Freguesias do concelho do Sabugal em 1758 (21)

Censos 1758 - © Capeia Arraiana

:: :: PENALOBO :: :: Os manuscritos depositados na Torre do Tombo, em Lisboa, são a resposta a um inquérito censório a todo o reino assinado pelo Marquês de Pombal três anos após o terramoto de 1755. O Capeia Arraiana está a publicar as respostas dos párocos das paróquias das 40 freguesias do concelho do Sabugal agora que, pelo menos 10 das retratadas, vão desaparecer para sempre por obra e graça dos senhores mandantes da troika europeia.

Igreja Matriz de Penalobo - Sabugal - Censos 1758 (foto: Amândio Carlos Miguel)

Igreja Matriz de Penalobo – Sabugal (foto: Amândio Carlos Miguel)

PENALOBO«O prior João Gomes diz que a freguesia tem como anexas, mais 3 aldeias, a saber, Água da Figueira, Malhada Velha e Vale do Nicolau.»

Comarca de Castelo Branco, Termo de Sortelha, Bispado da Guarda.
Arquivo Nacional da Torre do Tombo (ANTT), Dicionário Geográfico, vol. 28, doc. 126, p. 899.
Património arquivista da Paróquia de Penalobo (Sabugal) entre 1643 e 1911.
Aqui.

1 – Hé este Lugar de Pennalobo da Provincia da Beyra, Bispado da Goarda, Termo da Villa de Sortelha, Commarqua de Castello Branco.
2 – Hé anexa da Igreja do Salvador do Lugar de Pouzafolles do Bispo, cujo Benefício hé, in quoqunque mense, do Excelentíssimo Bispo da Goarda.
3 – Consta esta freguezia, ao prezente, de outenta e septe fogos; tem pessoas mayores de Confissam e Comunham duzentas e vinte e outo; e pessoas absentes seis: consta de duzentas e outenta e huma, e o Lugar tem somente sessenta e tres fogos.
4 – Está este Lugar situado em hum valle muy fundo, rodeado de grandissimas penhas, que o impossibilitam para dele se avistar povoaçam alguma; somente do cimo dele se avista a Villa de Sortelha, distante deste legoa e meya.
5 – Hé este Lugar termo da Villa de Sortelha, e juntamente todas as Aldeyas, que comprehende esta freguezia, sam do mesmo termo.
6 – A Parrochia está situada dentro deste Lugar, em meyo dele; comprehende esta tres Aldeyas, as quais sam: Agoa da Figueyra, que tem treze vezinhos, Malhada Velha que tem hum só vezinho, e Vale de Niculao que tem dez vezinhos.
7 – Hé Orago desta freguezia Sam Niculao. Tem tres altares: hum mayor, em que está colocado o Santíssimo Sacramento em o Sacrario, e neste mesmo altar, da parte do Evangelho, está a Imagem de Sam Niculao, orago da Igreja, e, da parte da Epistola, está Sam Francisco das Chagas; e dois colaterais: hum de Nossa Senhora do Rozario, otro do Menino Deos. E nam tem naves. Tem huma Irmandade de Sam Francisco
das Chagas.
8 – Hé o Parrocho cura annual, aprezentado pelo Prior do Salvador do Lugar de Pouzafolles do Bispo; e renderá esta Igreja, em cada hum anno, cem mil reis ao mesmo Prior.
9 – Nam tem Beneficiados.
10 – Nam tem Conventos de Religiozos, nem de Religiozas.
11 – Nam tem Hospital, nem comodidade para ele.
12 – Nam tem Caza de Mizericordia.
13 – Tem huma Ermida de Sam Sebastiam, contigua a este mesmo Lugar, para a parte do Poente, que hé do mesmo Povo e a paramenta do que lhe hé necessario.
14 – Esta nam hé frequentada de gente de Romagem, mais que tam somente da gente do mesmo Povo.
15 – Os frutos que os moradores desta freguezia recolhem, sam: centeyo, trigo, linho, vinho e castanha, porém destes, o que em mayor abundancia recolhem hé centeyo.
16 – Tem Juis pedaneo, sujeyto ao Juis ordinario, e Camara da Villa de Sortelha.
17 – Nam hé couto, nem goza de previlegio algum.
18 – Nam há memoria que desta terra florescessem homens insignes; e somente consta que della se ordenasse hum clerigo chamado Francisco Soares.
19 – Nam se costuma fazer nesta terra feyra alguma em todo o anno.
20 – Nam tem correyo, e se serve do da cidade da Goarda, que dista tres legoas deste Lugar.
21 – A cidade capital desta Bispado hé a Goarda, e distam, desta terra a ella, tres Iegoas; e a de Lisboa, capital deste Reyno, dista sincoenta legoas.
22 – Nam tem esta previlegios, nem antiguidades dignas de memoria.
23 – Em todos os montes que comprehende o lemite deste Lugar, há varias fontes de agoa porem nenhuma delas hé celebrada, nem com expecial qualidade sabida thé o prezente; nem tem nenhuma lagoa. Tem duas fontes de boa agoa, de que se serve este Lugar: huma em a ponta do Lugar, da parte do nascente, otra em a otra ponta, da parte do Poente. E nam consta que se secassem, senam em o anno de mil e septe centos e sincoenta e sinco.
24 – Nam hé Porto de Mar, nem o pode ser, pela distancia em que fica o Rio, e o porto que hé o mais vezinho distante deste Lugar trinta legoas.
25 – Nam hé terra murada, nem praça de armas, nem tem castelo, nem torre nova nem antigua.
26 – No terremotto do primeyro de Novembro de mil septe centos e sincoenta e sinco, nam padeceo esta terra, nem convizinhas, roina alguma digna de memoria.

