Rendo promoveu os cogumelos

Freguesia de Rendo - Sabugal - Capeia Arraiana

A freguesia de Rendo, no concelho do Sabugal, foi mais uma vez palco de um passeio micológico, que juntou dezenas de entusiastas pela apanha e degustação de cogumelos, uma das potencialidades que a freguesia dispõe.

Após a apanha dos cogumelos os convivas  juntaram-se à mesa

Após a apanha dos cogumelos os convivas juntaram-se à mesa

No domingo, dia 9 de Novembro, logo de manhã cedo, foram-se concentrando os participantes. Puderam desde logo observar várias espécies que haviam sido colhidas para exposição, enquanto provavam licores e doces caseiros que foram servidos nas instalações da antiga escola primária.
Pouco passava das 10 horas quando o nosso orador, Eng.º Gravito Henriques, conduziu os cerca de 40 entusiastas para o campo, onde durante 2 horas foram encontradas e identificadas várias espécies, bem como a sua semelhança e diferença para outras espécies.
De volta ao ponto de partida, na Casa do Povo foram servidas algumas espécies, confeccionadas de várias maneiras, seguida da nossa já tradicional feijoada de javali, e por fim com uma tarte de cantarelos para a sobremesa, tudo isto para cerca de 100 pessoas.

O Engº Gravito Henriques deu uma palestra no campo

O Engº Gravito Henriques deu uma palestra no campo

Durante a tarde, o Eng.º Gravito Henriques deu a palestra onde identificou as várias espécies expostas, respondendo a questões dos participantes, desejosos de conhecer mais sobre cogumelos.
Ao final da tarde, novas iguarias à base de cogumelos foram servidas. Desde salteados, com ovos ou com arroz, todos puderam experimentar várias formas de comer este produto que a natureza nos dá em abundância.
plb (com ACDR Rendo)

One Response to Rendo promoveu os cogumelos

  1. david carreira diz:

    Parabéns pela iniciativa, que foi ao encontro das espetativas que eu e os meus amigos tínhamos no desafio desta participação, relativamente a este tema que tem vindo a despertar a curiosidade de muita gente. Para além do tema que trouxe gente dos concelhos e distritos limítrofes, reparei de quanto numa pequena aldeia do Sabugal (onde tenho alguns amigos) (sendo amigo de toda a gente), antes durante e depois da atividade, o numero de presente triplicou no que diz respeitou a presença da população da freguesia, amigos e familiares. Esperando que a iniciativa se repita, porque haverá quem queira continuar a aprender, pois nem Deus fez o mundo num dia.

Deixar uma resposta