Sabe quantos Silva há em Portugal? E no Mundo?

Internet - Capeia Arraiana

277.582. O portal estatístico «Forebears» com mais de 11 milhões de apelidos regista até 2014 mais de 277 mil apelidos Silva em Portugal, ou seja, há uma hipótese em 38 de encontrar uma pessoa com o apelido mais usado pelos portugueses. Mas… na lista mundial Portugal «apenas» aparece em segundo lugar porque o Brasil regista mais de cinco milhões de Silvas. O pódio português é ocupado pelos Silvas, pelos Santos e pelos Ferreiras.

Forebears - Base de Dados sobre apelidos no Mundo - Capeia Arraiana

Forebears – Base de Dados sobre apelidos no Mundo

Se gostar de números e estatísticas e quiser saber quantas pessoas têm o seu apelido ou as origens da sua família tem, agora, a tarefa mais facilitada se recorrer aos arquivos digitais do portal Forebears.
O Forebears disponibiliza um conjunto de ferramentas para ajudar a procurar as origens para quem, por exemplo, tiver decidido fazer a árvore genealógica da família.
Em todo o mundo há 6,7 milhões de pessoas com o apelido Silva colocando-o na posição 63.ª dos mais registados em todo o mundo. Em Portugal uma em cada 38 pessoas têm Silva no nome e as curiosidades não acabam por aqui. Os dados são de 2014, pelo que é possível que a abundância de Silvas tenha crescido entretanto.
Se decidir descobrir mais sobre a informação disponibilizada pode procurar dados nos ficheiros dos Census, dos registos de igrejas ou da imprensa.
A base de dados do Forebears tem mais de 11 milhões de registos de apelidos de todo o mundo que podem ser consultados gratuitamente. O motor de busca tem um gráfico com um mapa-mundo onde aparecem os países com maior ou menor frequência de um apelido.
Por países tem uma lista com o número de pessoas que possuem determinado apelido, a relação da sua frequência (com um formato tipo “uma em cada X pessoas tem esse sobrenome”) e a posição que ocupa no ranking de apelidos de determinado país.
O Forebears também fornece, em forma de dicionário, informações sobre o significado dos apelidos e os motivos históricos para a sua distribuição geográfica no planeta. O portal afirma que a maioria dos apelidos no mundo é patronímica, ou seja, deriva do nome de um ancestral masculino, mas também há muitos relacionados com profissões, regiões geográficas ou lugares, e, em menor medida, os descritivos e matronímicos (derivados do nome de uma antepassada).

Para visitar o portal Forebears. (Aqui.)
jcl

Deixar uma resposta