O concelho do Sabugal em 1942 (19)

Anuáriio Comercial Portugal - 1942 © Capeia Arraiana

No derradeiro artigo desta longa série sobre a caracterização do concelho do Sabugal no ano de 1942, com base na 62ª edição do Anuário Comercial de Portugal, vamos expor quem eram os agricultores, os proprietários, negociantes e profissionais de três freguesias do concelho: VILA BOA, VILA DO TOURO e VILAR MAIOR.

Vilar Maior

Vilar Maior


VILA BOA
Esta freguesia situa-se a 10 quilómetros da sede do concelho e a 18 da estação de caminho-de-ferro da Cerdeira. Tinha uma população de 843 habitantes.
Serviços institucionais, actividades económicas e profissionais:
Presidente da Junta de Freguesia: Manuel Domingues.
Pároco: Alexandre Antunes Lousa.
Regedor: António Martins Vaqueiro.
Posto do Registo Civil: Frederico Ferreira de Andrade.
Encarregado do Correio: Joaquim Gonçalves.
Professores (2): Estrêla Gomes Pinharanda e Frederico Ferreira de Andrade.
Lavradores (2): Adalberto Borges e José Augusto Martins Teixeira.
Mercearia: Joaquim Gonçalves.
Fábrica de cobertores e mantas de lã: Adalberto Borges.

VILA DO TOURO
Esta freguesia situa-se a 10 quilómetros da sede do concelho e a 12 da estação de caminho-de-ferro do Sabugal. Tinha uma população de 711 habitantes.
Serviços institucionais, actividades económicas e profissionais:
Presidente da Junta de Freguesia: Joaquim Brojo da Silva.
Juiz de Paz: Joaquim Brojo da Silva, que tinha por escrivão Manuel Benedito Simão.
Pároco: António de Araújo.
Regedor: Manuel Simão Martins.
Encarregado do Correio: Manuel S. Benedito.
Professores (3): Ascensão da Costa Pina, Joaquim Brojo da Silva e Maria José Monteiro (Abitureira).
Lavradores (5): António Luiz, Domingos Marques, Joaquim Martins Simão, José Tomaz, Manuel Simão Martins.
Registo Civil: Joaquim Brojo da Silva.
Vendedores de fazendas (2): Luiz Martins Paiva, Manuel Benedito Simão.

VILAR MAIOR
Esta freguesia situa-se a 19 quilómetros da sede do concelho e a 15 da estação de caminho-de-ferro da Cerdeira. Tinha uma população de 694 habitantes.
Serviços institucionais, actividades económicas e profissionais:
Presidente da Junta de Freguesia: Joaquim A. Simões.
Juiz de Paz: António Esteves Pinheiro.
Pároco: Manuel Lourenço Rodrigues.
Regedor: Henrique Silva da Cunha.
Encarregado do Correio: Albino Monteiro Freire.
Professores (2): Adélia Gata Gonçalves e António Esteves Pinheiro.
Lavrador: Alexandre Gonçalves de Araújo Júnior.
Registo Civil: António Esteves Pinheiro.
Vendedores de fazendas (2): Albino Monteiro Freire e António Gata.

Neste último artigo fica o agradecimento ao sabugalense que nos cedeu o Anuário para apresentarmos esta sucessão de retratos da vida concelhia em 1942.
Paulo Leitão Batista

Deixar uma resposta