Tag Archives: Turismo

José Fernandes - Do Côa ao Noémi - © Capeia Arraiana

Revitalizar o Interior – Turismo

«O interior não é uma zona pobre – está pobre». Alguém, há pouco tempo, produziu esta afirmação que só podemos corroborá-la.

Passadiços junto aos rios

Hoje destacamos... - © Capeia Arraiana (orelha)

Portugal eleito melhor destino turístico do Mundo

Portugal venceu este domingo, 10 de Dezembro, em Phu Quoc, no Vietmane, o prémio de melhor destino turístico do Mundo nos World Travel Awards 2017, tornando-se o primeiro país europeu a conquistar esta distinção. O país derrotou concorrentes como o Brasil, Grécia, Maldivas, EUA, Marrocos, Vietname ou Espanha. A cidade de Lisboa conquistou o prémio de melhor destino para estadias de curta duração (City Break) do Mundo.

Aldeamento Alto do Moinho em Albufeira no Algarve - José Carlos Lages - Capeia Arraiana

Aldeamento Alto do Moinho em Albufeira no Algarve

Paulo Leitão Batista - Contraponto - © Capeia Arraiana (orelha)

Turismo dá oportunidade ao Interior

A saturação do turismo nas grandes cidades abre oportunidades para o interior do país, que pode chamar a si muitos dos viajantes que se sentem rejeitados pelos grandes centros.

Rua de Lisboa

Hoje destacamos... - © Capeia Arraiana (orelha)

Mais fácil licenciar empreendimentos turísticos

Foi alterado o Regime Jurídico dos Empreendimentos Turísticos, que implementou uma medida prevista no programa Simplex, facilitando assim o licenciamento desse tipo de instalações.

Carya Tallaya – casas de turismo em Vale das Éguas (Sabugal)

César Cruz - Desassossego - Opinião © Capeia Arraiana

Retratos do Sabugal (1) – Turismo

Há retratos que valem mais do que mil palavras. Mas não basta só contemplar. É preciso analisar, depreender, refletir e tirar conclusões. Iniciamos um ciclo de análise socioeconómica da realidade do nosso concelho onde irão ser retratadas várias temáticas centrais da vida quotidiana. A primeira análise é sobre o turismo no nosso concelho. Podia ser uma outra qualquer. Mas é esta a primeira. Assim estamos nós por cá…

Turismo Encerrado - Sabugal - César Cruz - Capeia Arraiana

A aposta no turismo tem sido uma não aposta

Hoje destacamos... - © Capeia Arraiana (orelha)

Rotas e Raízes promove Aldeias Históricas

A Rotas e Raízes, propõem-se promover em 2017 actividades nas Grandes Rotas, das Aldeias Históricas, Vale do Côa e do Zêzere. A Rotas e Raízes é uma Empresa de Animação Turística de jovens empreendedores sedeada na Quinta da Carrola, Casteleiro, concelho do Sabugal.

Grupo dinamizado pela Rotas e Raízes posa defronte ao Castelo do Sabugal

Grupo dinamizado pela Rotas e Raízes posa defronte ao Castelo do Sabugal

Portugal - Capeia Arraiana (orelha)

Projectos turísticos privados para 30 monumentos

O Turismo de Portugal divulgou, esta terça-feira, 27 de Dezembro, a lista dos monumentos nacionais que vão ser abrangidos pelo Revive, um programa lançado pelo Governo para recuperar e valorizar património histórico através do turismo. Ao todo, são 30 monumentos, entre mosteiros, conventos, castelos e fortes, que irão a concurso público e cuja concessão ficará a cargo de grupos privados. Estes ficarão responsáveis por explorar estes monumentos como hotéis, restaurantes, museus ou espaços para eventos. O programa não integra nenhum monumento na Beira Alta.

Santuário de Nossa Senhora do Cabo Espichel

Santuário de Nossa Senhora do Cabo Espichel (foto: D.R.)

Turismo Centro Portugal - Capeia Arraiana

Região Centro eleita destino turístico preferido

A Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT) elegeu a região Centro do país como o seu destino turístico preferido em 2017. A escolha foi anunciada este sábado, 10 de Dezembro, no 42.º Congresso Nacional da APAVT que decorreu em Aveiro.

Turismo Centro de Portugal - Capeia Arraiana

Stand do Turismo Centro de Portugal

Paulo Leitão Batista - Contraponto - © Capeia Arraiana (orelha)

Sabugal incapaz de captar turistas

De acordo com as estatísticas oficiais do INE o concelho do Sabugal é o último da região da Serra da Estrela na atracção de turistas, se os medirmos pelo número de dormidas nas respectivas unidades hoteleiras.

Raihotel - unidade hoteleira que fechou por falta de turistas

Raihotel – unidade hoteleira que fechou por falta de turistas

Paulo Leitão Batista - Contraponto - © Capeia Arraiana (orelha)

Aproveitar o filão do Turismo

Numa altura em que os números do turismo batem recordes em Portugal, incluindo na região Centro, é fundamental que o Município do Sabugal aposte na atractividade do concelho tornando-o mais acolhedor e capaz de tirar partido do filão turístico.

