Poetando – Lameira de Baixo

Manuel Leal Freire - © Capeia Arraiana

«Poetando» é a coluna de Manuel Leal Freire no Capeia Arraiana, na qual aos domingos vai publicando poemas inéditos, cada um dedicado a uma aldeia do concelho do Sabugal. Nesta edição o escritor e poeta dedica um soneto à aldeia do Lameira de Baixo, freguesia de Pousafoles do Bispo.

LAMEIRA DE BAIXO

De baixo ou de cima pouco importa
Importa, isso sim, que o chão floresça
A terra mais ferace vira horta
Não há agricultor que o desconheça

Cantinho que com mimos nos conforta
O coração, estômago e cabeça
Primados a si mesma se reporta
Brocados verdes com que se adereça

Ao fundo a corrente luzidia
No frio quente e no quente fria
Trinante qual garrulo cartaxo

Perpassa ufana cumprindo missão
A repetir como em cantochão
O nome da lameira que é de baixo

«Poetando», Manuel Leal Freire

Deixar uma resposta