Poetando – Aldeia da Dona

Manuel Leal Freire - © Capeia Arraiana

«Poetando» é a coluna de Manuel Leal Freire no Capeia Arraiana, na qual aos domingos vai publicando poemas inéditos, cada um dedicado a uma aldeia do concelho do Sabugal. Nesta edição o escritor e poeta dedica um soneto a Aldeia da Dona, terra anexa à freguesia da Nave.

ALDEIA DA DONA

O Dom consigna dotes de excelência
Inatos, pois promanam da natura
Por obra da divina providência
Que assim distingue a humana criatura

Quem tem excelsa dona, enfim, incense-a
Que tê-la, neste tempo, é ter ventura
É ter uma rainha com clemência
Cobrindo com seu manto de ternura

Por sobre os séculos prevalece a lenda
De senhoria egrégia na comenda
Com que o burgo se agasalha e abona

Quem terá sido a dona é um enigma
Mas foi de altas virtudes paradigma
Por certo a dona de Aldeia da Dona

«Poetando», Manuel Leal Freire

Deixar uma resposta