Tag Archives: pinharanda gomes

Hoje destacamos... - © Capeia Arraiana (orelha)

Pinharanda Gomes em destaque na Ecclesia

O nosso destaque de hoje vai para o Editorial de Paulo Rocha, director da Agência Ecclesia, que sublinha a importância da obra e pensamento do sabugalense Pinharanda Gomes para um melhor conhecimento dos congressos católicos em Portugal. O texto que publicamos, de seguida, na íntegra é o editorial de Paulo Rocha.

A Obra e o Pensamento - Josué Pinharanda Gomes - Capeia Arraiana

Josué Pinharanda Gomes (foto: D.R.)

Jesué Pinharanda Gomes - Carta Dominical - © Capeia Arraiana

O Senhor Abade do Sabugal

Só através do «Amigo da Verdade» de 16 de Julho tivemos notícia escrita e mais circunstanciada do passamento do senhor Padre António Teixeira de Almeida Souta (Belmonte, 1921 – Cerdeira do Côa, 6.7.2017), antigo Abade do Sabugal. Com a dignidade de Abade, havia dois no concelho: Sabugal e Quadrazais. Outras paróquias tinham as dignidades de Vigário, Prior, Reitor e Cura. Também era nomeado por Padre Soita.

Padre António Teixeira Souta

O amor à terra de Alberto Diniz da Fonseca

Já aqui falámos de Alberto Diniz da Fonseca e da sua guardofilia militante, ou seja, o endémico e exacerbado amor à cidade onde viveu, exerceu as funções de advogado e notário e foi presidente da Câmara Municipal. Para além de afirmar que a bomba atómica nasceu na Guarda ou, mais propriamente, na Quarta-Feira, Alberto defendeu ao longo da vida outros factos que igualmente enaltecem a Guarda e a sua região.

Alberto Diniz da Fonseca

Alberto Diniz da Fonseca

Jesué Pinharanda Gomes - Carta Dominical - © Capeia Arraiana

A Guarda – a montanha mágica de Eduardo Sucena

Escritor de afectos e de selectivos temas, Eduardo Sucena terá dedicado as suas principais obras à cultura de Lisboa.

Eduardo Sucena

Eduardo Sucena

Jesué Pinharanda Gomes - Carta Dominical - © Capeia Arraiana

Pela cultura popular

A imprensa cultural com origem nas regiões para além da capital constitui uma realidade a vários títulos interessante e, todavia, é raro vê-la noticiada ou apenas recensionada nos massivos meios da comunicação social.

O Mensário foi mestre da cultura e da portugalidade

O Mensário foi mestre da cultura e da portugalidade

Efemérides - 2015 - © Capeia Arraiana

Há 90 anos nasceu o Amigo da Verdade

Em 6 de Março de 1927 saiu a primeira edição do jornal «Amigo da Verdade», semanário católico e regionalista fundado por Alberto Dinis da Fonseca.

O «Amigo da Verdade» nasceu no Rochoso

O «Amigo da Verdade» nasceu no Rochoso

Sabugal - © Capeia Arraiana (orelha)

A comunicação de Pinharanda Gomes

:: :: CONGRESSO DO FORAL DO SABUGAL :: :: Os trabalhos do segundo dia do Congresso, em 9 de Novembro de 1996, prosseguiram cm a intervenção do filósofo Pinharanda Gomes, que falou sobre o tema «Os Geógrafos da Coa».

Pinharanda Gomes

Pinharanda Gomes

Jesué Pinharanda Gomes - Carta Dominical - © Capeia Arraiana

Variações sobre a batata

A propósito da cultura da batata no concelho do Sabugal.
Sem que o tivesse procurado, veio ter-me às mãos um opúsculo de 27 páginas, intitulado «Cultivo de la Papa (Patata)», da autoria de um economista chamado Gustavo Echavarria, opúsculo esse publicado pelas Ediciones del Ministeriode la Economia Nacional da Colômbia, através da Imprensa Nacional deste País, sem indicação da data, mas talvez publicado há mais de setenta anos.

O concelho do Sabugal foi importante produtor de batata

O concelho do Sabugal foi importante produtor de batata

Sabugal - © Capeia Arraiana (orelha)

Como nasceu o Congresso do Foral

:: :: CONGRESSO DO FORAL DO SABUGAL :: :: A ideia de comemorar em Novembro de 1996 os 700 anos do foral dionisino do Sabugal nasceu na Casa do Concelho, e resultou de uma conversa com o grande filósofo e historiador quadrazenho Jesué Pinharanda Gomes.

