O Mar de Aral, situado na Ásia Central, entre o Cazaquistão, ao norte e o Usbequistão, ao sul, foi até à década de 1960 o quarto maior lago do mundo, com 68 000 km² de superfície e um dos grandes oásis da Rota da Seda. Mas, a partir do início dessa década, começou a recuar gradualmente, ano após ano. Na atualidade, o Mar de Aral está reduzido a menos de 10% do seu tamanho original e transformou-se em grande parte num deserto – o deserto de Aral Kum – facto que é considerado como um dos maiores desastres ecológicos da história recente do planeta.

Dromedários à sombra de um barco no deserto de Aral
Camelos à sombra de um barco no deserto de Aral (foto: D.R.)
Ler Mais