GNR da Guarda faz nove detenções em flagrante

GNR - © Capeia Arraiana (orelha)

Na semana transacta a Guarda Nacional Republicana efectuou no distrito da Guarda um total de 11 detenções, nove delas em flagrante delito, segundo o comunicado difundido pelo respectivo Comando Territorial.

GNR controlou 1.487 condutores

GNR controlou 1.487 condutores

Do conjunto de operações realizadas no distrito, na semana de 22 a 28 de Fevereiro, em que a GNR pretendeu prevenir e combater a criminalidade, resultaram quatro detenções por condução sob efeito do álcool, duas por posse ilegal de armas, duas por furto de lenha, uma por tentativa de agressão com arma branca. Para além dessas detenções em flagrante aconteceram ainda outras duas pelo cumprimento de mandados de detenção.
Verificaram-se ainda diversas apreensões: duas carabinas, duas caçadeiras, uma pressão de ar, oito armas brancas e mais de uma centena de cartuxos de vários calibres.
Na fiscalização ao trânsito foram controlados 1.487 condutores, sendo detectadas 420 infracções, destacando-se: 61 por excesso de velocidade, 11 por condução com excesso de álcool no sangue, nove por falta da inspecção periódica obrigatória, seis por falta ou incorrecta utilização do cinto de segurança, cinco por uso indevido do telemóvel durante a condução, quatro por falta de seguro obrigatório e duas relacionadas com os pneumáticos.
No período em apreço registaram-se 26 acidentes de viação, dos quais resultaram três feridos graves e três feridos leves.
plb

Deixar uma resposta