Apostar no sector turístico

Apostar no sector turístico

Hoje destacamos... - © Capeia Arraiana (orelha)

Turismo Centro participa na Feira das Viagens 2015

A Turismo Centro de Portugal participa na terceira edição da Feira das Viagens, um mundo de oportunidades, que decorre em dois momento e locais: de 08 a 10 de Maio, na Praça de Touros do Campo Pequeno em Lisboa; e de 15 a 17 de Maio no Palácio da Bolsa, na cidade do Porto.

A Feira das Viagens em dois momentos e locais diferentes

A Feira das Viagens em dois momentos e locais diferentes

Ramiro Matos - Sabugal Melhor - © Capeia Arraiana (orelha)

Encerramento do RaiHotel

O encerramento do RaiHotel vem colocar de novo na ordem do dia a questão do potencial turístico do Concelho do Sabugal e das respostas que deviam ter sido dadas há muito tempo.

À fala com… António Martins (2)

António Martins, natural do Soito, é um dos promotores do empreendimento turístico no espaço rural, Casas de Campo Carya Tallaya, sito em Vale das Éguas, concelho do Sabugal, recentemente inaugurado e já em pleno funcionamento. Trata-se de um projecto concebido e executado pela família de Fernando Proença, em que todos (esposa, filhos, genros e netos) desempenharam o seu papel para criar um espaço de qualidade, que alia a ruralidade e a rudeza da construção tradicional ao charme e ao conforto das casas modernas, dando lugar a um autêntico paraíso que interessa descobrir. Estivemos à conversa com António Martins acerca deste projecto arrojado e inovador, que pretende potenciar o filão turístico na região.

(Clique nas imagens para ampliar.)

plb

Confraria Bucho Raiano - Capeia Arraiana (orelha)

Confrarias representam a Serra da Estrela

Sob o lema «Serra da Estrela mais que uma Montanha», a região da serra mais alta de Portugal apresenta-se na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL) representada pelas suas confrarias gastronómicas, que assim darão expressão aos bons sabores que a região pode oferecer..

Em altura de crise económica, o turismo no estrangeiro pode ser substituído pelo turismo «cá dentro» e os operadores apostam forte na edição deste ano da Feira Internacional de Turismo, que se realiza em Lisboa, na FIL (Parque das Nações), de 29 de Fevereiro a 4 de Março.
A Turismo Serra da Estrela, em colaboração com 10 municípios, apresenta «novos conceitos» e propostas turísticas para seguir por parte de quem deseje visitar a região.
A Serra da Estrela conta com a adesão de diversas confrarias gastronómicas que irão colorir e animar o pavilhão mostrando os seus trajes e divulgando os pratos típicos que cada uma representa. Para além das confrarias gastronómicas marcará igualmente presença a Confraria do Cão da Serra da Estrela, que tem sede em Sortelha, concelho do Sabugal, que aí apresentará alguns exemplares do belo e dócil cão que guarda os rebanhos da serra.
Também do Sabugal é a Confraria do Bucho Raiano, que estará presente, assim como as Confrarias da Feijoca (Manteigas), da Broa e Bolo Negro (Loriga), das Sardinhas Doces (Trancoso), do Borrego (Celorico da Beira) e da Urtiga (Fornos de Algodres).
As provas e degustações dos produtos gastronómicos da Serra da Estrela serão garantidos com o apoio da Escola Superior de Turismo e Hotelaria de Seia e da Associação de artesãos da Serra da Estrela.
Merece ainda destaque a presença do Chef Luís Baena, que vai analisar algumas das características ímpares da gastronomia da região.
Para além da gastronomia a promoção da Serra da Estrela como destino turístico de excelência conta com a realização de tertúlias sobre potencialidades estratégicas, como: Turismo Cultural, Turismo Natureza, Gastronomia e Vinhos. As tertúlias servirão para apresentar projectos de promoção e valorização do Turismo Cultural e exemplos de grande sucesso que já têm implementação no terreno.
plb

As Termas do Cró na BTL 2012

Entre 29 de Fevereiro e 4 de Março, o Concelho do Sabugal vai promover-se, como destino turístico, na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL) 2012, integrado no espaço da «Turismo Serra da Estrela». A grande aposta é na divulgação das Termas do Cró e da Gastronomia.

