Hotel Rural do Cró – mais uma oportunidade

Ramiro Matos - Sabugal Melhor - © Capeia Arraiana (orelha)

A inauguração do hotel rural do Cró é uma boa notícia para o Concelho do Sabugal e constitui mais uma oportunidade para a afirmação do Concelho enquanto destino de visitação.

O hotel cria condições para captar novos visitantes

O hotel cria condições para captar novos visitantes

O Hotel, segundo as informações que recolhi, tem 4 estrelas e possui 30 quartos e 60 camas. Dispõe ainda um anfiteatro de 80 lugares e um salão multifunções com capacidade para 240 pessoas sentadas.
É, e ao contrário do que tenho visto escrito, uma boa peça de arquitetura contemporânea, e que, em conjunto com o edifício termal, constitui, ao lado da agência do Sabugal da CGD (de Carrilho da Graça), um dos poucos apontamentos de arquitetura moderna no nosso Concelho.
Mas, mais importante do que falar de arquitetura, interessa dizer que a abertura desta unidade hoteleira cria naturais expectativas no que diz respeito à sua contribuição para captar novos visitantes, se todas as entidades envolvidas se unirem para alcançar tal objetivo.
E lembro aqui uma experiência vivida há alguns anos numa estância termal, talvez de menor dimensão que o Cró.
Falo das Termas do Carvalhal no Concelho de Castro Daire que, apesar da reduzida dimensão, possui um hotel com mais de 80 quartos.
Ali estive duas semanas, considerando no início que era um hotel grande demais, convicção que se confirmou, pois não estariam mais de 10 quartos ocupados.
Chegada a primeira sexta-feira, foi-nos solicitado ao almoço que, se possível, jantássemos mais cedo para não haver problemas.
Supus que haveria alguma festa no hotel, mas qual não foi o meu espanto quando vi chegar dois autocarros de turistas que ocuparam a totalidade do hotel.
O que se passava, soube posteriormente, era que havia um acordo envolvendo a gerência do hotel, as termas, a Câmara Municipal e agências de viagens proporcionando aos visitantes um programa de fim de semana completo – estadia no hotel, tratamentos de bem-estar nas termas e visitas organizadas ao património natural e construído do Concelho de Castro Daire.
E, desta forma, todos ganhavam…
Acredito que algo de semelhante pode e deve vir a acontecer com o hotel rural do Cró.

Paisagem Possível, pintura de António Charrua

Paisagem Possível, pintura de António Charrua

Ps. Prometendo voltar às minhas sugestões de literatura e música, deixo hoje um alerta para todos os que gostam de arte e, sobretudo, arte moderna. Sexta, dia 19 é inaugurada no Centro de Arte Moderna da Gulbenkian em Lisboa uma exposição antológica de um dos maiores artistas plásticos portugueses do século XX, António Charrua.
Ao mesmo tempo, há a possibilidade de ver uma exposição coletiva de arte moderna, sob o título «Tensão e Liberdade», juntando obras de três instituições ibéricas, o CAM, La Caixa e o Museu de Arte Contemporânea de Barcelona.
Duas exposições imperdíveis!

:: ::
«Sabugal Melhor», opinião de Ramiro Matos

One Response to Hotel Rural do Cró – mais uma oportunidade

  1. Gustavo Bocolo diz:

    Pese embora seja mais um equipamento hoteleiro para o concelho e não querendo augurar maus presságios parece-me que vai ficar às moscas. A oferta turistica é escassa e localizado numa zona inóspita julgo que é dinheiro deitado fora.
    Para já qual a promoção que já foi feita?

Deixar uma resposta