Outdoors do PS foram vandalizados no Sabugal

Autárquicas 2017 - Capeia Arraiana

Foram furtados dois outdoors da pré-campanha autárquica do Partido Socialista do Sabugal, o que levou a comissão política do partido a apresentar queixa e a considerar que o acto se enquadra no ambiente de intimidação de que a candidatura tem sido vítima.

A estrutura de onde foi furtado um dos outdoors

A comissão política concelhia do PS difundiu um comunicado denunciando a situação:

«A Comissão Política do Partido Socialista do Sabugal vem publicamente denunciar o furto de dois outdoors de propaganda eleitoral, ocorrido na noite de 14 para 15 de julho, localizados no cruzamento da estrada nacional para a variante do Soito e no cruzamento para o Ozendo.
Face a esta intolerável e inaceitável violação dos princípios democráticos foi já apresentada queixa à GNR de furto contra desconhecidos e será feita participação à Comissão Nacional de Eleições por ”dano em material de propaganda eleitoral” por considerar que se trata de um ”ilícito eleitoral”.
Este facto é bem o exemplo e, quiçá, consequência, do ambiente de intimidação e “clima de medo” que a candidatura do Partido Socialista às eleições autárquicas tem vindo a constatar junto da população do concelho do Sabugal. São numerosos os relatos de diversas formas de intimidação, ameaças pessoais e promessas de favores junto da população.

O outdoor do PS

Esta cobarde forma de actuação, que não nos surpreende por ser já recorrente, demonstra bem a ausência de qualquer sentido democrático e uma forma mesquinha de fazer política onde a ausência de valores é uma constante.
Hoje, mais que nunca, faz sentido reafirmar a mensagem inscrita no outdoor furtado: “Está na Hora de Mudar”.
Mudar de políticas, mudar de políticos, mudar o ambiente de intimidação que se respira no Sabugal.
Afinal, quem tem medo da candidatura do Partido Socialista do Sabugal?
Sandra Fortuna
Presidente da Comissão Política do PS Sabugal
»

One Response to Outdoors do PS foram vandalizados no Sabugal

  1. Ramiro Manuel Lopes de Matos diz:

    Nunca tive dúvidas que a recandidatura do Toni, num cenário de união de todos os que consideram que chegou a altura de mudar meteria medo a muita gente, nomeadamente a muitos dos que andam a comer da gamela…

Deixar uma resposta