A participação do Sabugal na BTL tem como objectivo a divulgação das potencialidades do nosso território, sempre com o intuito de SURPREENDER OS SENTIDOS! As Termas do Cró apresentam-se como o grande potencial turístico do concelho do Sabugal, o que é proporcionado pelo moderno balneário, que as coloca na vanguarda do termalismo nacional.
Este ano o espaço será partilhado pelos municípios de Almeida, Belmonte, Celorico da Beira, Fornos de Algodres, Guarda, Manteigas, Meda, Sabugal, Seia e Trancoso, numa área de 220 metros quadrados, localizado no Pavilhão 1- «Destino Portugal” – do Centro de Exposições da Feira Internacional de Lisboa (FIL).
O dia dedicado ao Concelho do Sabugal será 3 de Março (sábado), com provas de produtos gastronómicos, nomeadamente do bucho raiano, do queijo de cabra, das compotas e do pão caseiro, e onde a Confraria do Bucho Raiano e a Confraria do Cão da Serra da Estrela marcarão presença.
O horário é o seguinte:
– 29 Fevereiro (10h00-20h00), 1 de Março (10h00-20h00) e 2 de Março (10h00-18h00) – exclusivamente para profissionais.
– 2 de Março (18h00-23h00), 3 de Março (12h00-23h00:) e 4 de Março (12h00-20h00) – para público em geral.
A BTL é o espaço de eleição para os profissionais ligados à área turística, funcionando como o grande barómetro no mercado. Se Portugal é por excelência um país orientado para o turismo, a BTL é um local onde esse potencial se revela em toda a sua plenitude.
plb (com CMS)

Local Visão Tv - © Capeia Arraiana (orelha)

Territórios beirões promovidos em Salamanca

Os concelhos do distrito da Guarda têm uma sala de visitas na Plaza Mayor de Salamanca. Edição da jornalista Sara Castro com imagem de Paula Pinto da Redacção da LocalVisãoTv (Guarda).

LocalVisãoTv - © Capeia Arraiana

LocalVisãoTv - © Capeia Arraiana
Autoria: LocalVisãoTV posted with Galeria de Vídeos Capeia Arraiana

jcl

Fóios – Há sempre qualquer coisa de novo

Este domingo, dia 13 de Novembro, estiveram connosco duas dezenas de pessoas, que se fazem transportar em auto-caravanas e que, quando circulam, dão vida, alma e alegria às freguesias por onde passam e onde estacionam.

(clique nas imagens para ampliar.)

José Manuel Campos - Presidente Junta Freguesia Fóios - Capeia ArraianaCom a crise que ultrapassamos, em termos de gente, é caso para dizer que todas as pessoas são bem-vindas.
Este grupo, de ilustres personalidades, que já mais algumas vezes por aqui tinham passado, têm-nos incentivado à criação do parque de caravanas que estamos a implantar.
O grupo chegou ao espaço, do futuro parque de auto-caravanas, por volta das 13,30 horas, onde almoçaram e onde eu tive o prazer de, com eles, ter tomado café e copa.
De seguida todas as pessoas se deslocaram ao Centro Cívico onde a Junta de Freguesia ofereceu umas castanhas assadas regadas com a saborosa jeropiga da região.
Depois de um franco e útil diálogo chegámos à conclusão de que o parque de auto-caravanas de Foios poderá ser inaugurado na Primavera do próximo ano de 2012.
Antes da despedida foi feita uma foto de grupo e, de seguida, todas as pessoas ocuparam lugar nas respectivas viaturas em direcção da vizinha localidade de Alfaiates.
Pela parte que nos diz respeito só temos a agradecer a passagem pelos Foios com a certeza de que sempre teremos o maior prazer em os receber e com eles conviver.

Não esquecer: Turismo é Futuro!

«Nascente do Côa», opinião de José Manuel Campos
(Presidente da Junta de Freguesia de Foios)
jmncampos@gmail.com

Turismo e Cultura em debate no IPG

«Inovação e Empreendedorismo na Beira Interior» é o tema de um ciclo de conferências que Instituto Politécnico da Guarda (IPG) – através da sua Unidade de Investigação para o Desenvolvimento do Interior (UDI) – está a promover, desde 19 de Outubro, até ao próximo dia 9 de Novembro.

Os trabalhos decorrem no Auditório dos Serviços Centrais, a partir das 10 horas.
No dia 2 de Novembro o tema em debate terá por tema «Turismo e Cultura na Beira Interior». O programa, desse dia, vai integrar comunicações sobre «Competitividade do Turismo em Portugal», «A relação entre a cultura e o desenvolvimento», «Projeto By Nature», «Projeto Aldeias de Montanha», «Turismo Religioso», «Projeto Aldeias Históricas», «Turismo e Património do Côa», «Conceito Papperfree Restaurant», «Turismo de Habitação no Interior» e «A oferta hoteleira da Beira Interior».
Ainda no dia 2 de Novembro, no edifício dos Serviços Centrais, será apresentado o livro «Inovação em Turismo e Hotelaria», editado pelo Instituto Politécnico da Guarda.
Analisar e identificar as oportunidades de desenvolvimento e de aumento de competitividade de região; reconhecer o contributo dos empreendedores para a prosperidade, criação de emprego e inovação; salientar o papel do IPG no seu contributo na investigação aplicada, e fomento de inovação e criação de empresas e informar os empreendedores sobre os apoios e programas disponíveis para o seu negócio a nível nacional e transfronteiriço, são, entre outros aspectos, os principais objectivos deste ciclo.
As inscrições, obrigatórias, são gratuitas e podem ser feitas em http://www.ipg.pt/iebi/, onde os interessados têm disponíveis mais informações.
Será emitido certificado de participação.
plb (com IPG)

Turistas na Raia sabugalense

Ezequiel Fernandes, natural da Bismula, trouxe os colegas da Portucel de Setúbal a conhecer as tradições raiana do concelho do Sabugal. Reportagem da jornalista Sara Castro com imagens de Andreia Marques/Miguel Almeida da Redacção da LocalVisãoTv (Guarda).

