Emigrantes – a despedida de Portugal

«É só para olhar um bocadito para trás e ganhar coragem para chegar ao Luxemburgo», diz um dos emigrantes que parou em Vilar Formoso. «Até para o ano!» é o desejo de histórias de vida que escrevem desde os anos 60 do século passado a história de Portugal. Reportagem, em Vilar Formoso, da jornalista Paula Pinto com imagem de Andrea Marques da Redacção da LocalVisãoTv (Guarda).

LocalVisãoTv - © Capeia Arraiana

LocalVisãoTv - © Capeia Arraiana
Autoria: LocalVisãoTV posted with Galeria de Vídeos Capeia Arraiana

jcl

2 Responses to Emigrantes – a despedida de Portugal

  1. josefa domingues diz:

    Reles país que não governa os seus. Estes todos enchiam o interior, mas depois tinham que se sugar uns aos outros, por falta de alimento. Esta terra não alimenta mais gente, essa é a verdade pura e dura.

    Triste Arraina

    • Jfernandes diz:

      Cara josefa:
      Não poderá considerar-se beirão aquele que renega a sua terra. Não fui eu que disse isto, mas um beirão célebre.
      Sabemos que as terras da beira são pobres e até, se calhar, nem têm grandes hipoteses de sustentar os seus naturais. Mas temos outras coisas que não passam apenas pela terra que é pouca por estas bandas.
      Vamos juntar-nos todos procurando o que de bom a nossa terra tem pois certamente tem alguma coisa.
      Lamentarmo-nos não chega nem nos leva a nada.
      Um abraço.
      JFernandes (Pailobo)

Deixar uma resposta