Uma criança portuguesa de 4 anos foi detectada em Espanha na companhia do pai, que a subtraiu à respectiva mãe, ao arrepio do determinado pelo tribunal referente à regulação do poder parental. A situação foi resolvida com a colaboração da GNR de Vilar Formoso.

Cooperação entre a Guardia Civil, a GNR e o SEF resolveu o problema
Ler Mais