O congresso deve-se a Pinharanda Gomes

O congresso deve-se a Pinharanda Gomes

Jesué Pinharanda Gomes - Carta Dominical - © Capeia Arraiana

O Centro Católico no concelho do Sabugal em 1918

Há uns bons anos atrás estudámos o movimento social católico entre os anos de 1850-1930, com ênfase na fundação da Associação Católica do Porto (1871), no Centro Católico Português (1917) e na criação ou reorganização de muitas obras dispersas e sem coordenação, na chamada Acção Católica Portuguesa (1933).

D. José Alves Matoso (ao centro) era Bispo da Guarda em 1918

D. José Alves Matoso (ao centro) era Bispo da Guarda em 1918

Jesué Pinharanda Gomes - Carta Dominical - © Capeia Arraiana

Umas notícias atrasadas e avulsas

Oferta a eventuais investigadores de cultura, uma nota sobre a obra deixada na Guarda por Sande e Castro e um pormenor da vida de Nuno de Montemor.

Pinharanda Gomes revela-nos, entre outras coisas, um pormenor da vida de Nuno de Montemor

Pinharanda Gomes revela-nos, entre outras coisas, um pormenor da vida de Nuno de Montemor

Brasão Freguesia Malcata - Capeia Arraiana

Camões no mundo e na Serra da Malcata

Chegou-nos, pela mão de Pinharanda Gomes, um artigo referente a Malcata publicado no semanário O Diabo, de 13 de Outubro de 2015, assinado por Vasco Callixto, escritor de turismo cultural, autor de vários livros que, apesar da idade avançada, continua a viajar de automóvel pelos lugares mais recônditos.

O busto de Camões em Malcata

O busto de Camões em Malcata

Jesué Pinharanda Gomes - Carta Dominical - © Capeia Arraiana

A reforma agrária nas Peladas

As crises reais da renovação populacional e do abandono da vida rural no interior, com todas as sequelas designadas por desertificação e empobrecimento, têm motivado diferentes pensadores (e não apenas políticos isentos de pensar) à análise e reflexão crítica do fenómeno, pouco se tendo adiantado na renovação agrária.

A Colónia Agrícola Martim Rei na altura em que foi implementada

A Colónia Agrícola Martim Rei na altura em que foi implementada

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Nova Águia, Nova Renascença Portuguesa

É preciso uma refundação de Portugal, a revista Nova Águia quer contribuir para a transformação das mentalidades e também das vidas.

O nº.15 da revista Nova Águia

O nº.15 da revista Nova Águia

Julho - 2015 - Efemérides - Capeia Arraiana

Efemérides 2015 – 16 de Julho

:: :: EFEMÉRIDES 2015 :: 16 DE JULHO :: :: O Capeia Arraiana publica diariamente as efemérides mais relevantes de cada data… Hoje destacamos o nascimento de Jesué Pinharanda Gomes, em 1939.

O filósofo Pinharanda Gomes nasceu há 76 anos em Quadrazais

O filósofo Pinharanda Gomes nasceu há 76 anos em Quadrazais

Jesué Pinharanda Gomes - Carta Dominical - © Capeia Arraiana

Dois sabugalenses historiadores das Misericórdias (2)

A primeira Irmandade da Misericórdia, criada em Lisboa por permissão, consentimento e mandado da Rainha Senhora Dona Leonor, esposa de D. João II, em 1498, votada à prática das obras de misericórdia, a breve trecho avassalou o Reino, em que as Irmandades da Misericórdia se tornaram o principal agente de solidariedade social, melhor, de caridade activa. (segundo de dois artigos.)

