Futebol distrital: Sabugal bate Celoricence por 5-0

Rui Nascimento - Sporting Clube Sabugal - Capeia Arraiana

Domínio absoluto garante vitória tranquila do Sporting Clube do Sabugal por 5-0 frente ao Celoricence, na última jornada do campeonato distrital de futebol.

11041700_922591051125665_4423694023460502042_n

Realizou-se mais uma jornada do campeonato distrital, sendo evidentes as diferenças técnicas e táticas entre ambas as formações, onde a qualidade e experiência do Sabugal conseguiu construir um resultado robusto, acompanhado de uma exibição global convincente.
Desde o apito inicial se percebeu que a equipa visitante iria ter enumeras dificuldades para conter o poderio do Sporting Clube do Sabugal.
Numa toada mais defensiva, tentando explorar saídas rápidas para o contra-ataque, o Celorico lá ia tentando atrasar o golo, algo que apenas conseguiu fazer durante 3 minutos, pois nesse momento Nani aparece bem na ala esquerda a realizar um cruzamento onde Nuno Oliveira aparece á boca da baliza para fazer o primeiro da tarde.
Continuou a carregar o Sabugal e tanta foi a insistência que acabou por dar mais frutos. Jogada bem delineada desde a defesa, sempre com bola de pé para pé, culminando com um cruzamento com conta, peso e medida de Nuno Oliveira para Rui Pedro, que de cabeça remata fora do alcance do guarda-redes local e amplia a vantagem para 2-0.
Pouco despois, o mesmo Rui Pedro pressiona um defesa contrário conseguindo roubar o esférico aparecendo isolado e já só com o guarda-redes pela frente, a não ser egoísta e a servir Nuno “Fifias” que sem oposição encosta para o 3-0.
Entre estes golos existiram algumas boas oportunidades que poderiam e deveriam ter levado para o intervalo um resultado ainda mais dilatado.
No segundo tento mais do mesmo, domínio claro do Sabugal e o Celorico a defender com bloco baixo tentando roubar espaços para as manobras ofensivas do adversário.
No entanto, nova jogada de belo efeito com Pedro Carvalho a desmarcar-se pelo corredor direito, executando um excelente cruzamento e a proporcionar a Rui Pedro a concretização noutro bom cabeceamento do 4-0, segundo golo da sua conta pessoal.
Pires, que nas muitas das suas inclusões no ataque, consegue na marcação de um canto cabecear e obrigar o guarda-redes adversário a excelente defesa e na recarga remata por cima.
Para completar a goleada, Nuno “Fifias” agarra na bola e faz umas das suas jogadas típicas, sempre com a bola colada ao pé a ir para cima de vários adversários, retirando-os a todos do seu caminho, incluindo guarda-redes, e a atirar para o 5-0.
Para a história fica um resultado contundente, que poderia ter tido outros números, com vitória clara da melhor equipa em campo.
A equipa do Sabugal apresentou-se com a seguinte constituição:
Nuno (GR), Miguel, Janela, Pires, Pedro, Nuno “Fifias”(C), Camilo, Nuno Oliveira, Gaspar, Nani e Rui Pedro. No banco Rui Nascimento (treinador), Sampaio (GR), Calau, Filipe, Póvoas, Fã, Sérgio e Ricardito.
Crónica de Rui Nascimento

Deixar uma resposta