Geoparks conquistam prémio «Ecoturism Award»

O Geopark Naturtejo da Meseta Meridional (Beira Baixa) e o Geopark da Floresta Petrificada de Lesvos (Grécia), ambos membros da European and Global Geopark Network (Rede Europeia e Global de Geoparques da UNESCO), receberam o 1.º Prémio «Ecotourism Award», em diferentes categorias, atribuídos pela SKAL International, uma das maiores Associações de Profissionais de Turismo do Mundo.

GeoparkO Geopark Naturtejo que une os municípios de Castelo Branco, Idanha-a-Nova, Nisa, Oleiros, Proença-a-Nova e Vila Velha de Ródão conquistou o 1.º Prémio na categoria «Programas Educativos – Imprensa» e o Geopark da Floresta Petrificada de Lesvos, Grécia, foi o 1.º premiado com a categoria «Campo Geral».
Foi a primeira vez que uma entidade portuguesa conquista este galardão e a distinção coube ao Geopark Naturtejo, o único Geoparque português que passou, recentemente, a Área Classificada no contexto da Rede de Áreas Classificadas Nacionais.
O Prémio de Ecoturismo da SKAL, visa relevar os melhores Programas Turísticos numa óptica de sustentabilidade, pelo que o Geopark Naturtejo vê assim reconhecido todo o trabalho desenvolvido na área do Turismo de Natureza/Turismo Sustentável, alinhado com a Estratégia da Região de Turismo do Centro e com as orientações constantes do Plano Estratégico Nacional de Turismo.
O responsável do Geopark Naturtejo, Armindo Jacinto, e o coordenador do Geopark da Floresta Petrificada de Lesvos, Nikolaos Zouros, partilham um desejo comum: que no futuro outros membros da EGN recebam mais reconhecimentos, por parte das instituições e entidades internacionais, nacionais e regionais, bem como das comunidades locais e dos visitantes, que virão certamente beneficiar toda a rede Europeia e Mundial de Geoparks.
O movimento internacional SKÅL é constituído por aproximadamente 20.000 membros, espalhados pelos cinco continentes, através de 50 clubes pertencentes a 90 países do mundo. Agrega, em um só ambiente, transportadores, agentes de viagem, hoteleiros, organizadores de eventos, organismos oficiais de turismo, mídia especializada, de entre outros segmentos que compõem o trade turístico mundial.
jcl

Deixar uma resposta