Juntamente com a factura da água os munícipes do Sabugal receberam uma longa missiva assinada pelo presidente da Câmara Municipal, o que está a criar alguma polémica, pelo facto de Manuel Rito ser o cabeça de lista da candidatura do PSD à Assembleia Municipal, podendo a carta ser vista como manobra eleitoralista.

Manuel Rito AlvesSegundo Capeia Arraiana apurou a candidatura do Partido Socialista, encaminhou a carta para os serviços jurídicos do partido, no sentido de apurar se a mesma viola a Lei Eleitoral.
A carta, intitulada «Mensagem do Sr. Presidente da Câmara Municipal do Sabugal», dirige-se aos utentes da água nos seguintes termos iniciais: «Conterrâneos: isto é para mim o cumprimento de um dever: o dever de prestar contas».
No longo texto, de quatro páginas, o autarca acrescenta: «prestar contas, não do que já está feito, que todos vão sabendo, mas do que está em execução e/ou já com projecto».
Depois o edil espraia por nove pontos a obra feita e a obra projectada.
Refere as obras de ligação A23 – Fronteira, enunciando as verbas gastas e previstas nas variantes ao Soito, Sabugal e Alfaiates, troço Pousafoles-Penalobo, Quinta da Ribeira-Belmonte e reconversão das estradas municipais, tudo num total de 5 milhões de euros.
Quanto às Termas do Cró, fala-se em infra-estruturas, arruamentos e construção do novo balneário termal, num investimento que ascende a 8 milhões.
Para o parque de campismo do Sabugal, estão previstos um milhão e 600 mil euros.
Fala ainda na Zona de Localização Empresarial do Alto do Espinhal, Centro de Negócios Transfronteiriços do Soito, Pólo Tecnológico e Centro Estudos Pinharanda Gomes, Colónia Martim-Rei (Quinta Pedagógica e viveiro), num total de 14 milhões e 600 mil euros.
«Espero que o próximo executivo, seja qual for, possa concretizar todos estes projectos e iniciar os que achar importantes para o Concelho, sem grandes constrangimentos, porque se assim for tenho a certeza que daremos volta ao despovoamento do Concelho», sintetiza Manuel Rito.
«Viva o concelho do Sabugal» é a forma como o presidente em funções e candidato à Assembleia Municipal finaliza a sua longa carta aos sabugalenses.
plb