Tag Archives: fundão

António Alves Fernandes - Aldeia de Joane - © Capeia Arraiana

Fundão – novo pároco

Em 22 de junho do corrente ano, D. Manuel Felício, Bispo da Guarda, nomeia como Pároco do Fundão, o Padre Helder Lopes, substituindo o Padre Jorge Colaço, que a seu pedido tinha pedido a saída desta paroquia. Hélder Lopes nasce no Colmeal da Torre, concelho de Belmonte, em 27 de junho de 1983 e é ordenado sacerdote em junho de 2008.

O Padre Helder na procissão da festa da Bismula, onde foi pároco

António Alves Fernandes - Aldeia de Joane - © Capeia Arraiana

Fundão – despedida do pároco

O Padre Jorge Manuel Tavares Colaço, nasceu na cidade da Guarda no dia 18 de Setembro de 1968, filho de pequenos comerciantes, na localidade de Sequeira, junto ao Outeiro de São Miguel.

Igreja matriz do Fundão

António Alves Fernandes - Aldeia de Joane - © Capeia Arraiana

Encontro de ex-seminaristas

No dia 1 de Junho decorreu, no Seminário Menor do Fundão, mais um encontro de antigos seminaristas do Fundão e da Guarda sob o lema do Papa Francisco: «Como é bom ser acolhido com amor, generosidade e alegria».

Edifício do ex-seminário do Fundão

António Alves Fernandes - Aldeia de Joane - © Capeia Arraiana

Tom Hamilton

Não é todos os dias que se conversa com dois vultos da cultura portuguesa, principalmente musical. Numa tarde primaveril, antes de partir para a “reforma agrária”, foi numa esplanada de uma avenida fundanense que o nosso diálogo se deu com naturalidade. Sempre gostei de ouvir pessoas e de aprender algo que não conhecia.

Tom Hamilton

António Alves Fernandes - Aldeia de Joane - © Capeia Arraiana

Cinquenta anos de criação literária

Estas linhas são uma simples e modesta homenagem a um escritor português, com grande obra publicada, embora muitas vezes injustamente esquecido. Estou a referir-me a Manuel da Silva Ramos, nascido em 1947 na Covilhã. Estudou Direito na Universidade de Lisboa e na “primavera marcelista” exilou-se em França, de onde só regressou em 1997.

Lançamento do livro “Os Três Seios de Novélia”na Biblioteca Eugénio de Andrade no Fundão

António Alves Fernandes - Aldeia de Joane - © Capeia Arraiana

Fundão – Espaço Biblos

Através das redes sociais tive conhecimento de que iria ser inaugurado o Espaço Biblos, na Rua do Serrão nº5, na Zona Histórica, não muito longe do Museu Arqueológico da cidade.

Manuel da Silva Ramos e Mário Fernandes no Espaço Biblos

António Alves Fernandes - Aldeia de Joane - © Capeia Arraiana

António Joaquim Geada Pinto (1931-2018)

António Joaquim Geada Pinto nasceu na freguesia da Orca (Fundão) em 28 de Outubro de 1931, filho de António Joaquim Geada e de Maria da Conceição Pinto. Enquanto o Pai se dedicava a consertos e à venda de relógios, a Mãe tomava a seu cuidado cinco filhos e ainda trabalhava na agricultura.

Óptica Geada Pinto no Fundão

António Alves Fernandes - Aldeia de Joane - © Capeia Arraiana

Fundão – Amália, a mal amada…

Nos tempos do Estado Novo, as três «modalidades» para entreter o Zé Povinho eram Fátima, Fado e Futebol. Em relação ao mundo do Fado, as artistas eram do povo, da gleba, das Beiras, e não evitavam que fossem conotadas com o mal, o pecado, o maligno, pelo menos aos olhos do regime. Longe estavam os tempos em que o Fado seria considerado pela Unesco como Património da Humanidade, longe os tempos do Fado para inglês ouvir.

Amália Rodrigues era filha de fundanenses

António Alves Fernandes - Aldeia de Joane - © Capeia Arraiana

Encontros Cinematográficos: remar contra a maré

Num tempo que teima em desaparecer, ainda subsiste um vento desta Gardunha florida, agora de encontros numa tela de cinema.

Povo que Canta na Igreja de Aldeia de Joanes

António Alves Fernandes - Aldeia de Joane - © Capeia Arraiana

Fundão – cerejeiras em flor

Há quem afirme que foram os Jesuítas do Colégio São Fiel de Louriçal do Campo a levar as sementes das cerejeiras para a Colina de Kudan, perto de Tóquio. De acordo com a tradição imperial, aquele lugar é onde moram os espíritos dos soldados que morreram na Primeira Guerra Mundial, na defesa do Japão.

Cerejeiras em flor – um espectáculo deslumbrante e mágico

Câmara Municipal Sabugal - © Capeia Arraiana

Migrações em debate no Sabugal e Fundão

«Labirintos da memória II – migrações, novas vozes, novas fronteiras», é o tema dos colóquios organizados pelos Municípios do Sabugal e Fundão, que se vão realizar nos dias 28 e 29 de Julho.

Paulo Leitão Batista - Contraponto - © Capeia Arraiana (orelha)

O Fundão na vanguarda

O Fundão, por virtude do seu povo e dos seus autarcas, transformou-se na «Terra das Tecnologias». Hoje o Município fundanense é um caso de sucesso das políticas de desenvolvimento económico e pode transformar-se a breve trecho num pólo difusor do progresso nas terras do Interior.

