Efemérides 2015 – 30 de Agosto

Agosto - 2015 - Efemérides - Capeia Arraiana

:: :: EFEMÉRIDES 2015 :: 30 DE AGOSTO :: :: O Capeia Arraiana publica diariamente as efemérides mais relevantes de cada data… Hoje destacamos a morte de Alberto Dinis da Fonseca, em 1962.

Alberto Dinis da Fonseca faleceu há 53 anos

Alberto Dinis da Fonseca faleceu há 53 anos

 

Efemérides - Hoje Comemora-se - Capeia Arraiana

>> Dia de Santa Rosa de Lima.
>> Dia Internacional das Pessoas Desaparecidas.

 

Efemérides - Hoje aconteceu - Capeia Arraiana

>> ALBERTO DINIS DA FONSECA
Há 53 anos, no dia 30 de Agosto de 1962, morreu, na Guarda, Alberto Dinis da Fonseca, advogado e político que foi deputado, presidente da Câmara Municipal da Guarda e obreiro da Liga dos Servos de Jesus e do Outeiro de S. Miguel.

Alberto Dinis da Fonseca nasceu do Rochoso, freguesia do concelho da Guarda, a 3 de Setembro de 1884, no seio de uma família de proprietários rurais. Cresceu porém na Cerdeira do Côa, freguesia do concelho do Sabugal, em casa do tio juiz José Dinis da Fonseca, e aí fez os estudos primários.
Estudou depois no Colégio de S. Fiel, no Louriçal do Campo, onde se destacou pela inteligência e as consequentes boas notas. Feitos os estudos secundários seguiu para a Universidade de Coimbra, onde estudou Direito, ajudou a fundar e militou no Centro Académico de Democracia Cristã, envolvendo-se activamente na luta pela afirmação do catolicismo entre os estudantes e pela qualificação da vida universitária.
Ainda estudante, corria o ano de 1904, Alberto tornou-se Ajudante de Notário na Figueira da Foz. Acabado o curso do Direito, manteve-se na Figueira e, em 1909, mudou-se para Torres Novas, onde ocupou a vaga de Notário e passou também a exercer advocacia. Dedica-se à escrita, liga-se à imprensa católica e mantém o activismo político que o levaria, em 1918, a ser eleito deputado pelo círculo de Arganil. Em 1922 falha a reeleição como deputado, passando porém a acompanhar e apoiar a carreira política do irmão Joaquim, que milita no Centro Católico Português, é deputado no parlamento por essa força e em breve assumirá altas funções no Governo e na administração pública.
Em 1925 volta a ser eleito deputado, indo para o parlamento com o irmão Joaquim, mas a Câmara foi dissolvida, na sequência do golpe militar de 28 de Maio de 1926.
Em 1927, ainda em Torres Novas, funda o jornal Amigo da Verdade, com sede na sua terra natal, o Rochoso. Nesse mesmo ano tem uma passagem breve, como Notário, por Monforte, no Alentejo, e nos finais de 1928 vai definitivamente para a Guarda, onde ocupa o lugar de Notário, que tinha vagado.
A profunda amizade de Alberto Dinis da Fonseca com o bispo auxiliar D. João de Oliveira Matos, uni-los-á no empenho pela afirmação da Liga dos Servos de Jesus, obra religiosa de assistencialismo e de educação fundada pelo prelado.
Em 1947, já com 63 anos, Alberto aceita desempenhar o cargo de presidente da Câmara Municipal da Guarda, que ocuparia até 1953.
Finda a actividade política continua a obra social e religiosa, mantendo-se ligado à Liga dos Servos de Jesus e ao Instituto de S. Miguel, e também ao seu jornal Amigo da Verdade, que dirige e redige.
Alberto Dinis da Fonseca foi, para além de homem ligado às causas sociais, pessoa de bom trado e de uma grande capacidade humorística. Ficaram conhecidas as suas facécias acerca da cidade da Guarda, para ele o centro do mundo, a terra prometida, porque, dizia: «até o Anjo é da Guarda».
A sua morte aconteceu a 30 de Agosto de 1962 um dia após o falecimento na mesma cidade do seu grande amigo e companheiro, o bispo D. João de Oliveira Matos.

 

Efemérides - Regionais - Capeia Arraiana

>>1406 – O rei D. João I institui o couto do Sabugal, onde os homiziados (à excepção dos que praticaram aleivosia e traição) são autorizados a instalarem-se sem que sejam perseguidos pela justiça, como forma de fomentar o povoamento – alguns autores defendem que se tratou de uma confirmação pois o couto já havia sido criado por D. Dinis ou D. Afonso IV.

>>1720 – O rei D. João V assina alvará autorizando a instalação em Almeida de um açougue (matadouro) exclusivo para os militares da guarnição da praça.

>>1962 – Morte, na Guarda, de Alberto Dinis da Fonseca.

 

Efemérides - Nacionais - Capeia Arraiana

>>1808 – Assinatura da Convenção de Sintra, que põe termo à primeira invasão francesa.

>>1852 – Criação do Ministério das Obras Públicas, Comércio e Indústria. António Maria Fontes Pereira de Melo é o ministro nomeado para o novo departamento.

>>1959 – Inauguração da primeira escada rolante do país, nos Armazéns Grandela, em Lisboa, com cinco lances de 12 metros cada.

>>1975 – O primeiro ministro português Vasco Gonçalves é demitido, iniciando-se negociações para a formação do VI Governo Provisório, numa coligação PS-PPD-PCP.

 

Efemérides - Internacionais - Capeia Arraiana

>>1914 – Os alemães tomam Amiens, em França, no decurso da I Guerra Mundial.

>>1941 – As tropas alemãs começam o cerco de Leninegrado.

>>1960 – A Alemanha de Leste (RDA) impõe o bloqueio parcial a Berlim ocidental.

>>1980 – São assinados os acordos de Gdansk, que criam o sindicato polaco Solidariedade, como associação de vários sindicatos livres.

>>1982 – O líder da OLP, Yasser Arafat, deixa Beirute, no Líbano, onde mantinha, há mais de dez anos, o quartel-general.

>>1987 – O canadiano Ben Johnson leva, primeira vez, o recorde mundial dos 100 metros a um tempo inferior a 10 segundos, atingindo os 9,83 segundos.

>>1999 – Referendo para a independência de Timor-Leste. Vota mais de noventa por cento do eleitorado.

>>2003 – Morte do actor norte-americano Charles Bronson, de 81 anos.

:: ::
>> Dia 242 de 2015. Faltam 123 dias para o fim-de-ano.
:: ::
jcl e plb

Deixar uma resposta