Imagem do Ano 2013 – Kim Tomé (Tutatux)

Imagem do Ano 2013 - Capeia Arraiana

O Capeia Arraiana escolheu para «Imagem do Ano 2013» uma fotografia das Cataratas do Iguáçu da autoria do sabugalense Kim Tomé (Tutatux). O repórter fotográfico vive actualmente no Brasil onde se comemora esta quarta-feira, 8 de Janeiro, o «Dia Nacional do Fotógrafo».


Clique na imagem para ampliar

As Cataratas do Iguaçu (275 quedas de água) na bacia hidrográfica do rio Paraná, no Brasil são Património Natural da Humanidade. A sensibilidade fotográfica de Kim Tomé guardaram para sempre essa beleza monumental.
O Kim Tomé (Tutatux), natural da freguesia de Rendo, concelho do Sabugal, vive a vida com muita intensidade e paixão. O mesmo se pode dizer da superior qualidade dos seus cliques fotográficos com enquadramentos só ao alcance de alguns. É uma figura que não deixa ninguém indiferente. E por isso, também por isso, gerou e alimentou por terras lusas amizades e… inimizades. Por vezes a verdade é dura de ouvir. Por vezes a verdade deve ser dita com notas mais piano. O Kim Tomé vive actualmente em Blumenau, no estado de Santa Catarina, no Brasil, onde se comemora esta quarta-feira, 8 de Janeiro, o «Dia Nacional do Fotógrafo».
A nível mundial a fotografia tem o seu dia a 19 de Agosto em homenagem ao francês, Louis Jacques Daguerre, que alguns consideram ter ascendência portuguesa (Guerra).
A primeira fotografia reconhecida como tal foi feita pelo francês Joseph Nicéphore Niépce em 1826. Ele usou uma placa de estanho recoberta com betume da Judéia e uma exposição à luz de oito horas. Mas não ficou para a história como o pai da fotografia. Outro francês, Louis Jacques Mandé Daguerre (de ascendência portuguesa – apelido Guerra – a viver em França) também estudava uma forma de perpetuar imagens e entrou em contacto com Niépce após saber do feito do compatriota. Trocaram informações mas seguiram por caminhos diferentes. Niépce fazia os seus ensaios em placas de estanho enquanto Daguerre, que era físico e pintor, testou técnicas que envolviam misturas químicas para melhorar as imagens e diminuir os tempos de exposição.
Em 1839 Louis Daguerre vendeu os segredos de seu revolucionário processo – às placas revestidas a prata do Niépe juntou iodo – ao governo francês. Em 19 de Agosto do mesmo ano o «Daguerreótipo», denominação da primeira câmara fotográfica, foi apresentada ao público do mundo inteiro.
Em Portugal um dos maiores apaixonados pela fotografia foi o visionário Carlos Relvas que construiu a sua casa-estúdio na Golegã. Um monumento de visita obrigatória para todos os que gostam de fotografia.
A 19 de Agosto é comemorado o Dia Mundial da Fotografia.
jcl

Deixar uma resposta