Faleceu o empresário tauromáquico António Morgado

Obituário - © Capeia Arraiana

A chocante notícia tem a data de sábado, 26 de Julho, e foi publicada pelo blogue «Farpas». Morreu António Morgado, de 53 anos, empresário tauromáquico e apoderado dos cavaleiros Joaquim Bastinhas e Marcos Bastinhas. O corpo foi encontrado junto à viatura num pinhal perto da sua residência em Nave de Haver.

António Morgado - Diário Taurino - Capeia Arraiana

António Morgado (Foto: D.R./diariotaurino.blogspot.com)

Reprodução da notícia datada de sábado, 26 de Julho, do blogue «Farpas»
Em estado de choque, como a generalidade do meio taurino, e fortemente combalido com a trágica morte do seu apoderado António Morgado, o cavaleiro Joaquim Bastinhas não vai actuar esta noite na corrida da inauguração da temporada na praça da Nazaré, onde era cabeça de cartaz, ao lado de Tito Semedo e Sónia Matias, desconhecendo-se ainda quem o substituirá.
Também Rui Bento, compadre de Morgado, se encontra «ainda incrédulo e profundamente chocado» com a morte do amigo. Ainda no hotel na Póvoa do Varzim (onde ontem se realizou a Corrida TV/Norte), Rui Bento atendeu há momentos o telemóvel ao Farpas a chorar compulsivamente: «Perdi um irmão», diz, inconsolável, o antigo matador de toiros e gestor taurino da empresa do Campo Pequeno. Bento é padrinho da única filha de Morgado e vai neste momento a caminho de Vilar Formoso para se juntar à Família. «Ninguém entende as razões do que fez…», afirma Rui Bento, adiantando contudo que António Morgado «andava muito tenso e penso que deprimido mas não tinha problemas financeiros e tinha uma vida organizada».
Uma das últimas pessoas com quem ontem terá falado foi com o conhecido dentista e seu grande amigo Pedro Marques, que se encontra em França para ver tourear Morante de la Puebla. «Pelo que sei, estava bem disposto e comentou as incidências da corrida de quinta-feira, onde não esteve, mas sobre a qual se informou», conta Rui Bento, que na própria quinta-feira teve o último contacto (telefónico) com o amigo de tantos anos para resolver a substituição de Marcos Bastinhas na corrida da Póvoa por seu pai, Joaquim Bastinhas, ambos apoderados por Morgado desde a temporada de 2010.
António Morgado, com 53 anos, despediu-se da mulher ao início da tarde para, disse, rumar à Póvoa de Varzim, onde deveria ter chegado à hora do sorteio. Mas pouco depois de sair de sua casa, em Nave de Haver, terá feito um telefonema ao pai do Dr. Pedro Marques (é há muitos anos amigo da Família) a quem, segundo fontes que pediram o anonimato, terá dito que «ia acabar com a vida». Segundo apurámos, Morgado terá ligado também para Marcos Bastinhas, mas este não atendeu por se encontrar hospitalizado. Durante toda a corrida de ontem na Póvoa de Varzim, Joaquim Bastinhas e Rui Bento viveram momentos de angústia e desespero sem saber de Morgado e receando o pior.
«Não faço a mínima ideia que problemas o atormentavam, ultimamente falava pouco comigo, a ponte entre nós, desde que deixou de trabalhar no Campo Pequeno, era o Pedro (Marques). Mas na última corrida em que estivemos juntos, a da alternativa de Miguel Moura, em que tourearam os Bastinhas, achei-o algo tenso e durante o sorteio suou imenso. Estava um dia de calor, mas não justificava que suasse tanto, ele não andava bem», conta-nos Rui Bento.
Foi o pai de Pedro Marques que alertou a família de Morgado e os amigos depois de ter recebido o estranho telefonema. Dirigiu-se de imediato a Nave de Haver, onde entretanto a GNR iniciara as buscas. Ao início da noite e como já é do conhecimento público o carro de Morgado foi encontrado num pinhal, aberto, com o telemóvel e o casaco no interior. Cerca da uma da manhã, foi finalmente encontrado o corpo do malogrado apoderado e empresário. Morgado terá posto termo à vida com a sua própria arma, um revólver devidamente legalizado e que o acompanhava sempre nas suas deslocações. Por estes dias, lembram os amigos, cumpre-se também mais um aniversário do trágico suicídio do Pai de António Morgado, um facto que, segundo as mesmas fontes, «o perturbava sempre nesta altura do ano».
:: ::
– António Morgado, empresário e apoderado dos cavaleiros Joaquim e Marcos Bastinhas, será sepultado esta segunda-feira em Vilar Formoso, sua terra natal, realizando-se a cerimónia às 19 horas. O corpo deverá sair directamente do Hospital da Guarda – onde se encontra e será autopsiado ao início da tarde – para o cemitério de Vilar Formoso, onde terá lugar a cerimónia fúnebre.
– A Junta de Freguesia de Nave de Haver suspendeu a Corrida de Touros Mista programada para 3 de Agosto na praça daquela localidade raiana.

:: ::
jcl (com blogues «Farpas» e «Diário Taurino»)

One Response to Faleceu o empresário tauromáquico António Morgado

  1. Luis Pereira diz:

    HOMEM de palavra de honra e de amizades sólidas. A sua Nave perde um valioso tripulante. No Mundillo dos toiros fica um vazio.
    Pêsames à família e amigos enlutados. Paz à sua Alma

Deixar uma resposta