LocalVisãoTv - © Capeia Arraiana

ca2013_localvisaotv_550x15

Autoria: Capeia Arraiana posted with Galeria de Vídeos Capeia Arraiana

Turismo Serra da Estrela na BTL 2011

A Entidade Regional de Turismo Serra da Estrela em colaboração com 10 municípios (Almeida, Belmonte, Celorico da Beira, Fornos de Algodres, Guarda, Manteigas, Mêda, Sabugal, Seia e Trancoso) promove a partir do dia 23 até dia 27 de Fevereiro, a marca Serra da Estrela, na Feira Internacional de Turismo.

Turismo Serra da Estrela - BTL 2011

Visite o Sabugal na BTL 2011.
aps

Turismo de excelência na Serra da Estrela

A Serra da Estrela mantém uma oferta de excelência especialmente nas épocas frias. Directo da SIC Notícias com Jorge Patrão, presidente da Turismo Serra da Estrela.

[vodpod id=Video.5264095&w=425&h=350&fv=]

jcl

Aposta turística em rede nacional de judiarias (1)

Os congressistas da área do turismo do 1.º Festival Internacional da Memória Sefardita que decorreu na Guarda defenderam a criação de uma rede nacional de judiarias. A iniciativa, onde participou o historiador Jorge Martins, foi promovida pela entidade regional de Turismo Serra da Estrela juntou no TMG judeus e especialistas nacionais e estrangeiros.

Jorge Martins - TMG - Festival Sefardita

Os especialistas e operadores turísticos que participaram no painel «O impacto da herança judaica no turismo», reconheceram que Portugal poderá tirar partido das potencialidades de uma futura rede nacional de judiarias poderá atrair turistas no âmbito do denominado turismo religioso.
«A criação de uma rede de judiarias em Portugal é, sem dúvida, uma mola dinamizadora para o turismo, a economia e a investigação, e para a valorização da memória de Portugal», defendeu Isaac Assor, da Alegretur-Viagens e Turismo.
O operador turístico referiu que «o turismo é, nos dias de hoje, uma das molas impulsionadoras do desenvolvimento económico do país», reconhecendo que uma rede de judiarias criará um novo atrativo turístico para o país.
O historiador Jorge Martins, investigador do Instituto Universitário de Lisboa, foi moderador (3.º painel) e orador (4.º painel) onde apresentou dados que indicam a presença judaica em «todos os concelhos» da região que integram a TSE e considerou que «as Beiras são um altíssimo laboratório para os estudos judaicos». O estudo apresentado sobre a presença de judeus no concelho do Sabugal entre o século XVI e os nossos dias surpreendeu a plateia que acompanhou com muito interesse toda a exposição. Jorge Martins é autor de vários livros sobre a temática judaica e colaborador do «Capeia Arraiana».
«A rede de judiarias de Portugal vai ser muito importante para os turistas poderem conhecer o património judaico existente nas várias localidades», reconheceu o espanhol Antonio Amil, da rede nacional de judiarias de Espanha.
Carolino Tapadejo, coordenador da rede de turismo social da União das Misericórdias, exortou os autarcas e entidades com responsabilidade na área para que «apostem» neste segmento turístico.
O consultor internacional Jack Soifer anotou que o país possui «um grande potencial e uma riqueza cultural fantástica» e afirmou que só a região da Serra da Estrela poderá ganhar «300 milhões de euros a curto prazo», apostando, em força, no turismo dirigido aos judeus.
António Padeira, do Instituto de Turismo de Portugal, a herança judaica «é um produto que tem um público-alvo mas também pode interessar a outras pessoas, não como motivação principal da viagem mas como motivação complementar e que deve ser ainda mais desenvolvido em Portugal», admitiu, reconhecendo como aspecto positivo, a preparação da rede de judiarias.
Jorge Patrão, presidente da Turismo Serra da Estrela assumiu que o turismo judaico representa «um nicho de mercado que envolve 13 milhões de pessoas e pode ser uma ajuda para a saída da crise de muitos países”, defendendo ainda a necessidade da criação de «mais equipamentos para atingir esse nicho de mercado».
jcl (com agência Lusa)

Aposta turística em rede nacional de judiarias (2)

Os congressistas da área do turismo do 1.º Festival Internacional da Memória Sefardita que decorreu na Guarda defenderam a criação de uma rede nacional de judiarias. A iniciativa, onde participou o historiador Jorge Martins, foi promovida pela entidade regional de Turismo Serra da Estrela juntou no TMG judeus e especialistas nacionais e estrangeiros.

