Sabugalense chefia Casa Bento Menni da Guarda

A nova Superiora da Casa de Saúde Bento Menni é a Irmã Lúcia Reduto, natural do concelho do Sabugal, que chega à Guarda no dia 9 de Janeiro.

Casa de Saúde Bento Menni - GuardaA Irmã Alice da Conceição Pires Roseiro, das Irmãs Hospitaleiras do Sagrado Coração de Jesus, deixou a Guarda no dia 4 de Janeiro, depois de seis anos à frente da Casa de Saúde Bento Menni. A nova superiora da Casa é a Irmã Lúcia Reduto, natural da Abitureira, freguesia de Vila do Touro, concelho do Sabugal, que chega à Guarda no dia 9 de Janeiro para assumir funções.
A superiora cessante, ficou agora colocada na congregação na Casa de Saúde Rainha Santa Isabel em Condeixa-a-Nova.
Na congregação encara-se esta mudança de forma natural, uma vez que é prática corrente a rotatividade das irmãs, sobretudo as que exercem cargos de direcção.
A Congregação das Irmãs Hospitaleiras do Sagrado Coração de Jesus foi fundada em Ciempozuelos (Madrid), em 31 de Maio de 1881, por S. Bento Menni, um sacerdote italiano da Ordem de S. João de Deus, juntamente com as espanholas Maria Josefa Recio e M. Angustias Giménez, que desde a sua origem dedicou a sua atenção aos doentes mentais e a pessoas com deficiências físicas e psíquicas. A Congregação destacou-se pelo seu trabalho a favor da humanização da assistência psiquiátrica, adaptando-se aos diferentes ambientes geográficos e culturais, mas distinguindo-se sempre pela sua actuação a favor dos mais desfavorecidos e marginalizados.
É esse mesmo o trabalho que a Casa de Saúde Beto Menni tem feito na Guarda, sendo hoje uma referência na região, sobretudo ao nível da assistência a doentes com problemas psiquiátricos e na prestação de cuidados paliativos.
plb

Deixar uma resposta