Tag Archives: lactibar

Gastronomia - © Capeia Arraiana

Queijo Lactibar entre os melhores de Portugal

O queijo de cabra «Quinta da Cabreira» (cura prolongada) da Lactibar – Lacticínios do Sabugal venceu a sua categoria o concurso «Queijos de Portugal» promovido pela Associação Nacional dos Industriais de Lacticínios. A edição 2017 premiou os 21 melhores queijos nacionais e atribuiu 41 menções honrosas.

Queijo Quinta da Cabreira - Lactibar - Rendo - Sabugal - Capeia Arraiana

Queijo Quinta da Cabreira (cura prolongada) da Lactibar venceu a sua categoria no concurso «Queijos de Portugal»

Hoje destacamos... - © Capeia Arraiana (orelha)

Queijos da Lactibar voltam a ser premiados

Queijos produzidos pela Lactibar, empresa de lacticínios sediada em Rendo, concelho do Sabugal, foram distinguidos no Concurso Queijos de Portugal.

Os queijos  vão a concurso sem rótulo

Os queijos vão a concurso sem rótulo

Bombeiros - © Capeia Arraiana (orelha)

Sete bombeiros feridos no incêndio da Lactibar

Sete bombeiros das corporações do Sabugal e do Soito sofreram este sábado, 9 de Maio, queimaduras de segundo grau num incêndio na fábrica de laticínios Lactibar no concelho do Sabugal, distrito da Guarda, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS).

Empresa Lacticínios Lactibar - Rendo - Sabugal - Guarda - Portugal - Capeia Arraiana

Empresa de Lacticínios Lactibar – Rendo – Sabugal

Hoje destacamos... - © Capeia Arraiana (orelha)

Queijo de cabra do Sabugal foi premiado

Os queijos de cabra Lactibar, produzidos no Sabugal, venceram dois prémios no Concurso Queijos de Portugal, no âmbito do evento «Encontro com Vinho e Sabores», aos quais concorreram 176 queijos de 54 fabricantes.

Queijo «Quinta da Cabreira» foi premiado

Queijo «Quinta da Cabreira» foi premiado

Freguesia de Rendo - Sabugal - Capeia Arraiana

Melhor queijo de cabra é da Lactibar de Rendo

A queijaria raiana Lactibar-Lacticínios do Sabugal com fábrica na freguesia de Rendo tem um queijo único no mundo. O queijo de cabra de cura prolongada «Quinta da Cabreira» obteve pelo terceiro ano consecutivo o«Prémio Melhor Queijo» de 2013 no Concurso de Queijos de Portugal promovido pela Associação Nacional dos Industriais de Lacticínios. Reportagem do jornalista Jorge Esteves com imagem e edição de Ismael Marcos da delegação da RTP na Guarda.

Melhor queijo de cabra de Portugal está no Sabugal - País - Notícias - RTP

(Clique na imagem para visionar o vídeo da reportagem da RTP.)
PME Excelencia 2012 - © Capeia Arraiana

Sabugal tem duas empresas PME Excelência 2012

A Lactibar e a Palgessos são as duas empresas do concelho do Sabugal distinguidas pelo IAPMEI com o estatuto PME Excelência 2012. No distrito da Guarda foram galardoadas 27 empresas e na Cova da Beira destacam-se 12.

Lactibar - LivePlace Palegessos - Sabugal - PME Excelencia 2012 - © Capeia Arraiana

Lactibar – LivePlace Palegessos – Sabugal – PME Excelencia 2012

Ramiro Matos - Sabugal Melhor - © Capeia Arraiana (orelha)

Compromissos em atraso das entidades públicas

O que vai ser exigido às entidades públicas no que diz respeito ao assumir de novos compromissos financeiros e ao pagamento de faturas em atraso, vai obrigar os Municípios a um conjunto de regras muito apertadas.

Sabugal tem o melhor queijo de cabra do país

O queijo «Quinta da Cabreira», produzido pela Lactibar – Lacticínios do Sabugal, com a sede em Rendo, foi distinguindo como o «Melhor Queijo 2011» na categoria «Queijo de Cabra (cura prolongada)» no concurso promovido pela Associação Nacional dos Industriais de Lacticínios (ANIL) em cooperação com o Parque de Exposições de Aveiro (AveiroExpo).