GALERIA DE IMAGENS – FESTIVAL SEFARDITA –  1 A 7-11-2010
Clique nas imagens para ampliar

jcl

Festival sefardita apresentado em Belmonte

O Museu Judaíco de Belmonte foi o cenário escolhido para a conferência de Imprensa de apresentação do 1.º Festival Internacional da Memória Sefardita que decorre entre os dias 1 e 7 de Novembro na região da Serra da Estrela.

(Clique nas imagens para ampliar.)

«São esperados cerca de 500 participantes no 1.º Festival Internacional da Memória Sefardita que vai ter lugar, entre os dias 1 e 7 de Novembro, nos concelhos de Belmonte, Guarda e Trancoso», anunciou esta quinta-feira, 7 de Outubro, no Museu Judaíco de Belmonte o presidente da Turismo Serra da Estrela, Jorge Patrão.
Na mesa estavam presentes os presidentes Jorge Patrão (Turismo Serra da Estrela), António Mendes (comunidade Judaíca de Belmonte), Amândio Melo (Belmonte), Joaquim Valente (Guarda), Júlio Sarmento (Trancoso) e António Robalo (Sabugal).
O presidente da comunidade judaica de Belmonte, António Mendes, confessou nunca pensar que fosse possível a realização de um festival sobre judaismo como o que estava a ser ali apresentado. «Os judeus sempre se esconderam», lembrou.
Este festival vai permitir aos descendentes de judeus sefarditas, originários de Portugal e Espanha e espalhados pelo Mundo, ouvirem falar sobre as suas raízes numa região que tem uma grande herança judaica.
Jorge Patrão considerou que «o Museu Judaico de Belmonte, onde se mantém uma comunidade activa com a respectiva sinanoga, as rotas de antigas judiarias na vila, na Guarda e em Trancoso, o azeite, o vinho e queijos Kosher, alimentos que obedecem à lei judaica, produzidos nas Beiras permitem apostar num turismo durante todo o ano alternativo à sazonalidade da neve da serra da Estrela».
«O Sabugal começa agora a dar os primeiros passos a fazer um levantamento de uma história muito importante ocorrida nesse concelho. Os primeiros levantamentos intra-muralhas, e não só, já foram feitos e um deles foi posto a descoberto e está aberto ao público numa casa muito próximo do castelo que fazia parte da antiga judiaria – a Casa do Castelo – onde foi preservado durante as obras um Aron Hakodesh, um local dedicado à oração de uma casa sefardita, de um habitante judeu, que o manteve escondido com taipas ou portadas por causa da Inquisição. Quando descobrimos peças destas estamos a descobrir o nosso passado. Penso que foi isso, também, que deu motivação à Câmara do Sabugal para integrar as rotas judaicas da serra da Estrela», divulgou durante a conferência de Imprensa Jorge Patrão.
Em resposta a uma questão da Rádio Caria o presidente da Câmara Municipal do Sabugal, António Robalo, esclareceu que «o concelho do Sabugal ainda não está no patamar destes três municípios que participam no primeiro festival sefardita mas a minha presença é uma manifestação de solidariedade com a criação de uma rede temática pelos municípios presentes – destaco a capacidade do Turismo Serra da Estrela de concretizar este iniciativa – e a minha convicção, na sequência de estudos e a actividade que alguns particulares têm desenvolvido no concelho, que esta é uma área que temos de trabalhar com a ajuda de todos contribuindo para esta causa e para a promoção desta rede» porque em consequência do fluxo turístico que vai gerar «a região e a serra da Estrela vão ficar mais conhecidos e mais promovidos».
O autarca sabugalense aproveitou ainda para dizer que «há empenho da Câmara em coordenação com o belo gabinete de arqueologia e o pelouro da cultura e o apoio de outras entidades que já têm um trabalho mais avançado e mais experiência nesse ramo e estamos a equacionar as opiniões dos especialistas que recentemente visitaram o centro intra-muralhas do Sabugal e identificaram mais algumas casas judaicas de grande valor histórico».
O primeiro evento em Portugal focado na memória sefardita inclui um congresso que decorre nos dias 2, 3 e 4 de Novembro no TMG-Teatro Municipal da Guarda. As palestra contam com a presença, entre outros, do ilustre historiador Jorge Martins (cronista no Capeia Arraiana) nos painéis «A fronteira da vida de Aristídes de Sousa Mendes» e «O impacto da herança judaica no turismo» onde vai falar sobre a presença dos judeus no Sabugal e o Aron da Casa do Castelo. O programa inclui ainda visitas culturais (com possível passagem pelo Aron Hakodesh na Casa do Castelo no Sabugal) e concertos evocativos do passado judaico.
O programa do congresso destaca a presença de personalidades de renome nacional e internacional. Na Guarda está prevista a apresentação da Casa da Memória, Identidade e Património Aristídes Sousa Mendes, visitas à sé catedral, antiga judiaria e igreja de São Vicente.
No dia 2, em Belmonte, os participantes são recebidos na Comunidade Judaica de Belmonte, com palestra do Rabino Elisha Salas e dirigentes da Shavei Israel com visita à sinagoga, bairro judaico, castelo, museu judaico e museu à descoberta do Novo Mundo.
Em Trancoso, no dia 4, vai ser apresentado o Centro de Interpretação Judaica Isaac Cardoso, feita a aposição de carimbo e lançamento de selos comemorativos da Memória Sefardita e um concerto de encerramento pelo coro misto da Beira Interior.
De referir ainda que o 1.º Festival Internacional da Herança Sefardita tem o Alto Patrocínio de Sua Excelência o Presidente da República Portuguesa, Professor Aníbal Cavaco Silva e do Alto Comissário para os Refugiados, António Guterres.