O livro de Carlos Dinis da Fonseca

O livro de Carlos Dinis da Fonseca

Jesué Pinharanda Gomes - Carta Dominical - © Capeia Arraiana

Dois sabugalenses historiadores das Misericórdias (1)

A primeira Irmandade da Misericórdia, criada em Lisboa por permissão, consentimento e mandado da Rainha Senhora Dona Leonor, esposa de D. João II, em 1498, votada à prática das obras de misericórdia, a breve trecho avassalou o Reino, em que as Irmandades da Misericórdia se tornaram o principal agente de solidariedade social, melhor, de caridade activa. (O primeiro de dois artigos)

Fernando da Silva Correia  nasceu no Sabugal

Fernando da Silva Correia nasceu no Sabugal

Jesué Pinharanda Gomes - Carta Dominical - © Capeia Arraiana

A trilogia religiosa de Nuno de Montemor (3)

O primeiro «romance» (assim Nuno de Montemor o classificou) de tema bíblico, melhor, de tema inscrito no Novo Testamento, foi «Maria, a Pecadora» (Lx.a, União Gráfica, 1930, 220 pp.) mas na edição não consta, salvo erro e omissão, que esse romance, ou biografia, ou hagiografia, fosse o primeiro volume de uma trilogia. Ao tempo, surgiu como obra independente de outras do mesmo autor.
(o terceiro de 3 artigos)

Nuno de Montemor

Nuno de Montemor

Jesué Pinharanda Gomes - Carta Dominical - © Capeia Arraiana

A trilogia religiosa de Nuno de Montemor (2)

O primeiro «romance» (assim Nuno de Montemor o classificou) de tema bíblico, melhor, de tema inscrito no Novo Testamento, foi «Maria, a Pecadora» (Lx.a, União Gráfica, 1930, 220 pp.) mas na edição não consta, salvo erro e omissão, que esse romance, ou biografia, ou hagiografia, fosse o primeiro volume de uma trilogia. Ao tempo, surgiu como obra independente de outras do mesmo autor.
(o segundo de 3 artigos)

Nuno de Montemor

Nuno de Montemor

Jesué Pinharanda Gomes - Carta Dominical - © Capeia Arraiana

A Trilogia Religiosa de Nuno de Montemor (1)

O primeiro «romance» (assim Nuno de Montemor o classificou) de tema bíblico, melhor, de tema inscrito no Novo Testamento, foi «Maria, a Pecadora» (Lx.a, União Gráfica, 1930, 220 pp.) mas na edição não consta, salvo erro e omissão, que esse romance, ou biografia, ou hagiografia, fosse o primeiro volume de uma trilogia. Ao tempo, surgiu como obra independente de outras do mesmo autor.
(o primeiro de 3 artigos)

Nuno de Montemor

Nuno de Montemor

Jesué Pinharanda Gomes - Carta Dominical - © Capeia Arraiana

A obra única de Franklim Costa Braga

O terceiro volume da obra «Para que não se perca a memória de vida em Quadrazais», da autoria de Franklim Costa Braga.

Franklim Costa Braga na apresentação do seu último livro

Franklim Costa Braga na apresentação do seu último livro

Adérito Tavares - Na Raia da Memória - © Capeia Arraiana (orelha)

D. Manuel Vieira de Matos – Bispo da Guarda

D. Manuel Vieira de Matos foi bispo da Guarda entre 1903 e 1914 e arcebispo primaz de Braga entre 1914 e 1932, num dos períodos mais conturbados das relações Estado-Igreja em Portugal. Pinharanda Gomes, cuja fecunda pena tratou brilhante e exaustivamente a História da Diocese da Guarda, escreveu sobre D. Manuel Vieira de Matos: «…contribuiu decisivamente para o renascimento católico do país antes de 1920, apesar dos vexames e exílios de que foi vítima, por parte do Governo da República.»

D. Manuel Vieira de Matos, Bispo da Guarda - Adérito Tavares - Capeia Arraiana

D. Manuel Vieira de Matos, Bispo da Guarda

Câmara Municipal da Guarda - © Capeia Arraiana (orelha)

Guarda homenageia Nuno de Montemor

A Câmara Municipal da Guarda promove um ciclo cultural dedicado ao escritor Nuno de Montemor, que inclui uma exposição e um colóquio, a realizar no dia 26 de Maio na Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço.

Nuno de Montemor faleceu há 50 anos

Nuno de Montemor faleceu há 50 anos

Freguesia de Quadrazais - Sabugal - © Capeia Arraiana (orelha)

Quadrazais evoca Nuno de Montemor

A Junta de Freguesia de Quadrazais vai evocar a memória do escritor Nuno de Montemor no dia em que faleceu há 50 anos – 4 de Janeiro.

