Meu Menino Jesus!

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Os católicos vão mais um ano festejar o dia do teu nascimento, que por mais absurdo que pareça nem foi neste dia! Fazem-te muitos pedidos, as crianças pedem brinquedos, os adultos cada um pede o que quer, como o Povo diz – pedir não custa nada – Eu, vou pedir-te que mudes para melhor esta maldito Mundo!! Peço-te uma Utopia? O que é que queres? Cada um pede aquilo que mais deseja.

O terrorismo do dinheiro

O terrorismo do dinheiro

Menino Jesus, os seres humanos, como tu sabes melhor do que eu, são produto de valores e contra-valores da época histórica em que vivem. Presentemente há mais desumanidade do que humanidade, mas a sociedade auto-elogia-se dizendo que alcançou o mais alto grau de civilização e de cultura, eu não acredito ! Cada vez vejo mais ódio e violência, enfim, uma autêntica irracionalidade. É mentira Menino Jesus?

– Qual é o modus vivendi do Homem actual? Consumo ilimitado, destruição do meio ambiente, procura de êxito, poder dinheiro, desprezo pela dor alheia, pelos humilhados e vencidos, estou sempre a escrever a mesma coisa???!! Porra Menino Jesus! Eu é o que vejo diariamente! Até aqui nesta santa terra onde vivo há, e aparece cá cada um…

A violência estrutural, como tu sabes melhor do que eu, é aquele tipo de violência que não vem das guerras nem das Revoluções, vem de sistemas políticos, instituições e práticas sociais que são consideradas normais e toleradas perante a lei, por isso, essa violência não é castigada, pela simples razão que é o próprio sistema a legalizá-la, é o caso da avidez das Multinacionais, Macro-Empresas e Bancos, a quem alguém já chamou «Terrorismo do Dinheiro» que mata mais gente do que o terrorismo das armas.

– Não te quero roubar mais tempo Menino Jesus, principalmente nesta altura, mas muda lá isto por favor!

:: ::
«Passeio pelo Côa», opinião de António Emídio

Deixar uma resposta