Freguesia de Águas Belas no concelho do Sabugal

Maria Rosa Afonso - Orelha - Capeia Arraiana

Pretendo publicar um conjunto de crónicas sobre Águas Belas, na perspetiva do presente, mesmo quando refira aspetos do passado, e que penso possam ter um interesse mais alargado. Algumas serão reescritas, numa ou noutra parte, a partir de textos elaborados com outra intenção e organização que vou publicar, para já, num blogue.

Edifício da sede da Junta de Freguesia de Águas Belas no concelho do Sabugal

Edifício da sede da Junta de Freguesia de Águas Belas no concelho do Sabugal

Águas Belas é uma aldeia, sede de freguesia, com os seus representantes eleitos, democraticamente, a quem incumbe tratar de assuntos gerais e de responder a quem solicite os serviços da Junta para tratar de assuntos particulares. Está aberta todos os domingos de manhã, com a presença dos três elementos do executivo: Presidente, Sandra Maria Silvestre Fernandes; Secretário, Vítor Manuel Pires Freixinho; e Tesoureiro, José Costa Nunes.

Tem três anexas: Espinhal, Quinta do Clérigo e Vale Mourisco, respetivamente, a 2, a 2.5 e a 7 quilómetros de distância. Pertence ao concelho do Sabugal e ao distrito da Guarda, distando 9 quilómetros da sede do concelho e 33 quilómetros da sede do distrito.

Fica no Interior centro do país, numa zona montanhosa, rodeada de pequenas serras – a Serra Gorda, a Serra do Vale de Arca e a Serra do São Cornélio, avistando-se, ao longe, a Serra da Estrela. Os invernos são muito frios e os verões muito quentes.

É uma zona rural, com campos de cultivo, lameiros, árvores de fruto, freixos, carvalhos, pinhais… embora, desde há muito, as atividades relacionadas com a agricultura sejam diminutas.

Se considerarmos toda a área da freguesia, os seus limites encontram-se com os de seis outras freguesias, cinco do concelho do Sabugal e uma (Pega) do concelho da Guarda. Nomeando-as, de Norte para Nordeste, são: Pega, Pousafoles do Bispo, Penalobo e Lomba; Sortelha; Sabugal e Aldeia de Santo António; Quintas de São Bartolomeu e Vila do Touro.

Encontra-se, como acontece com muitas outras, em situação geográfica, económica e social similar, num processo de desertificação acentuado, com mais de dois terços das casas fechadas quase todo o ano. Perde população residente, a cada censo, desde 1970. No último, em 2011, havia 175 pessoas (81 homens e 94 mulheres).

Blogue sobre Águas Belas… (Aqui.)

:: ::
«A minha terra é Águas Belas», crónica de Maria Rosa Afonso

2 Responses to Freguesia de Águas Belas no concelho do Sabugal

  1. António Emídio diz:

    Maria Rosa Afonso :

    Neste artigo, a senhora dá-nos uma demonstração do que é a História e as Tradições. Em si, ambas alimentam as chamas de um passado a que todos nós pertence. Nada tem a ver com o venerar das cinzas a que algumas pessoas recorrem quando falam de tradições e História…

    Ainda bem que regressou ! Tentei fazer comentários no seu Blog de Águas Belas, mas a minha ignorância a nível das novas tecnologias sempre me negou esse prazer.

    António Emídio

Deixar uma resposta