Quando eu era miúdo, havia na minha terra tantas pesosas a viver ou sobreviver de artesanato, que você nem imagina. E havia bastantes artistas (artesãos e técnicos do desenrascanço da altura). Penso muitas vezes nessa malta que desenrascava tudo o que a aldeia precisava. Apenas um ou outro vinham de fora, como é o caso do amola-tesouras ou de um ou outro latoeiro. De resto, era tudo «prata da terra»…

Aldeia do Casteleiro no concelho do Sabugal - Capeia Arraiana
Aldeia do Casteleiro no concelho do Sabugal
Ler Mais