Tag Archives: rota

Rota das judiarias vai avançar

Secretário de Estado da Cultura, Jorge Barreto Xavier, anunciou na passada sexta-feira, dia 26 de Julho, o investimento de cinco milhões de euros para a criação da Rota das Judiarias – Rotas de Sefarad, um percurso geográfico e cultural dos vestígios sefarditas no território português que passará por Vilar Maior, antiga vila do concelho do Sabugal onde será recuperada uma sinagoga medieval.

Jorge Barreto Xavier, ao lado de Jorge Patrão, apresentou o programa

Jorge Barreto Xavier, ao lado de Jorge Patrão, apresentou o programa

Ruta de los castillos – Sabugal

Teresa Duarte Reis - O Cheiro das Palavras - Capeia ArraianaSabugal. Agora conheço-o melhor mas sempre o admirei pela imponente singeleza do seu castelo que, sendo duro mas simples, altivo mas singelo, continua a ser um forte marco de vidas heróicas, retalhos da história e da lenda, símbolo da emigração e luta das gentes do interior em que a alegria do convívio recorda (mas pretendo que reforce e eternize) as noites frias à lareira ou o cheiro fresco a terra regada, dos fins de tarde Estivais.

Castelo Cinco Quinas Sabugal - Noite

SABUGAL

Do Sabugal, escrevi um dia…

Ali perto, o castelo
Viveram encanto belo
(Já para lá vão os tempos)
D. Dinis ou outros reis
Se não lerdes, não sabereis
Como tudo se passou.

E agora continuo…

Terás começado em castro
Que aí deixou seu lastro
A pré-história recordar
Os Romanos militares
Daí lançavam olhares
Para o Côa vigiar.

És um famoso castelo
Desde imponente e belo
Tudo tens a teu favor
E segundo reza a história
Um nome escrito na memória
D. Dinis foi teu Senhor

Deste nos conta a lenda
Isabel leva merenda
Mata fome a qualquer pobre
Apanhada de surpresa
Mostra a sua realeza
Com rosas, seu gesto nobre.

O foral de (12) 96
A esse rei o deveis
E Castelos a marcar fileiras
Mas para serdes mais felizes
Precisaste de Alcanizes
P´ra marcar tuas fronteiras.

Pois foi então o dito rei
(Como sempre li e sei)
Que fez construção tão altiva
D. Manuel renovou foral
Deixando no Sabugal
Esta marca sempre viva.

É sobre a porta da entrada
A obra de D. Manuel lembrada
Pelo seu digno brasão
Registadas suas proezas
No Livro das Fortalezas
Segundo regista o guião.

Soberano, marcaste o tempo
Que em (18) 11 foi momento
De duras, vivas emoções
Páginas de escrita dourada
Ali, no Gravato, marcada
Dando fim às Invasões.

Em cemitério albergaste
Homens da vila honraste
Até (19) e vinte e sete
Ergues-te com novo vigor
Sempre bem dominador
Como se disse e repete.

Castelo das Cinco Quinas
Nossa caminhada animas
Mas descobrimos ainda mais
Tu com Torre de Menagem
Mereceste digna homenagem
Pela DGM Nacionais.

O meu abraço ao Sabugal.

A minha pena por não ter podido assistir, como desejava, às dignas comemorações dos 200 anos da batalha do Gravato.

«O Cheiro das Palavras», poesia de Teresa Duarte Reis
netitas19@gmail.com

Logo AAR - Associação Amigos Ruivós - Capeia Arraiana (orelha)

Rota das Adegas 2010 em Ruivós (1)

No sábado, 4 de Dezembro de 2010, recordaram-se em Ruivós todos os antigos agricultores da aldeia retomando a Rota das Adegas para provar o vinho novo. Há memórias que nunca devem acabar num concelho conhecido pelo contrabando e pela excelência dos seus produtos agrícolas. A solução para o futuro do concelho do Sabugal pode estar na aposta numa agricultura de qualidade com produtos «de contrabando» directamente do produtor para o consumidor. Reportagem de Sara Castro com imagem de Sérgio Caetano da Redacção da LocalVisãoTv (Guarda).

LocalVisãoTv - © Capeia Arraiana


ca2013_localvisaotv_550x15


Autoria: LocalVisãoTv posted with Galeria de Vídeos Capeia Arraiana

Logo AAR - Associação Amigos Ruivós - Capeia Arraiana (orelha)

Rota das Adegas 2010 em Ruivós (2)

No sábado, 4 de Dezembro de 2010, recordaram-se em Ruivós todos os antigos agricultores da aldeia retomando a Rota das Adegas para provar o vinho novo. Há memórias que nunca devem acabar num concelho conhecido pelo contrabando e pela excelência dos seus produtos agrícolas. A solução para o futuro do concelho do Sabugal pode estar na aposta numa agricultura de qualidade com produtos «de contrabando» directamente do produtor para o consumidor.