Nuno de Montemor

Nuno de Montemor

Jesué Pinharanda Gomes - Carta Dominical - © Capeia Arraiana

Gente nossa – Rubens Esaguy

Ao contrário do que ocorreu na medievalidade, em Penamacor, Belmonte e Covilhã, o Sabugal nunca teve «judiaria», isto é, comunidade judaica. Não obstante, as cartas régias de D. Dinis referem com nitidez os direitos e os deveres dos mercadores hebreus que, por então, actuavam na área sabugalense, ligados aos da Guarda, e muito operantes no comércio.

Jesué Pinharanda Gomes - Carta Dominical - © Capeia Arraiana

Gente Nossa – Nuno de Montemor

Aproximando-se o dia em que ocorrerá o 50º Aniversário do falecimento (4.1.1964 – 4.1.2014) do padre Joaquim Augusto Álvares de Almeida, celebrado como Nuno de Montemor, glória das nossas Letras e do nosso concelho, transcrevemos, a este propósito, o artigo que o nosso compatrício Pinharanda Gomes escreveu para o 3º volume da Biblos, Enciclopédia Luso-Brasileira de Literatura.

Jesué Pinharanda Gomes - Carta Dominical - © Capeia Arraiana

Pinharanda Gomes apresenta livro no Sabugal

O livro «Pinharanda Gomes – A Obra e o Pensamento, Estudos e Testemunhos», de que o Capeia Arraiana já deu a devida nota, vai ser formalmente apresentado no Sabugal, no dia 7 de Setembro, pelas 15 horas, no Centro de Estudos Jesué Pinharanda Gomes.

Jesué Pinharanda Gomes - Carta Dominical - © Capeia Arraiana

Obra e pensamento de Pinharanda Gomes

A editora Zéfiro publicou os textos com as intervenções do colóquio sobre a obra e o pensamento de Pinharanda Gomes, que se realizou na Universidade do Porto no dia 9 de Abril de 2013.

O livro com as reflexões acerca de Pinharanda Gomes

O livro com as reflexões acerca de Pinharanda Gomes

Concelho de Pinhel - Capeia Arraiana

Pinhel evocou Camilo Castelo Branco

Pinharanda Gomes, João Bigotte Chorão, Manuel Pereira de Matos, entre outros, intervieram nos dias 27 e 28 de Julho, em Pinhel, num colóquio subordinado ao tema «O Bem e o Mal», evocando o romance homónimo de Camilo Castelo Branco, de cuja primeira edição se comemoram 150 anos.

João Bigotte Chorão intervindo no colóquio

João Bigotte Chorão intervindo no colóquio

Jesué Pinharanda Gomes - Carta Dominical - © Capeia Arraiana

Gente Nossa: António Amaro Monteiro

Nascido em 1952 em Aldeia da Dona, freguesia da Nave, António Amaro Monteiro tem jus à consideração de expoente no quadro das gerações que se revelaram na segunda metade do presente século. Licenciado em Filosofia, Filosofia e Ciências da Educação, e Mestre de Filosofia Contemporânea, exerce o ensino secundário em Coimbra, e o seu currículo, que apresenta uma vida cheia de trabalho, não deixará de surpreender muitos de nós, pela variedade de participações em iniciativas culturais e pelo rol de publicações de que é autor.

Jesué Pinharanda Gomes - Carta Dominical - © Capeia Arraiana

Gente Nossa – Dr. Manuel Carlos Martins

No feriado de Santo António em Lisboa, que estava deserta, decidi ir até à Avenida da República, só para confirmar o número do prédio, em cujo rés-do-chão se situava uma pastelaria, ou cafetaria, – prédio esse na esquina da Avenida Miguel Bombarda com a Avenida da República, esquina para o estilo oval, com portas em forma de arco. Verifiquei: n.º 37 do lado da Avenida. Já não pude averiguar o nome da Cafetaria, lá instalada há mais de cinquenta anos.

Jesué Pinharanda Gomes - Carta Dominical - © Capeia Arraiana

Gente Nossa – Dr. Manuel Leal Freire

Um dia, tendo sido orador de um Congresso envolvendo temas da vida regional, alguém me disse: «Bastava o Leal Freire para encher todo o Congresso». Era verdade.

