Os idosos e o Coronavírus…

Ramiro Matos - Sabugal Melhor - © Capeia Arraiana (orelha)

Ninguém tem as costas quentes ou está imune aos vírus que nos atacam, especialmente os mais idosos. A mais recente variante do Coronavírus (Covid-19) é disso exemplo nos tempos que correm.

Restrições em visitas a lares de idosos devido ao coronavírus

Restrições em visitas a lares de idosos devido ao Coronavírus

.
Contaminação de idosos é aquela que mais nos deve preocupar…

O CoronaVírus (variante Covid-19) com origem na China transformou-se, em pouco tempo, num problema real de todos nós um pouco por todo o mundo.

De uma reação inicial, do tipo, aquilo é lá longe e é culpa dos comunistas que mandam na China, rapidamente se percebeu, e a Itália é disso um exemplo, que não pôr as barbas de molho pode não ser a melhor opção.

Portugal, apesar do número ainda limitado de casos, e de não haver até ao momento que escrevo, casos mortais, vê o número de contaminados aumentar, bem como o alastramento de casos um pouco por todo o País.

Penso que as medidas que o Governo vem tomando, aumentando as restrições à medida que o problema cresce, tem sido correto, bem como a atitude dos contaminados e dos que com eles conviveram.

Mas cabe-nos a todos, não entrando em paranóias ou em atos de pânico injustificados, seguir as indicações que as autoridades de saúde nos vão dando, e termos uma postura de prevenção que não nos torne nem em contaminados, nem em agentes de contaminação.

E isso aplica-se também ao nosso Concelho, pois a contaminação de idosos é aquela que mais nos deve preocupar.

Sabem muitos que a minha mulher está institucionalizada. Pois desde sexta-feira passada que a direção da instituição onde ela está em Alverca proibiu as visitas. Custa-me muito não ir ver a minha mulher, mas compreendi e aplaudi esta decisão, pois ela defende a vida dos que ali se encontram.

Penso ser a altura de tomar algumas decisões semelhantes no Sabugal, pois mais vale prevenir que remediar…

:: ::
«Sabugal Melhor», opinião de Ramiro Matos

Deixar uma resposta