O concelho do Sabugal em 1942 (14)

Anuáriio Comercial Portugal - 1942 © Capeia Arraiana

Continuando a fazer a caracterização do concelho do Sabugal no ano de 1942, com base na 62ª edição do Anuário Comercial de Portugal, vamos agora expor quem eram os agricultores, os proprietários, negociantes e profissionais de duas freguesias do concelho: REBOLOSA, RENDO e RUIVÓS.

REBOLOSA
Esta freguesia situa-se a 18 quilómetros da sede do concelho e a 10 da estação de caminho-de-ferro da Cerdeira. Tinha uma população de 446 habitantes.
Serviços institucionais, actividades económicas e profissionais:
Presidente da Junta de Freguesia: Francisco António Basílio.
Juiz de Paz: Domingos Esteves Rei, que tinha por escrivão Francisco António Basílio.
Pároco: Manuel Ribeiro.
Regedor: Francisco Paulos.
Posto do Registo Civil: Francisco António Basílio (ajudante).
Encarregado do Correio: Domingos Esteves Rei.
Professora: Isabel Maria da Conceição.
Lavrador: José Bicho.
Mercearia: José Francisco Barros.

RENDO
Esta freguesia situa-se a 7 quilómetros da sede do concelho e a 20 da estação de caminho-de-ferro da Cerdeira. Tinha uma população de 1.031 habitantes.
Serviços institucionais, actividades económicas e profissionais:
Presidente da Junta de Freguesia: José V. Q. da Cunha.
Juiz de Paz: (omisso), escrivão: Valério Martins.
Pároco: Alexandre A. de Sousa.
Regedor: José Martins.
Posto do Registo Civil: (anexo ao do Sabugal).
Encarregado do Correio: Francisco Lourenço Almeida.
Professores (2): José Joaquim Vaz Estevinha e Maria Pires Janela.
Lavradores (5): Acácio Diogo, João Lourenço de Almeida, José Correia André, José Vaz da Cunha e Vital Lourenço de Almeida.

RUIVOZ
Esta freguesia situa-se a 11 quilómetros da sede do concelho e a 14 da estação de caminho-de-ferro da Cerdeira. Tinha uma população de 176 habitantes.
Serviços institucionais, actividades económicas e profissionais:
Presidente da Junta de Freguesia: Manuel L. Isidoro.
Juiz de Paz: César Lopes, tendo por escrivão Avelino Caramelo.
Pároco: José Luiz Antunes.
Regedor: Joaquim Afonso Correia.
Posto do Registo Civil: César Leitão de Moura Lopes (ajudante).
Encarregado do Correio: César Leitão de Moura Lopes.

No próximo artigo falaremos da vida económica que existia em 1942 nas freguesias de Ruvina, Santo Estêvão e Seixo do Côa.
Paulo Leitão Batista

Deixar uma resposta