O que fazer nas escolas encerradas?

O encerramento de escolas deixa os edifícios sem utilização directa, colocando a questão sobre que destino dar aos mesmos.

Ramiro Matos – «Sabugal Melhor»O encerramento de uma Escola Básica EB1 é uma notícia má para uma freguesia, sobretudo porque a ela está associado um processo de envelhecimento e desertificação que tem como consequência directa uma diminuição drástica de crianças.
Encerrar uma escola não deve no entanto significar ter edifícios escolares encerrados, devendo as Autarquias (Câmara e Junta), as IPSS existentes, o movimento associativo, a comunidade em geral, encontrar a melhor forma de utilizar os imóveis devolutos, colocando-os ao serviço de todos.
E esta a resposta, aliás, que muitas freguesias, mesmo no nosso Concelho, têm dado, criando serviços de apoio às populações, vendendo ou alugando o património para, por exemplo, a restauração, ou mesmo até, transformando os edifícios em habitações para alojamento de famílias necessitadas.
As soluções são inúmeras, têm a ver com realidades locais específicas, apontando, a mero título exemplificativo, algumas:
– Criação de Centros de Dia ou de Noite em cooperação com as IPSS do Concelho;
– Criação de Centros de Formação virados para a população local – alfabetização, utilização da informática, etc.;
– Sede de associações locais;
– Áreas de acesso gratuito à Internet;
– Salas de estudo para as crianças, de utilização durante o fim de semana;
– Extensões dos serviços da Junta e/ou da Câmara Municipal;
– Extensões do Centro de Saúde;
– Pequenos centros empresariais para início de actividade ou sede de microempresas locais;
– Biblioteca da freguesia, etc., etc.
Como tenho vindo a afirmar, o envelhecimento das populações residentes nas nossas freguesias não pode ser encarado como uma fatalidade.
Se a população é maioritariamente idosa, então as preocupações dos eleitos deve ter uma especial atenção em tudo o que contribua para uma maior qualidade de vida desses cidadãos.
E os edifícios escolares não devem, nem podem, estar encerrados.
Para cada aldeia sua solução, sem dúvida, mas tem de haver uma utilização daquele espaço que o coloque ao serviço da comunidade.
As Juntas de Freguesia têm, ao seu nível, um papel fundamental, com o apoio, necessário e fundamental, da Câmara.
«Sabugal Melhor», opinião de Ramiro Matos

rmlmatos@gmail.com

Deixar uma resposta