«Mas que os há, há» é o que me apraz dizer perante o reconhecimento unânime da importância da herança histórica das comunidades judaicas no Sabugal. Este reconhecimento público do Aron da Casa do Castelo e das casas judaicas intra-muralhas é, também, o reconhecimento do trabalho e da persistência de Natália e Romeu Bispo na preservação dos seus achados arqueológicos e judaicos. Chegou tarde mas chegou.
jcl

Festival internacional da memória sefardita

O 1.º Festival Internacional da Memória Sefardita decorre entre os dias 1 e 7 de Novembro de 2010 nas cidades Guarda, Trancoso e Belmonte. A iniciativa do Turismo Serra da Estrela conta com o alto patrocínio de Aníbal Cavaco Silva, Presidente da República Portuguesa e inclui, no dia 3 de Novembro, uma visita a Sortelha e ao Sabugal.

(Clique nas imagens para ampliar.)

A cerca de quatro meses do início do I Festival Internacional da Memória Sefardita, que terá lugar na Serra da Estrela, de 1 a 7 de Novembro de 2010, a organização recebeu o Alto Patrocínio de Sua Excelência o Presidente da República Portuguesa, Professor Aníbal Cavaco Silva.
Este contributo demonstra a relevância deste evento para a divulgação de Portugal como país fortemente marcado pela Sefardita e sua herança ainda hoje presente em inúmeras localidades.
Um dos momentos altos do Festival será o Congresso que terá lugar no Teatro Municipal da Guarda, de 2 a 4 de Novembro de 2010.
A atestar a importância da temática do Congresso está confirmada a presença de oradores de renome nacional e internacional, focados no estudo do mundo Sefardita.
Alguns dos participantes: Tzvika Schaick, Curador e Director do Museu Dona Gracia em Tiberíades; Marques de Almeida, Coordenador Executivo e Científico da Cátedra de Estudos Sefarditas, Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa; José Alberto Rodrigues Tavim, Centro de História, Departamento de Ciências Humanas do Instituto de Investigação Científica Tropical de Lisboa e membro da Comissão Executiva da Sociedade de Estudos dos Judeus Sefarditas e da Diáspora Sefaradi, Universidade Hebraica de Jerusalém; Dov Stuczynski, Universidade de Bar-Ilan, Tel Aviv; Antonieta Garcia, Universidade da Beira Interior; Elvira Mea, Centro de Estudos Africanos da Universidade do Porto, Faculdade de Letras da Universidade do Porto; Herman Salomon, Professor Catedrático da Universidade de Albany, E.U.A.; e Yom Tov Assis, professor de História Judaica Medieval na Universidade Hebraica de Jerusalém e Presidente do Instituto Ben Zvi em Jerusalém.
A organização pertence ao Turismo Serra da Estrela, aos municípios da Guarda, Belmonte e Trancoso e à Alegretur. O lema da iniciativa é «Venha descobrir a Serra da Estrela e junte-se a nós no I Festival Internacional da Memória Sefardita!»

As inscrições podem ser feitas no portal oficial do Festival. Aqui.
Secretariado do Festival: secretariado@leading.pt
jcl (com Turismo Serra da Estrela)

Gastronomia - © Capeia Arraiana

Sabugal em destaque no «Portugal em Directo»

A 3.ª edição dos Roteiros Gastronómicos do concelho do Sabugal vai estar em destaque, na próxima quinta-feira no programa «Portugal em Directo» da RTP-1. Os sabores gastronómicos à disposição nos 13 restaurantes aderentes e o VI Almoço da Confraria do Bucho Raiano serão tema de conversa na reportagem assinada pelo jornalista Jorge Esteves.

Guarda Digital apresenta o Portal de Turismo

A Guarda Digital apresenta este domingo, dia 26 de Outubro, o Portal de Turismo. A iniciativa tem lugar por volta do meio-dia nas Casamatas em Almeida e conta com a apresentação do conhecido actor, António Machado. A inauguração do Portal de Turismo junta-se ao passeio BMW X Experience, organizado pelo Clube Escape Livre, que durante este fim-de-semana percorrer caminhos e trilhos outrora utilizados pelos contrabandistas entre Portugal e Espanha.

