Vuelta 2020 passa na Guarda e Vilar Formoso

Ciclismo - Capeia Arraiana

A 75.ª edição da Volta a Espanha foi apresentado na segunda-feira, em Madrid, e inclui duas etapas em Portugal. A 18.ª etapa com chegada ao Porto a 3 de setembro e a 19.ª com partida de Viseu no dia seguinte. Esta etapa terá 177 quilómetros e terminará em Ciudad Rodrigo, com o pelotão a passar por Fornos de Algodres, Celorico da Beira, Ratoeira, Vila Cortês do Mondego, Guarda, Pínzio, Almeida e Vilar Formoso, reentrando depois em território espanhol por Fuentes de Oñoro. A Vuelta 2020 começa a 14 de Agosto, na Holanda, e termina a 6 de Setembro, contemplando ainda uma passagem por França. Será a terceira vez que a prova passa por território português. Em 1997 começou em Lisboa, teve uma etapa entre Évora e Vilamoura e uma partida de Loulé rumo a Huelva.

As etapas da Vuelta 2020

As etapas da Vuelta 2020

O percurso em Portugal só terá uma montanha pontuável, a terceira categoria da Guarda, na etapa que parte de Viseu e ruma a Ciudad Rodrigo. O pelotão, na 19.ª etapa de 177 quilómetros passa por Fornos de Algodres, Celorico da Beira, Ratoeira, Vila Cortês do Mondego, Guarda, Pínzio, Almeida e Vilar Formoso, reentrando depois em território espanhol por Fuentes de Oñoro. Será uma típica jornada de transição, antecipando a 20.ª e, essa sim, decisiva e última das sete tiradas de alta montanha, com chegada a La Covatilla.

No dia anterior, a ligação de Mos, na Galiza, até ao Porto tem tudo apontado ao sprint, pois é plana. Como aliciante, e depois de Valença, Viana do Castelo e Esposende, a corrida terá uma rota pelo interior. Barcelos, Famalicão, Santo Tirso e Maia são zonas de habituais banhos de multidão. Os ciclistas rumam depois às praias de Leça, ao interior de Matosinhos e finalmente à avenida que leva à praia do Homem do Leme, no Porto.

A Vuelta regressa a Portugal 23 anos depois – começou em Lisboa, em 1997 -, com Holanda e França com etapas na Vuelta mais internacional de sempre. O início nos Países Baixos tem um contrarrelógio coletivo (23,3 km) e duas etapas planas. Arrate e Laguna Negra são as duas primeiras montanhas, mas haverá sete finais em alto e 42 subidas categorizadas. O Col d’Aubisque e o Tourmalet marcarão uma incursão por França e Moncalvillo (11.ª), La Farrapona (14.ª) e Angliru (15.º).

jcl (com agência Lusa)

Deixar uma resposta