Manuel Leal Freire com D. Duarte Pio de Bragança

Manuel Leal Freire com D. Duarte Pio de Bragança

Jesué Pinharanda Gomes - Carta Dominical - © Capeia Arraiana

O desafio de Franklim Costa Braga

Para que não se perca a memória de 400 anos de vida em Quadrazais.

Franklim Costa Braga

Franklim Costa Braga

Jesué Pinharanda Gomes - Carta Dominical - © Capeia Arraiana

António José de Carvalho

António José de Carvalho era o filho mais velho do Dr. Dionísio de Carvalho, clínico municipal do Sabugal, na primeira metade do século XIX. Os outros dois filhos eram: Agostinho José de Carvalho, professor da Escola Normal de Lisboa e director da Escola Rodrigues Sampaio, tendo sido conferencista apreciado; e Luís José de Carvalho, funcionário das Obras Públicas, em Lisboa.

Jesué Pinharanda Gomes - Carta Dominical - © Capeia Arraiana

João Bigotte Chorão

Crítico, epistológrafo e ensaísta, João Bigotte Chorão nasceu na Guarda, em 18 de Outubro de 1933, de uma família oriunda do Sabugal. Licenciado em Direito pela Universidade de Coimbra, aqui, e como estudante, militou no CADC, tendo sido então o primeiro responsável pela publicação da revista Estudos, editada por aquele organismo, e onde se encontra variada colaboração da sua autoria.

João Bigotte Chorão

João Bigotte Chorão

Jesué Pinharanda Gomes - Carta Dominical - © Capeia Arraiana

Cónego Álvaro Vaz Quintalo da Cunha

O Cónego Álvaro Vaz Quintalo da Cunha nasceu na freguesia de Rendo, concelho do Sabugal, em 26 de Fevereiro de 1908, e faleceu em 28 de Abril de 2003, com 95 anos de idade. Destacou-se enquanto professor e director do Colégio de S. José, na Guarda.

Cónego Quintalo - Imagem do blogue Sol da Guarda

Cónego Quintalo – Imagem do blogue Sol da Guarda

Jesué Pinharanda Gomes - Carta Dominical - © Capeia Arraiana

Padre António Teixeira Souta

O Abade do Sabugal, agora retirado no Colégio da Cerdeira, nasceu em Belmonte em 9 de Março de 1921, pelo que conta agora com 92 anos de idade.

Padre António Souta na Cerdeira

Padre António Souta na Cerdeira

Jesué Pinharanda Gomes - Carta Dominical - © Capeia Arraiana

A Marcha «Quadrazenha» de José Franco

A «Quadrazenha» é uma bonita marcha-hino, em louvor da mulher de Quadrazais, cuja beleza motiva a letra de uma muito bela melodia. O autor da letra e da música foi o etnógrafo e músico José Inácio Franco, que nos ofereceu o original, passado de sua mão.

Cantadeiras de Quadrazais com Pinharanda Gomes no Sabugal

Cantadeiras de Quadrazais com Pinharanda Gomes no Sabugal

Jesué Pinharanda Gomes - Carta Dominical - © Capeia Arraiana

A tradução de Platão por Pinharanda Gomes

Em 1968 foi publicado o livro «O Banquete ou do Amor» de Platão, com tradução, prefácio e notas de Pinharanda Gomes. A obra, editada pela Atlântida, e inserida na colecção Biblioteca Filosófica, causou forte polémica nos meios académicos, por ter saído da pena de um jovem autodidacta e, portanto, não formado na Universidade.

Jesué Pinharanda Gomes - Carta Dominical - © Capeia Arraiana

Homenagem a Pinharanda Gomes no Porto

«A Obra e o Pensamento de Pinharanda Gomes» é o tema do colóquio que vai decorrer no dia 9 de Abril no Auditório Nobre da Faculdade de Letras da Universidade do Porto organizado pelo Instituto de Filosofia da Universidade do Porto e pelo Instituto Luso-Brasileiro de Filosofia. O significado e valor da obra do filósofo e ensaísta Pinharanda Gomes vai estar em discussão em dois painéis – «Entre filosofia e cultura» e «Entre filosofia e teologia» – e onde participam entre outros João Bigotte Chorão, Miguel Real e Renato Epifânio.

A Obra e o Pensamento de Pinharanda Gomes - Capeia Arraiana

A Obra e o Pensamento de Pinharanda Gomes