Uma pintura e um poema de Alcínio, com inspiração neste verão escaldante em que a aldeia fica prenhe de gente e de euforia, mas que não são mais do que a ilusão de uma gravidez que afinal está vazia e acaba em frustração.

Festas de Verão – Pintura de Alcínio
Festas de Verão – Pintura de Alcínio
Ler Mais