Rota das Adegas 2010 - Ruivós
Logo AAR - Associação Amigos Ruivós - Capeia Arraiana (orelha)

Rota das Adegas 2010 em Ruivós (3)

No sábado, 4 de Dezembro de 2010, recordaram-se em Ruivós todos os antigos agricultores da aldeia retomando a Rota das Adegas para provar o vinho novo. Há memórias que nunca devem acabar num concelho conhecido pelo contrabando e pela excelência dos seus produtos agrícolas. A solução para o futuro do concelho do Sabugal pode estar na aposta numa agricultura de qualidade com produtos «de contrabando» directamente do produtor para o consumidor.

GALERIA DE IMAGENS  – ROTA DAS ADEGAS  –  4-12-2010
Fotos Capeia Arraiana –  Clique nas imagens para ampliar

jcl

Logo AAR - Associação Amigos Ruivós - Capeia Arraiana (orelha)

Rota das Adegas 2010 em Ruivós (4)

No sábado, 4 de Dezembro de 2010, recordaram-se em Ruivós todos os antigos agricultores da aldeia retomando a Rota das Adegas para provar o vinho novo. Há memórias que nunca devem acabar num concelho conhecido pelo contrabando e pela excelência dos seus produtos agrícolas. A solução para o futuro do concelho do Sabugal pode estar na aposta numa agricultura de qualidade com produtos «de contrabando» directamente do produtor para o consumidor.

GALERIA DE IMAGENS  – ROTA DAS ADEGAS  –  4-12-2010
Fotos Capeia Arraiana –  Clique nas imagens para ampliar

jcl

Logo AAR - Associação Amigos Ruivós - Capeia Arraiana (orelha)

Rota das Adegas 2010 em Ruivós (5)

No sábado, 4 de Dezembro de 2010, recordaram-se em Ruivós todos os antigos agricultores da aldeia retomando a Rota das Adegas para provar o vinho novo. Há memórias que nunca devem acabar num concelho conhecido pelo contrabando e pela excelência dos seus produtos agrícolas. A solução para o futuro do concelho do Sabugal pode estar na aposta numa agricultura de qualidade com produtos «de contrabando» directamente do produtor para o consumidor.

GALERIA DE IMAGENS  – ROTA DAS ADEGAS  –  4-12-2010
Fotos Capeia Arraiana –  Clique nas imagens para ampliar

jcl

Rota das Adegas 2010 em Ruivós (6)

No sábado, 4 de Dezembro de 2010, recordaram-se em Ruivós todos os antigos agricultores da aldeia retomando a Rota das Adegas para provar o vinho novo. Há memórias que nunca devem acabar num concelho conhecido pelo contrabando e pela excelência dos seus produtos agrícolas. A solução para o futuro do concelho do Sabugal pode estar na aposta numa agricultura de qualidade com produtos «de contrabando» directamente do produtor para o consumidor.

[vodpod id=Video.5065377&w=425&h=350&fv=%26rel%3D0%26border%3D0%26]

jcl

José Carlos Lages - A Cidade e as Terras - © Capeia Arraiana (orelha)

Rota das Adegas 2010 em Ruivós

No sábado, 4 de Dezembro, todos os caminhos vão dar às adegas de Ruivós. A «Rota das Adegas 2010» vai proporcionar aos participantes a prova do vinho novo em 16 produtores locais.

Rota Adegas 2010 - Ruivós - Sabugal

Caminhando pela Rota do Malhão

GALERIA DE IMAGENS – 15-8-2008
Fotos Raiar (Paulo Adão) – Clique nas imagens para ampliar

Rota do Malhão inaugurada pela Raiar

No dia 15 de Agosto a Associação Raiar de Aldeia do Bispo inaugurou a Rota do Malhão organizando uma caminhada que teve a participação de cerca de 40 raianos.

RaiarA Raiar, associação de Aldeia do Bispo, iniciou o ano passado a sinalização de um percurso em volta de Aldeia do Bispo, denominado Rota do Malhão, com passagem pela Mesa de Orientação, instalada na parte mais alta da serra, nas Matanças. Depois de instalados os azulejos nesta mesa, com indicações de diversos destinos e distâncias, foi oficialmente inaugurado, na sexta-feira, 15 de Agosto, este trilho para caminheiros, respeitando a legislação oficial na sinalização de percursos pedestres.
Os participantes começaram a juntar-se pelas sete e meia da manhã junto à Igreja de Aldeia do Bispo. Assim que as oito badaladas soaram no relógio do campanário partiram todos em direcção ao Pocinho, Valongo, Matança, Mesa de Orientação, Cabeço Vermelho e descida até às Tapadas por terras espanholas. Participaram neste evento, com muita alegria, cerca de 40 pessoas, e o bom ambiente não faltou. A chegada à Aldeia deu-se precisamente às 11 horas permitindo que todos participassem na Missa do dia de Nossa Senhora.
A Raiar tem vindo a organizar nestes últimos anos passeios pedestres com o intuito de possibilitar o conhecimento aos participantes de paisagens e lugares de beleza única existentes no limite de Aldeia do Bispo e na região raiana.
Paulo Adão