Escola Profissional - um dos esteios da estratégia de desenvolvimento tecnológico do Fundão

Escola Profissional – um dos esteios da estratégia de desenvolvimento tecnológico do Fundão

António Alves Fernandes - Aldeia de Joane - © Capeia Arraiana

Crónica citadina

Decorriam, na Avenida da Liberdade, no Fundão, as comemorações dos quarenta anos do poder local, em sintonia com os trinta anos da fundação da rádio local – a RCB – Rádio Cova da Beira, que todos ouvimos.

Fundão - Avenida da Liberdade

Fundão – Avenida da Liberdade

António Alves Fernandes - Aldeia de Joane - © Capeia Arraiana

Aldeia Nova do Cabo – 50 Anos do Colégio

Decorreram no fim-de-semana de 21 a 22 de Maio, em Aldeia Nova do Cabo (Fundão), as celebrações do cinquentenário da chegada das Irmãs Concepcionistas. Esta Congregação, ao Serviço dos Pobres, foi fundada em 1939 pela Madre Maria Isabel da Santíssima Trindade em Elvas, com a missão apostólica de defender os mais fragilizados. Tem várias casas localizadas em Portugal, Timor Leste, Moçambique, México e Itália.

Aldeia Nova do Cabo

Aldeia Nova do Cabo

António Alves Fernandes - Aldeia de Joane - © Capeia Arraiana

Fundão – Encontros Cinematográficos

A Moagem – Cidade do Engenho e das Artes – no Fundão, foi o palco entre os dias 29 de Abril e 1 de Maio, da VI edição dos Encontros Cinematográficos. Este acontecimento da 7ª Arte é uma organização da Associação Luzlinar e do Município, contando com o apoio da Cinemateca Portuguesa e da Universidade da Beira Interior.

A Moagem serviu de palco aos Encontros Cinematográficos do Fundão

A Moagem serviu de palco aos Encontros Cinematográficos do Fundão

António Alves Fernandes - Aldeia de Joane - © Capeia Arraiana

Um soldado samaritano

Nasceu em Aldeia Nova do Cabo (Fundão), apesar de alguns irmãos terem nascido em Aldeia de Joanes (Quinta da Nave de Baixo) por circunstâncias ligadas às atividades agrícolas dos seus progenitores.

Igreja matriz de Aldeia Nova do Cabo

Igreja matriz de Aldeia Nova do Cabo

Adega do Fundão ganha medalha de ouro

O vinho «Fundanus Prestige 2008» da Adega Cooperativa do Fundão conquistou a medalha de Ouro na XIII edição do Concurso Mundial de Vinhos «Wine Masters Challenge 2011» que se realiza anualmente no Hotel Palácio do Estoril. A edição deste ano teve a concurso 5103 vinhos produzidos em 55 países.

Adega Cooperativa Fundão - Fundanus Prestige 2008

O vinho «Fundanus Prestige 2008» da Adega Cooperativa do Fundão foi premiado com a medalha de Ouro no Concurso Mundial de Vinhos «Wine Masters Challenge 2011» tendo sido o único vinho da Beira Interior a ser medalhado com o mais alto galardão neste prestigiado Concurso Internacional.
Entre os portugueses a concurso apenas mais 12 vinhos nacionais acompanharam este excepcional vinho no mais prestigiado Concurso Internacional de Vinhos de Portugal que se realiza anualmente no Hotel Palácio do Estoril e onde foram apresentados a competição 5103 vinhos provenientes de 55 países.
Os vinhos foram testados por mais de 600 enólogos que comprovaram a excelência dos vinhos da Adega do Fundão. A adega da Beira Serra contribuiu decisivamente para o 14.º lugar a nível mundial da Região Vitivinícola da Beira Interior à frente de conceituadas regiões portuguesas como a Península de Setúbal.
Em 2010 o vinho «Fundanus Prestige», colheita de 2005, foi considerado por Marcelo Coppelo, um dos mais reputados enólogos brasileiros, como uma das nove melhores compras de vinhos portugueses no Brasil, conquistou, igualmente a medalha de ouro no Wine Masters Challenge e foi incluído na lista dos 50 melhores vinhos de Portugal.
A Adega Cooperativa do Fundão vai estar presente, em prova, com diversos vinhos de excelência nos dias 26, 27 e 28 de Abril na Expovinis em São Paulo e no dia 29, também em prova, em Belo Horizonte no Brasil.

:: Ficha Técnica do Fundanus Prestige 2008 ::
Este vinho é composto pelas castas Aragonês e Jaen provenientes de vinhas de solos graníticos, a sul da Serra da Gardunha. As vinhas são bafejadas por um Sol intenso, desde Junho até Setembro, mês em que a vindima é efectuada, ao clarear da manhã.
Magnífica cor, de boa concentração, transmitindo aromas a frutos silvestres, caramelo e tabaco. Na boca é macio, denso, com bom equilíbrio entre o seu corpo e os taninos, terminando com boa persistência.
Este vinho identifica o interior beirão pela sua robustez (álcool), personalidade (corpo) e hospitalidade (recordação que deixa depois de ser bebido).
Vinificado através de uma selecção de vinhas D.O.C. a sul da Gardunha. Tem na sua composição 60% de Aragonez e 40% de Jaen. Curtimenta prolongada com temperatura de fermentação a 28ºC. Estagiou em barricas novas de carvalho durante um ano e, posteriormente, em garrafa também durante um ano.
Colheita: 2005 | Classificação: DOC Beira Interior.
Tipo: Tinto | Castas: Aragonês e Jaen.
Tipo de solo: Graníticos, na sua maioria.
Produção: 30 000 garrafas.
Análise laboratorial: teor alcoólico – 20º (vol. %): 14; açúcares totais (g/dm3): menos de 4g/Lt; acidez total (g/dm3): 5,5; acidez volátil (g/dm3): 0,6; sulfuroso total (mg/ dm3): 90.
jcl