Hé o que na verdade posso dizer a estes vinte e seis interrogatorios.

Resposta aos interrogatorios das Serras deste Lugar.
1 – Dentro do lemite deste Lugar, nam há Serra nenhuma que tenha nome; somente huma Penha mais alta, a que chamam a Serra da Vinha, para a parte do Sul, que se avista deste Lugar, e fica distante dele meyo quarto de legoa. E as mais penhas que há no circuito deste Lugar, nam tem nome de que se faça mençam.
2 – Tem esta Serra de comprimento dois tiros de bala, e hum de largura.
3 – Nam tem esta braços que tenham algum nome.
4 – Desta nam nasce Rio algum, e ao redor dela, e entre as mais penhas que há no lemite deste Lugar, há algumas propriedades, porem poucas e piquenas, e as agoas que delas say correm e se juntam em hum Ribeiro que vay deste Lugar, encontrar-se com huma Ribeyra que chamam dos Vieyros, lemite de Sortelha, que vay ter seu fim no Rio Zezere, e este no Rio Tejo.
5 – Entre estas Penhas, estam situadas tres Aldeyas, todas desta treguezia, a saber: Agua da Figueyra, Malhada Velha, e Vale de Niculao, que estes sam os seus nomes.
6 – Há entre estas Penhas algumas Fontes com aguas, porem nam sam de propriedades raras.
7 – Nam há noticia que nelas haja, nem tenha havido minas de metais, nem canteyras de pedras, nem de otros materiais dignos de estima.
8 – Nam tem estas Penhas arvores de fruto, nem silvestres; nam sey que nelas haja ervas medicinais, por serem muy cultivadas para centeyo, e sam dele muy naturais, e nam costumam dar otro genero de frutos.
9 – Nam há nelas Mosteyro algum, nem Igrejas de Romagem, nem Imagens milagrozas.
10 – Hé o seu temperamento de qualidade muy fria.
11 – Sam estas pastadas pelos gados deste Lugar e freguezia, porem sam estes muy poucos pelas pastagens mais nam permitirem. Criam alguma caça de coelhos e perdizes, porem pouca por nam ter matos.
12 – Nam há entre elas Lagoa nem fojo notavel.

