Confraria do Bucho realizou Capítulo nos Fóios (1)

Confraria Bucho Raiano - Capeia Arraiana (orelha)

A aldeia onde nasce o rio Côa, os Fóios, recebeu no Sábado de Carnaval o IV Capítulo da Confraria do Bucho Raiano que juntou à cerimónia de entronização dos novos confrades, momentos de reflexão, homenagem a personalidades e animação musical, tudo terminando num fabuloso almoço de bucho que juntou à mesa mais de 200 convivas.

Foto de família no cruzeiro dos Fóios

Foto de família no cruzeiro dos Fóios


No dia 9 de Fevereiro o auditório do Centro Cívico Nascente do Côa acolheu os confrades em assembleia-geral interna para discutirem e decidirem aspectos organizativos da confraria, elegendo ainda os corpos sociais para o próximo biénio.
A cerimónia protocolar do Capítulo iniciou-se pelas 12 horas, com o presidente da Junta de Freguesia anfitriã, José Manuel Campos a proferir uma mensagem de boas vindas aos que acorreram aos Fóios,

Jorge Barreto Xavier

Jorge Barreto Xavier

aldeia que vai conhecendo o progresso mau grado as dificuldades vividas no interior do país. Coube ao professor universitário Albino Lopes proferir a sempre esperada oração de sapiência, centrada no valor e no significado do bucho raiano enquanto iguaria de excelência da gastronomia raiana.
Foram entronizados 11 novos confrades do bucho, que prestaram juramento e receberam as insígnias das mãos do grão-mestre, Joaquim Silva Leal. Foram ainda homenageadas duas personalidades como confrades de honra com o título de Cancelários: Jorge Barreto Xavier, Secretário de Estado da Cultura, e Artur Pina Monteiro, general Chefe de Estado Maior do Exército.
O grupo musical Concertinas do Safurdão encantou os presentes com os seus acordes, animando o desfile de confrarias que percorreu as ruas da aldeia. Os exímios e práticos acordeonistas actuaram ainda no final do almoço de bucho para gáudio dos convivas.
Vítor Cavaleiro - novo confrade

Vítor Cavaleiro – novo confrade

O bucho, servido com batatas e grelos cozidos, veio à mesa pela mão do restaurante Trutalcôa no pavilhão multiusos. Os mais de 200 convivas comeram de entrada trutas fritas em molho de escabeche e uma saborosa sopa de vagens secas. Na opinião do geral dos comensais a refeição esteve divinal e o serviço do restaurante foi perfeito.
Depois do almoço houve um animado magusto de castanhas, com recurso ao assador gigante dos Fóios, regado com uma celestial jeropiga caseira.
Marcaram presença 14 confrarias vindas de vários pontos do país, cujos vistosos trajes encheram de vida e tonalidade o encontro raiano:
– Confraria da Chanfana, de Vila Nova de Poiares;
– Confraria do Queijo Serra de Estrela, de Oliveira do Hospital;
– Confraria da Marmelada de Odivelas;
– Confraria do Cão da Serra da Estrela, de Sortelha;
– Confraria da Doçaria Conventual de Tentúgal;
– Confraria dos Sabores de Coimbra;
– Confraria Gastronómica do Cabrito e da Serra do Caramulo;
– Confraria da Enguia, de Salvaterra de Magos;
– Confraria dos Aromas e Sabores Raianos, de Almeida;
– Confraria do Bolo Podre e Gastronomia do Montemuro, de Castro Daire;
– Confraria Gastronómica do Ribatejo, de Santarém;
– Confraria das Sardinhas Doces, de Trancoso;
– Confraria da Cereja de Portugal, do Fundão;
– Confraria do Arroz e do Mar, da Figueira da Foz.

Foi uma jornada de sucesso que a Confraria do Bucho Raiano promete repetir em 2014.
plb

5 Responses to Confraria do Bucho realizou Capítulo nos Fóios (1)

  1. José Manuel Corceiro diz:

    Parabéns aos briosos organizadores e impulsionadores…

  2. Carlos Alberto diz:

    Pelo que leio houve um personagem ausente. Já vi muitas fotos no facebook e o filme da Local Visão, e não consigo ver o presidente da câmara – o António Robalo. Ainda pensei que o via na primeira fila, mas era afinal o general Pina Monteiro… (acho que são parecidos). Será possível que o autarca faltou a um evento destes? O secretário de estado e o chefe de estado maior do exército não lhe puxam as orelhas? Bem, se calhar vai ser o povo do concelho a puxar-lhas nas eleições – o do PS e o do CDS (ou se calhar independente) estavam lá…

  3. José Fino diz:

    Assim, está bem. Desta maneira se promove o turismo e, oxalá,outras manifestações desta natureza se promovam para honra e glória da Raia transcudana!!!…parabéns à organização!!!

  4. Silvestre rito diz:

    Parabéns; mais uma vez e fruto da normal ida a Andorra , para matar o vício do ski não me encontrei presente e não foi ainda este ano que fui entronizado , farei no entanto todos os possíveis para não falhar no próximo ano certo de que, cada ano cresce mais o espírito confrade e se cimenta a amizade que une os raianos.Também sei que foi muito aplaudida a mensagem que enviei, porque embora estivesse a a viajar não podia de forma alguma esquecer aquele momento, e, fiquem sabendo que nestas ocasiões é mais fácil a presença que a ausência.Viva a amizade! viva a confraria do bucho raiano!

  5. Silvestre rito diz:

    Parabéns ao meu amigo Victor Cavaleiro pela entronização! tenho pena de não ter estado presente para o ver a ele e a tantos outros amigos e assistir àquela enorme tarde de convívio no mais puro espírito raiano!

Deixar uma resposta