GNR fez detenções por posse de armas e explosivos

GNR - © Capeia Arraiana (orelha)

O Comando Territorial da Guarda da GNR informou que fez várias detenções na semana transacta, nomeadamente pela posse de armas e de explosivos, assim como pela prática do crime de incêndio e por posse de droga.

Em 30 de Outubro, o Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Pinhel cumpriu mandados de busca em Sequeiros, Torre de Moncorvo, o que levou à detenção em flagrante delito de um homem de 49 anos pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo e de engenhos explosivos. As diligências processuais decorriam no âmbito de investigações relacionadas com os crimes de furto e recetação. Foi apreendida uma caçadeira de calibre 12, uma pistola de calibre 6.35mm, diversos cartuchos e projécteis, seis velas de gelamonite, um motor de rega e uma motosserra.
Por sua vez a GNR da Guarda deteve, em Quintas da Misericórdia, Gonçalo, concelho da Guarda, um homem de 71 anos, pelo crime de incêndio florestal por negligência. O suspeito encontrava-se a fazer a queima de sobrantes, cortados e amontoados, tendo perdido o controlo da queima, provocando o incêndio florestal.
O Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Gouveia deteve, no dia 30 de outubro, no concelho de Mangualde, dois jovens, de 17 e 18 anos, desempregados, por posse de armas em situação ilegal.
O Núcleo de Investigação Criminal da Guarda deteve, em 28 de outubro, no concelho da Guarda, dois homens, de 27 e 31 anos, ambos estrangeiros, por posse de produtos estupefacientes. Os suspeitos estavam na posse de liamba, haxixe, LSD, e cogumelos alucinogénios.
plb

Deixar uma resposta