Sabugal: PJ prende homem que simulou rapto

Polícia Judiciária - Capeia Arraiana

A Polícia Judiciária deteve no Sabugal um homem de 47 anos por ter simulado o próprio rapto ao ter-se acorrentado e atado a uma árvore junto à barragem da Senhora da Graça.

O homem amarrou-se a árvore perto da barragem do Sabugal

O homem amarrou-se a árvore perto da barragem do Sabugal

Segundo um comunicado da PJ, o homem foi encontrado na tarde de domingo, duas horas após ser dado o alerta do desaparecimento.
Foi libertado pelos bombeiros voluntários do Sabugal, que tiveram de recorrer a uma viatura de desencarceramento para o efeito. Alegava ter sido raptado por cinco homens, entre os quais um irmão mas, depois de ser libertado, foi interrogado pelas autoridades, às quais confessou ter inventado tudo após ser confrontado com várias incongruências no seu discurso.
O objectivo do indivíduo, segundo a PJ, era imputar a responsabilidade do rapto a uma pessoa com a qual se tinha desentendido.
Após confessar o próprio rapto, o homem foi detido e entretanto colocado em liberdade, tendo sido notificado para comparecer em tribunal.
plb

Deixar uma resposta