Nova temporada do TMG

TMG - Teatro Municipal da Guarda - © Capeia Arraiana

Entre Setembro e Dezembro de 2012, o Tatro Municipal da Guarda (TMG) apresenta dezenas de espectáculos e actividades culturais que vão da música às artes plásticas, da dança ao teatro e do cinema às tertúlias. A nova temporada arranca da melhor forma, a 7 de Setembro, com a inauguração na Galeria de Arte da exposição «Meu corpo vegetal» do «escultor da natureza» Alberto Carneiro, numa parceria com os Artistas Unidos. Seguem-se-lhe dezenas de iniciativas.

Os Diolinda vão ao TMG na nova temporada

Os Diolinda vão ao TMG na nova temporada

Nos grandes espectáculos, destaque a 20 de Setembro para o concerto dos Deolinda, que apresentam no TMG as canções do seu novo disco, “Mundo pequenino”, produzido pelo britânico Jerry Boys.
Em Outubro, no dia 26, é a Companhia Nacional de Bailado que actua no Grande Auditório. A reputada companhia portuguesa apresenta três peças da incontornável bailarina e coreógrafa belga Anne Teresa de Keersmaeker: “Prelúdio à sesta de um fauno”, “Grosse Fuge” e “Noite Transfigurada”.
Em 27 de Novembro e por ocasião do 814º aniversário do foral da cidade da Guarda, apresenta-se no TMG a fadista Cristina Branco que traz “Alegria”, o seu mais recente disco de originais.
Na nova programação, destaque ainda para as estreias e produções próprias do TMG. A 1 de Outubro, o Dia Mundial da Música será celebrado com a iniciativa Okupa koncertO [músicos ocupam os espaços do Teatro Municipal da Guarda]. A iniciativa, uma grande festa da música, decorrerá no Pequeno Auditório e no sub-palco do TMG em simultâneo a partir das 21h30 e no Café Concerto às 23h00 e terá como convidados os músicos da região da Guarda: Armando Almeida, Carlos Barreto Xavier, Carolina Cabaços, Cláudio Vaz, Duvale, Epidemik, Gilberto Costa, DSide (Diogo Martins), Jardas Pereira, Lynx Tungur e Tiago Dias. Nalguns casos, tratam-se de revelações e algumas estreias.
Outra estreia e produção própria é a da nova produção do Projéc~: O Guardador de rebanhos [um secreto teatro] marcada para 10 de Outubro. O espectáculo, a partir do texto de Alberto Caeiro, terá a encenação de Fernando Carmino Marques e a interpretação de André Gago e ficará em cena até 12 de Outubro.
E já em Novembro estreia o Cine Concerto 5 – Trilogia de curtas-metragens com música ao vivo. “Le Voyage dans la Lune” de George Méliès será musicada ao vivo por Pedro Ospina; “The Scarecrow” de Buster Keaton terá música de Tiago Pereira; e “The Cabinet of Jan Svankmajer” dos Irmãos Quay terá a paisagem sonora de B-Riddim.
Nos últimos meses do ano, destaque ainda para a oitava edição do Síntese – Ciclo de Música Contemporânea da Guarda numa iniciativa do TMG e do Síntese GMC. O ciclo decorrerá entre 27 de Setembro e 16 de Novembro. Para ver e ouvir, os espectáculos únicos em Portugal do grupo suíço Ensemble Vortex e do saxofonista francês Jerôme Laran e as estreias absolutas de obras de Sérgio Azevedo (O valente soldadinho de chumbo), António Pinho Vargas e Duarte Dinis Silva pelo Síntese – GMC. No âmbito do ciclo está também marcada uma tertúlia subordinada ao tema “A música do nosso século esqueceu as crianças do nosso século?”, que contará com a participação de Sérgio Azevedo, Américo Rodrigues e Helena Neves.
