Fantástico José Cid na abertura da Festa da Europa

José Cid, com perto de 50 anos de carreira, foi o convidado para a abertura da segunda edição da Festa da Europa, no Sabugal. O seu espectáculo, agora renovado, cativou os presentes que eram em grande número.

José Cid no SabugalA Big Band que acompanha José Cid não deixou os seus créditos por mãos alheias.
Os músicos que acompanham José Cid são do melhor que existe em Portugal. Na guitarra estava Mike Sergeant, um escocês que veio para Portugal há mais de 40 anos e participou em grupos como os Objectivo, Quarteto 1111, Green Windows, etc.
Na secção de metais encontram-se membros de bandas como os The Gift ou Ala dos Namorados. O teclista, antigo membro da Banda Tribo, acompanha José Cid há mais de 25 anos. Como convidado especial participa na Big Band o cantor Zé Perdigão, um jovem cantor que lançou, recentemente, o disco «Os Fados do Rock». Acompanhado apenas por José Cid, Zé Perdigão cantou e encantou no tema «Fácil de entender», original dos The Gift.
Todos os êxitos de José Cid, desde «O dia em que o rei fez anos», «Vinte anos», «A Anita não é bonita», «Na cabana, junto à praia», «Nasci P’rá Música» ou «Ontem, hoje e amanhã» foram acompanhados, em coro, pelo público presente.
Houve ainda lugar para o tema «A lenda de El Rey D. Sebastião», original do Quarteto 1111, de que José Cid foi o líder incontestado. Este tema, como não podia deixar de ser, foi dedicado ao público com mais de 40 anos. O tema «Rock Rural», um original de José Cid, editado em 1975 (no lado B do bem conhecido «A festa do Zé», que Cid já não canta em público) foi, por sua vez dedicado aos menores de 40 anos.
José Cid terminou o concerto com o conhecidíssimo «Como o macaco gosta de banana», com uma colagem ao tema «Vinte anos».
Tendo acompanhado, há vários anos, os concertos organizados pela Câmara do Sabugal (os quais já tiveram várias denominações) posso afirmar que foi dos melhores concertos que vi e dos que teve mais público.
Valeu a pena a Câmara Municipal ter, este ano, apostado na nova localização do evento e ter começado com chave de ouro, através da presença do «velhinho» (66 anos!!!) José Cid.
João Aristides Duarte

3 Responses to Fantástico José Cid na abertura da Festa da Europa

  1. Zé Morgado diz:

    Quem melhor que o Aristides Duarte para comentar a actuação do José Cid?
    Foi pena que não pudesse tambem ter actuado no SOITO.Parece que o mau tempo não o permitiu.Para os cotas dos anos sessenta continua a ser uma grande referencia.
    Há musicas que são de todas as épocas.
    Zé Morgado

  2. O incidente “pluvioso” do Soito não turvou a objectividade do comentário do professor e melómano Aristides Duarte.
    Confesso que foi no seu blogue Rock em Portugal que fiquei a conhecer a faceta rock do Zé Cid. Quando comecei a ouvir rádio, nos anos setenta, era mais “no dia em que o rei faz anos”, “romântico mas não trôpego” , “na cabana junto à praia” , etc.
    Esse Senhor está na vida da maioria dos portugueses, quer queiramos quer não!

Deixar uma resposta