Senhora do Monte

Manuel Leal Freire - © Capeia Arraiana

Manuel Leal Freire brinda-nos com uma sequência de sonetos alusivos às mil e uma invocações de Nossa Senhora nas terras da Beira Côa. Em cada semana, ao domingo, a poesia do bismulense de pena firme e de memória prodigiosa deslumbra-nos com a exortação aos nossos inúmeros santuários marianos.

Senhora do Monte - Cerdeira - Capeia Arraiana

Senhora do Monte – Cerdeira

SENHORA DO MONTE

In sumitate montis quis o povo
Erguer um bem singelo monumento
Que só por avistá-lo me comovo
Tão sacra é a miragem no momento

O teto quase toca o firmamento
Ao lado dois penedos em corcovo
Servindo aos fiéis de catavento
Suscitam devoções sempre em renovo

Do Monte ou do Cabeço tanto importa
O nome às sumidades nos reporta
A Fé exige sempre mais além

Subir dali aos Céus é um saltinho
A Cruz erecta aponta o bom caminho
A guia é Maria, a nossa mãe

:: ::
«Poetando», Manuel Leal Freire

Deixar uma resposta