António Machado - Guarda Digital«Pretende-se com este Portal tornar a região mais competitiva no que diz respeito ao turismo, incentivando deste modo a utilização das TIC e incrementando o acesso à informação turística», refere o gestor da Guarda Digital, Sérgio Duarte. Este portal «é, sem dúvida, um projecto âncora para o desenvolvimento turístico na região.»
Para Sérgio Duarte é necessário capitalizar e valorizar o potencial do turismo de natureza, do turismo cultural e do turismo patrimonial que subsiste nesta região. Por isso, o Portal privilegia quatro importantes vectores turísticos, designadamente, a Serra da Estrela, as Gravuras de Foz Côa, as Aldeias Históricas e o Ecoturismo.
O Portal permitirá assim, que todas as potencialidades turísticas da região fiquem disponíveis para todo o mundo, já que a Internet promove uma maior abertura cultural. Mas há muito mais para explorar e encontrar no Portal do Turismo, como a Raia e as suas tradições, as Rotas, as «Escapadinhas», os monumentos, os museus, as lendas e tradições, ou as sugestões para passear dentro e fora da região. No «Diário de Bordo» encontrará comentários ou sugestões de passeios realizados por pessoas que visitam a região, sendo que este pretende ser um espaço aberto a todos os que queiram partilhar a sua experiência por terras beirãs.
Como em todos os portais do projecto «Guarda Região Digital», o portal de Turismo contempla uma Agenda de Eventos e actividades, Notícias e outras informações úteis para o viajante, sobre a região, o país e o mundo. A grande mais-valia a destacar é, para o gestor do projecto, o directório do Alojamento e da Restauração, já que «concentra num só espaço informação detalhada sobre cada uma das unidades hoteleiras. Resultado de uma pesquisa apurada das características de todas as unidades hoteleiras e restaurantes da região, temos para disponibilizar conteúdos que serão de extrema utilidade na hora do cliente / turista preparar a sua estadia no distrito.» De resto, a curto o prazo o Portal vai estar disponível em duas línguas estrangeiras, Inglês e Castelhano.
A Beira Alta é uma região por excelência com um grande património turístico e com uma vasta variedade de produtos de artesanato e gastronómicos, que agora terão aqui uma janela virtual para se mostrarem e se darem a conhecer.
jcl (com Patrícia Correia)

Hipismo de alto nível em Portugal

O «Portugal Equestrian Tour» (PET) é um circuito de cinco Concursos Internacionais de Saltos SI), a realizar-se de 22 de Maio a 22 de Junho, patrocinado pelo Instituto de Turismo de Portugal, e que tem como objectivo promover o desporto e o hipismo em Portugal.

Portugal Equestrian TourEsta iniciativa é coordenada pela Federação Equestre Portuguesa (FEP) em colaboração com as organizações dos cinco concursos e destina-se a incentivar a elite de cavaleiros internacionais a escolher Portugal como destino de excelência para a prática de desportos equestres.
A FEP, fundada em 1927, representa todo o desporto equestre em Portugal, é membro da Federação Equestre Internacional (FEI), do Comité Olímpico de Portugal (COP), da Confederação do Desporto de Portugal (CDP), da Federação Internacional de Turismo Equestre (FITE), e ainda do International Group for Equestrian Qualifications (IGEQ).
Contou em 2005 com quase 4000 praticantes e 1762 cavalos registados para competição nas nove disciplinas que a integram, contando ainda com 120 centros hípicos registados e certificados pela federação.
Lisboa – 22 a 25 de Maio – Sociedade Hípica Portuguesa.
Já na sua 88.ª edição, este é o evento, equestre internacional de maior importância, a nível nacional, sendo o mais antigo da Europa a realizar-se no mesmo local. Esta edição será a primeira de cinco estrelas, o mais alto nível internacional, recentemente atribuído pela FEI. Prize money: 180.000€.
Vimeiro – 29 de Maio a 1 de Junho – Centro Hípico Hotel Golf Mar.
O Centro Hípico do Hotel Golf Mar integra várias estruturas de lazer e situa-se na Região de Turismo do Oeste, a 60 quilómetros de Lisboa, com cómodos acessos por auto-estrada (A8), inserido numa propriedade de 220 hectares, com acesso directo a três praias. O excelente recinto de saltos com 9000m2 de piso relvado é um dos melhores, mesmo em comparação com a oferta europeia. Prize money: 165.000€.
Ponte de Lima – 6 a 8 de Junho.
A Go On – Sport Events tem uma ligação ao mundo equestre de mais de 30 anos. Nasceu com o objectivo de organizar e captar para Portugal eventos desportivos com dimensão internacional. Prize money: 165.000€.
Portimão – 12 a 15 de Junho – Centro Hípico Belmonte.
O CSI Portimão é um evento de alto nível que se realiza desde 1999, sendo uma manifestação desportiva de referência que tem trazido alguns dos melhores cavaleiros do mundo, mas também como um evento de forte impacto mediático que promove a imagem do Algarve e de Portimão como destino turístico e palco de grandes eventos desportivos. Prize money: 165.000€.
Vilamoura – 20 a 22 de Junho – Centro Hípico de Vilamoura.
O Centro Hípico de Vilamoura, dirigido por Rui Rosado, tem como objectivo principal a afirmação de Vilamoura, do Algarve e de Portugal como destino turístico diferenciado e qualificado. Este tipo de evento atrai um segmento alto de turistas e visitantes, ao qual interessa apresentar, em sequência do produto hípico, as outras ofertas da região e do país, contribuindo para a redução de sazonalidade. Prize money: 165.000€.
aps

