Segundo os técnicos que apresentaram o estudo «outro aspecto quantitativo que também melhorou prende-se com o número de respostas às mensagens de correio electrónico enviadas: 44,48 por cento das câmaras municipais responderam, à mensagem simples, em menos de 24 horas (35,51 por cento em 2005), tendo ficado 104 mensagens sem resposta – em 2005 este número foi de 145. O tempo de resposta à mensagem complexa também melhorou em 2007: de 7,17 por cento de respostas em menos de 24 horas em 2005 passou para 20,78 por cento em 2007, tendo o número de ocorrências em que a câmara municipal não respondeu baixado de 199 em 205 para 160 em 2007».
«Um factor que atesta a melhoria de qualidade dos portais web das câmaras municipais prende-se com a subida do índice de maturidade em relação a 2005 ‐ subindo de 1,57 para 1,86», indicam ainda os responsáveis pelo estudo.

Classificações finais:
Ranking Global – 1.º, Pombal (709,74 pontos); 2.º, Maia; 3.º Peniche; (…) 59.º, Sabugal (358,58 p); (…) e 287.º, Câmara de Lobos (9,62 p.).
Nível 1 – Utilização do portal web para disponibilização de informação: 1.º, Lourinhã; 2.º, Torres Vedras; 3.º, São João da Madeira; (…) 156.º, Sabugal; (…).
Nível 2 – Download de formulários: 1.º, Lagos; 2.º, Vila Verde; 3.º, Lourinhã; (…) 32.º, Sabugal; (…).
Nível 3 – Consulta de processos: 1.º, Grândola; 2.º, Chaves; 3.º, Peniche; (…) 61.º, Sabugal; (…).

Posição das câmaras do distrito da Guarda na classificação final:
49.º, Seia (363,07); 55.º, Aguiar da Beira (361,16); 59.º, Sabugal (357,95); 86.º, Guarda (167,78), 121.º, Manteigas (157,81); 128.º, Celorico da Beira (156,67); 130.º, Trancoso (156,13); 153.º, Pinhel (150,82); 174.º, Figueira de Castelo Rodrigo (145,49); 191.º, Gouveia (135,88); 197.º, Fornos de Algodres (133,46); 201.º, Meda (131,99); 245.º, Almeida (36,79); e 249.º, Vila Nova de Foz Côa (34,88).
jcl