Emigrante baleado no Terreiro das Bruxas

Um ajuste de contas, por causa de um negócio antigo que envolvia a venda de um automóvel, terá estado na origem da discussão no parque de estacionamento de um restaurante no Terreiro das Bruxas, concelho do Sabugal. A vítima é um emigrante de 26 anos que terá sido, supostamente, agredido e baleado por três indivíduos de etnia cigana. (Actualização.)

TiroUm homem de 26 anos, emigrante em França, foi ferido a tiro com gravidade, ontem, terça-feira, cerca das 19.30 horas, durante um desacato com três indivíduos de etnia cigana no parque de estacionamento de um restaurante na localidade de Terreiro das Bruxas, no concelho do Sabugal. O motivo da desavença terá sido um ajuste de contas, por causa de um negócio antigo que envolvia a venda de um automóvel.
«Na sequência de uma discussão, um homem foi atingido por um disparo de arma de fogo, após de ter sofrido agressões corporais de três ou quatro indivíduos que se puseram em fuga», disse à agência Lusa uma fonte do Grupo Territorial da GNR da Guarda.
As forças policiais montaram uma operação para tentar interceptar ou localizar os suspeitos que se revelou infrutífera até ao momento.
A investigação do crime passou para a alçada do Departamento de Investigação Criminal da Polícia Judiciária da Guarda.
O ferido foi transportado para o serviço de urgências do Hospital da Covilhã, onde permanece internado.
Uma fonte hospitalar comunicou à agência Lusa que o indivíduo sofreu ferimentos «na região inguinal direita» e que o seu estado de saúde se apresenta «estável».
jcl

Deixar uma resposta