Hé o que posso responder a respeyto das Serras deste Lugar.

Resposta ao Interrogatorio dos Rios deste Lugar.
1 – Os Rios que esta terra tem, sam somente duas Ribeyrinhas.
2 – Tem huma destas seo principio nas fontes deste Lugar; com otras que estam em o caminho que vem para este Lugar, da parte do nascente, no sitio que chamam a Tapada Velha, ao pé deste Lugar. E outra que tem seo principio em hum sitio que chamam o Salgueyrinho, para a parte do Poente, distante deste Lugar meyo quarto de Iegoa. E qualquer delas nam corre senam de Inverno.
3 – Nam se mete nestas otra alguma, e a que se principia nas Fontes deste Lugar se vay meter em otra que chamam a Ribeyra dos Vieyros, distante deste Lugar meya legoa, no fundo de hum sitio que chamam a Retorta, lemite da Villa de Sortelha. E a que principia no sitio do Salgueyrinho se vay meter em otra Ribeyra que vem junto ao Lugar da Bendada na distancia de huma legoa.
4 – Nam sam navegaveis, nem sam capazes de o ser.
5 – Ambas tem seo curso arrebatado, por hirem sempre por Penhas, the se meterem nas sobreditas Ribeyras.
6 – Correm estas do Norte ao Sul.
7 – Huma destas cria alguns peixinhos, junto ao sitio em que se mete na Ribeyra dos Vieyros; e a otra nam cria peixes thé se meter na da Bendada.
8 – Nestas se nam fazem pescarias por haver pouco que pescar.
9 – Nam tem pescarias de Senhorio, e os poucos peyxes que há os pesca livremente quem quer.
10 – As margens destas sam fragozas, porem sempre se cultivam para centeyo, e nam tem arvores frutíferas nem silvestres.
11 – Nam me consta que as suas agoas tenham alguma expecial virtude.
12 – Chamam-se estas, huma a Ribeyrinha da Retorta; e otra a do Salgueyrinho. E nam tem otro nome athé se meterem nas otras Ribeyras.
13 – Tem estas seo fim, huma na Ribeyra dos Vieyros, no sitio da Retorta; e a otra, na Ribeyra da Bendada, junto ao sitio que chamam das Alvercas.
14 – Tem algumas levadas e açudes, tanto huma como otra.
15 – Nam tem pontes de cantaria; somente tem, cada huma, seo pontam de pao: huma no sitio que chamam os Moinhos, otra para se passar para a Villa de Sortelha; e a otra tem otro pontam, tambem de pao, no sitio que chamam o Pontam do Freyxial, para por ele passar quem for para o Lugar da Bendada.
16 – Tem estas outo Moinhos de moer centeyo, que somente moem de Inverno; e nam tem Lagares de azeyte, Pizoins, nem Atafonas. E os tem em huma dois, e em a otra seis.
17 – Nam me consta que em tempo algum se tirasse ouro das suas areas.
18 – Os moradores desta freguezia uzam livremente das suas agoas para os seos campos.
19 – E ambas se vam incorporar com a Ribeyra da Bendada, na distancia de huma legoa, e juntas com esta, se vam meter no Rio Zezere, junto ao Lugar de Alcaria, que dista deste sinco legoas, e com ele vam fenecer no Rio Tejo.

He o que na verdade posso responder aos lnterrogatorios que me foram remetidos.
E por verdade fiz esta resposta que assigney.
Pennalobo, de Mayo o primeyro, de mil e septe centos e sincoenta e outo annos.
O Cura: Joam Gomes

Ver perguntas do inquérito. Aqui.
Fonte: Alfaiates-Na órbita da Sacaparte. Autores: Pe. Francisco Vaz e Pe. António Ambrósio.
(Continua.)

jcl

Deixar uma resposta