Para além dos destaques já referidos na área da música, o TMG apresenta a 5 de Outubro Vitorino, o cantautor português companheiro de canções de Zeca Afonso, Adriano Correia de Oliveira, Sérgio Godinho e membro dos projectos Lua Extravagante e Rio Grande, que vem pela primeira vez ao TMG mostrar as suas canções. A 18 do mesmo mês, num concerto que comemora o Centenário do nascimento de Álvaro Cunhal, a comissão das referidas comemorações apresenta com o apoio do TMG o espectáculo Música com paredes de vidro. E ainda lugar para a estreia do projecto musical de raiz tradicional Ai!, a 9 de Novembro. Trata-se da nova aventura musical de César Prata (Chuchurumel e Assobio) e de Suzete Marques (Sex Ianuae).
No Café Concerto, no último quadrimestre e no âmbito do Circuito Português de Música ao Vivo – Outonalidades, apresentam-se: Kimi Djabaté, A Charanga, Zeca Medeiros e o projecto Buganvília (João Afonso e Rogério Pires). Para ouvir ainda no mesmo palco, os projectos Nó Cego e O Homem da Carabina.
No teatro destacam-se: Prometeu, pela La Fontana – Formas animadas (14 de Setembro), um espectáculo multimédia inspirado no teatro de sombras indonésio “Wayang Kulit”; Novas Diretrizes em Tempos de Paz pela Escola da Noite – Grupo de Teatro de Coimbra com texto de Bosco Abril e encenação de António Augusto Barros (22 de Novembro); o Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente, pela Companhia de Teatro de Braga (5 de Dezembro), que será apresentado em duas sessões e Yerma, o novo espectáculo da Companhia João Garcia Miguel a partir de um texto de Federico García Lorca e que conta com a interpretação de Miguel Borges e Rächel Ceysson e Sara Ribeiro dirigidos por João Garcia Miguel (14 de Dezembro). E na iniciativa Famílias ao Teatro – que continua a marcar presença na programação do TMG nos últimos meses do ano – o público poderá ver: Peixe Lua de Carla Galvão e Fernando Mota (28 de Setembro); Barriga da baleia, de António Jorge Gonçalves (19 de Outubro) e Pequenas Histórias para Ti # Amor, de Yola Pinto (16 de Novembro). Destaque ainda para a comédia de improviso de Os improváveis, um espectáculo onde não há guiões e o conteúdo é absolutamente imprevisível, divertido e irrepetível. Para ver e rir sem parar a 2 de Novembro.
E de referir ainda o espectáculo comunitário Heaven ou ainda: Tu, de André Mesquita, no dia 7 de Dezembro. Uma produção do Teatro Viriato que juntou o coreógrafo André Mesquita e um grupo de pessoas sem ligação à dança, construindo um belíssimo espectáculo de movimento e partilha.
Nas artes plásticas, para além da exposição Meu Corpo Vegetal, de Alberto Carneiro, que estará patente na Galeria de Arte entre 7 de Setembro e 27 de Outubro, o TMG vai apresentar a exposição de pintura Gelo, de Paulo Brighenti, de 9 de Novembro a 29 de Dezembro. No Café Concerto expõem Telma Santos e Tiago Verdade, Lynx Tungur, António Supico e Detlef Schafft.
No Cinema, o TMG apresenta as novas propostas dos realizadores Malik Bendjelloul, Bruno Dumont e Carlos Reygadas e o Cineclube da Guarda apresenta filmes de Benh Zeitlin, Hong Sang-Soo, Filipa Reis e João Miller Guerra e Cate Shortland.
De referir ainda o ciclo dedicado à realizadora e documentarista britânica Kim Longinotto que o TMG apresenta em colaboração com o Cineclube da Guarda e com a Zero em Comportamento entre 17 e 25 de Setembro.
No Serviço Educativo, os quatro últimos meses do ano trazem em destaque uma nova edição da OfiCena 4 [Oficina de expressão dramática para jovens], desta vez orientada por Filipa Teixeira, e a criação da Oficina/acontecimento teatral “A viagem das três gotinhas de água”, por Élia Fernandes e Victor Afonso.
plb (com TMG)

Deixar uma resposta