Páscoa com queda de neve na Serra da Estrela

As previsões do Instituto de Meteorologia apontam para uma Páscoa branca marcada pela queda de neve na Serra da Estrela. Para sábado estão previstos aguaceiros para o Algarve.

Hotel Serra da EstrelaO Instituto de Meteorologia prevê para o fim-de-semana da Páscoa uma acentuada descida da temperatura com as terras altas de Bragança e Penhas Douradas a registar temperaturas negativas e queda de neve. A partir de sexta-feira santa o território continental o tempo vai caracterizar-se por instabilidade atmosférica afectado por uma «massa de ar frio e instável».
Os turistas que escolheram a Serra da Estrela para passar as mini-férias vão deliciar-se com um manto branco em resultado da queda de neve. A zona da Região de Turismo regista, já, uma taxa de ocupação a rondar os 80 por cento.
Para o Algarve está prevista a ocorrência de aguaceiros mas a temperatura, mais primaveril, deverá rondar os 20 graus.
Durante o dia de quarta-feira o tempo causou surpresas pelo País. No Alentejo, nos arredores de Pinheiro da Cruz, ocorreram, durante a tarde, quedas de granizo e neve anormais para a região.
Entretanto, o Instituto de Meteorologia elevou ontem o nível de aviso para os distritos de Setúbal, Beja e Faro, que passaram do amarelo para laranja, o terceiro mais grave de uma escala de quatro.
jcl

Literatura - Capeia Arraiana (orelha)

Nas pedras de Santa Maria da Vitória

A acção de reflexão sob o lema «Batalha: Pensar o Turismo Cultural com os escritores» e a sua ligação à vida e obra de Miguel Torga reuniu no dia 15 de Março, na Batalha, mais de uma centena de participantes. A aldeia histórica de Sortelha foi o ponto de partida para esta peregrinação, coordenada por José Cymbron, pelos concelhos eminentemente torguianos propondo o «Turismo Cultural» e o «Dia de Torga».

Mosteiro da Batalha - Capeia Arraiana

Mosteiro da Batalha (foto: D.R.)

«Hoje sei apenas gostar duma nesga de terra debruada de mar» (Torga)

Sabugal aumenta oferta de turismo rural

A Quinta do Alexandre é a mais recente oferta turística de turismo em espaço rural no concelho do Sabugal inserida numa herdade de 16 hectares a cerca de dois quilómetros da sede do concelho.

Quinta do Alexandre (Sabugal)Inserida numa zona florestal a Quinta do Alexandre é a mais recente oferta de turismo rural no concelho do Sabugal.
A propriedada de 16 hectares tem dimensões pouco usuais para a nossa região e alcançou nas décadas de 1950 e 60, o primeiro lugar no concurso nacional de Empresa Agrícola Predominantemente Cerealífera sob a orientação de Alexandre Pereira. Na região raiana eram os tempos áureos da produção agrícola de cereais, vinha e pecuária.
A quinta sofreu desde 1996 profundas remodelações pela mão da filha, Elisabete Pereira Lopes, que deu por terminada a sua carreira em maquilhagem de cinema e abriu oficialmente os «portões da quinta» em Junho de 2007.
«Os visitantes percorrem um caminho ladeado de cedros até arribarem às habitações em forma de L que renasceram da antiga casa residencial, do celeiro, da vacaria e da casa dos caseiros. Um enorme castanheiro e os antigos utensílios agrícolas estão agora estrategicamente expostos em recantos floridos», descreve a reportagem promocional do Lifecooler.
O caminho que dá acesso à propriedade está situado na EN 233-3 cerca de dois quilómetros depois da saída pelo lado da automecânica do Sabugal e um pouco antes do cruzamento para a povoação do Cardeal.
A sala é comum e os aposentos têm os sugestivos nomes de: quarto amor perfeito, quarto violeta, quarto alfazema e quarto belaluz.
Com aviso prévio são permitidos animais de estimação e uma oferta especial: o pequeno-almoço está disponível entre as 9 horas da manhã e o meio-dia.
Desejamos uma boa taxa de ocupação ao novo investimento turístico pois isso significará que mais turistas escolheram o Sabugal para passar os tempos livres usufruindo das nossas impares condições naturais.
jcl