LactibarO «Quinta da Cabreira» foi rei na Feira Nacional do Leite e do Bovino (FRILAC), que se realizou em Aveiro, de 27 a 30 de Outubro. O prémio foi entregue no decurso da FRILAC, onde a MeimoaCoop também recebeu uma menção honrosa pelo queijo «Serra da Malcata», na mesma categoria.
Apresentaram-se a concurso 142 queijos provenientes de todo o país, muitos deles da região das Beiras.
O júri do concurso foi composto por 20 provadores, de entre técnicos, especialistas e simples consumidores, que fizeram uma «prova cega» a todos os queijos apresentados a concurso. Após a prova era elaborada uma grelha com diferentes critérios a assinalar, como o sabor, a textura, o aroma e o odor, o que permitiu uma apreciação independente, o que valoriza ainda mais os prémios que foram atribuídos.
A Lactibar, que produz o «Quinta da Cabreira», é uma empresa de lacticínios, que utiliza matéria-prima de qualidade vinda da região onde se insere. Produz queijos muito apreciados em todo o país e no estrangeiro, mormente nos mercados espanhol e francês.
plb

Lactibar – Marca de qualidade do Sabugal

A Lactibar é uma empresa sabugalense na área dos lacticínios, que utiliza matéria-prima de qualidade do concelho e da região para produzir bons queijos apreciados em todo o país e com forte implementação no mercado espanhol e francês.

José Robalo – «Páginas Interiores»O Sr. Luís Barreiros é uma pessoa de uma afabilidade fora do comum, que me recebe no seu gabinete de trabalho com cordialidade, numa conversa que entusiasma. Natural de Lisboa, é sabugalense por adopção e o cérebro de uma das empresas com maior enraizamento no concelho e isto desde 28 de Março de 1980, ano da sua criação. Ao longo do tempo tem mantido em média cerca de 70 postos de trabalho directos. O meu interlocutor, é o presidente do conselho de administração da Lactibar SA, sedeada em Rendo.
Por razões de saúde, tem feito dieta e quando lhe pergunto como o consegue e qual a receita, diz-me em tom prazenteiro que deixou de comer pão. Respondo-lhe que se não comer pão não consigo comer queijo de que sou fiel apreciador e que gosto de acompanhar com um bom tinto. «Está enganado, coma queijo sem pão, porque o queijo não engorda», garante-me!
A Lactibar é uma empresa na área dos lacticínios, que utiliza matéria-prima de qualidade do concelho e da região para produzir bons queijos apreciados em todo o país e com forte implementação no mercado espanhol e francês. Ao garantir a recolha da produção de leite no concelho, permite aos nossos agricultores mais um suplemento financeiro, para a sua vida já muito difícil.
Na conversa que mantemos com o Sr. Luís Barreiros, ressalta a ideia de que existe uma consciência ecológica crescente, por parte da empresa preservando o meio ambiente e desenvolvendo a região onde está inserida, com investimentos sucessivos em infra-estruturas, que permitem interagir com a natureza sem a danificar.
As sinergias são assim evidentes, uma vez que esta empresa criou postos de trabalho na região, distribuindo riqueza, ao mesmo tempo que utiliza uma matéria-prima local – o leite – com muita qualidade, o que resulta num produto final de sabor requintado.
LactibarO responsável técnico da empresa o Engenheiro José Carlos Aposta, natural dos Forcalhos, lamenta o facto de terem que sair fora do concelho para a recolha de leite, uma vez que os produtores do concelho vão escasseando. Por outro lado garante que com a construção de uma ETAR, para os tratamentos dos efluentes, não existem riscos ambientais, ao mesmo tempo que os soros são vendidos no mercado espanhol.
Garante-me o amigo José Carlos que a empresa passou por alguns problemas que hoje estão superados, existindo até algum optimismo.
São estas pequenas empresas que garantem a produção de mais-valias para o concelho, com responsabilidade na fixação de pessoas, que deverão ser apoiadas e acarinhadas pelos poderes públicos. A Lactibar é responsável directa pela sobrevivência de 70 famílias no concelho, para além dos 260 produtores de leite, que indirectamente beneficiam da existência da empresa, com o escoamento do produto.
Despeço-me do Sr. Luís que em jeito de advertência me garante: «Não se esqueça de comer queijo, sem pão, para cuidar de si.»
A forma mais eficaz de garantirmos estes postos de trabalho, passa pelo consumo destes produtos de qualidade, que passam pelas marcas «Torre», «Cinco Quinas», «Terras da Raia» e «Flor da Malcata». Neste momento a empresa tem em rampa de lançamento e processo de cura, dois novos produtos – «Quinta da Cabreira» e «Quinta dos Prados» –, sendo que o primeiro é à base de leite cru de cabra e o segundo com mistura de leite cru de ovelha e cabra.

:: :: PARA LER :: ::
«O Processo de Franz Kafka», Publicações Europa-América.

:: :: PARA OUVIR :: ::
«Live in Munich», 1994, Gonzalo Rubalcaba.
«Para todo o mal», Mesa, Sony – BMG.

«Páginas Interiores» opinião de José Robalo
joserobaload@gmail.com