Ocorrem-me invariavelmente os versos de saboroso recorte de Augusto Gil quando penso no Sabugal. O Sabugal é um território com vasto património natural, arquitectónico, cultural e gastronómico, que comporta aldeias históricas com castelos únicos, a ponte de Sequeiros, a Reserva Natural da Serra da Malcata, toda a Raia, suas capeias e encerros…

Festa da CervejaPorque fui dançar na boda,
Em que foi que te ofendi?
Andei sempre à roda, à roda,
Mas sempre à roda de ti.

Augusto Gil

Este território rico ao nível da sua cultura, tradições, etnografia e gastronomia, tem e deve ser divulgado.
Temos consciência que se tal não acontecer, não pode ser valorizado, fiéis ao princípio de que quem não é conhecido não existe, na sociedade da comunicação em que estamos inseridos, razão pela qual como sabugalenses e amantes desta terra, é nosso dever colectivo encontrar estratégias e novas dinâmicas apelativas capazes de atrair pessoas, potenciando assim a nossa riqueza endógena e induzindo novos ritmos de competitividade.
O Sabugal necessita de ser amplamente divulgado e promovido, tornando-se assim num produto apetecível.
É necessário e imperioso «dar uma pedrada no charco», mostrando dinamismo e invertendo esta inexorável dinâmica de desertificação, a que aparentemente nos encontramos condenados, pretendendo-se com um evento original e apelativo como é a Festa da Europa do Sabugal (Oktoberfest), comunicar com o exterior e atrair ao concelho muita gente.
A «Oktoberfest», é um produto vendido, com uma imagem de marca assegurada a nível mundial, mas novidade no território português, o que para nós marca a diferença a partir da ligação ao Sabugal.
O Sr. Wolf Kramer, num gesto de verdadeira amizade e desprendimento, disponibilizou-se para arriscar na realização deste evento em colaboração com a Associação de Desenvolvimento do Sabugal (ADES) acreditando no Sabugal e nas suas gentes;
O Presidente do Município, Manuel Rito disponibilizou-se desde o primeiro momento para apoiar este evento, colaborando com todos os meios que tem ao seu dispor, o que aliás sempre tem sido seu timbre, num relacionamento cordial e sem reservas.
A Festa da Europa não pretende concorrer com ninguém e muito menos com os que aqui vivem e trabalham durante todo o ano e que cada vez sentem mais dificuldades nos seus negócios. Com esta Festa pretende-se no essencial, dinamizar a economia local pela via da atracção de pessoas à nossa região.
Pretendemos atrair ao Sabugal muita gente, com vontade de se divertir, apreciar e viver o concelho na sua totalidade; gente que ao partir fique com saudades e vontade de regressar trazendo novos amigos. É nossa pretensão fazer desta Festa um verdadeiro festival de Verão!
Uma palavra final para os nossos representantes na Assembleia Municipal, que por unanimidade de opinião ratificaram a realização deste evento, numa prova de que todos sem excepção acreditam nas potencialidades que esta iniciativa tem para se afirmar como nova oportunidade de desenvolvimento do nosso concelho.
A todos uma boa festa da Europa.
José dos Santos Robalo (Presidente da ADES)