Tag Archives: fátima

António Alves Fernandes - Aldeia de Joane - © Capeia Arraiana

Peregrinar…

Saio do Fundão integrado num Grupo de Aldeia de Joanes, para a 46ª Peregrinação da Família Franciscana a Fátima, sob o lema, «FRANCISCO – Arauto do Grande Rei».

José Carlos Mendes - A Minha Aldeia - © Capeia Arraiana

Postal TV (173)

Bem sabem que não resisto: Futebol (Benfica) + Fátima (papa, canonização) + Fado (= música: Festival da Eurovisão, que já é do mundo todo…). Nesta semana tivemos isso tudo e em dose maciça, mas por uma vez com mil razões positivas para as três frentes. Portugal está mesmo em alta!

O Papa em Fátima

Hoje destacamos... - © Capeia Arraiana (orelha)

Sabugalense na decoração do santuário de Fátima

Anabela Augusto, natural e residente no Sabugal, vai participar na decoração floral do Santuário de Fátima por ocasião do Centenário das Aparições e da visita do Papa Francisco à Cova da Iria.

Anabela Augusto

Anabela Augusto

Religião - © Capeia Arraiana (orelha)

Hino para a visita do Papa Francisco a Fátima

O Santuário de Fátima divulgou este domingo, 12 de Março, o hino «Deus em mim» para a visita do Papa a Portugal, com letra de José Tolentino Mendonça e música de João Gil. Em declarações à Agência Ecclesia, o padre e poeta José Tolentino Mendonça manifestou a sua satisfação por construir uma letra para o hino da visita do Papa, onde quis expressar «uma das experiências mais vitais» que Fátima proporciona, a condição de peregrino.

Joaquim Salatra – 15 de Maio de 1949

Peregrinação a Fátima para a cura milagrosa. Doença fingida. Relíquias de Sâo Francisco Xavier. Punição disciplinar.

Santuário de Fátima

Santuário de Fátima

Joaquim Salatra – 18 de Outubro de 1948

Salatra foi ao santuário de Fátima, por ocasião da peregrinação de 13 de Outubro, onde assistiu ao milagre da cura de Maria Casimira da Silva.

Santuário de Fátima

Santuário de Fátima

António Alves Fernandes - Aldeia de Joane - © Capeia Arraiana

Rescaldo de uma peregrinação

De um ano para o outro, fica logo marcada. Em 2015 foi a 43ª Peregrinação Franciscana Portuguesa em Fátima, no primeiro fim-de-semana de Outubro, com um programa-horário bem definido, coincidindo com a festividade de S. Francisco de Assis.

A Família Franciscana Portuguesa foi a Fátima

A Família Franciscana Portuguesa foi a Fátima

António Alves Fernandes - Aldeia de Joane - © Capeia Arraiana

O Papa de Fátima

Há uma década deixou-nos e há um ano foi canonizado Santo. Aliás, deu-se cumprimento ao apelo de todo o povo presente no seu funeral: Santo súbito! Santo súbito!

O Papa João Paulo II com a Irmã Lúcia, vidente de Fátima

O Papa João Paulo II com a Irmã Lúcia, vidente de Fátima

Elisabete Robalo - © Capeia Arraiana (orelha)

Excursão a Fátima

Pouco passava das oito horas da manhã de sábado, 18 de Outubro, quando um autocarro saiu do Ozendo rumo a Fátima. A bordo, um grupo de pessoas de Ozendo animadas e com vontade de passar um dia em convívio, mas também de reflexão e espiritualidade chegados a Fátima.

Viagem a Fátima - ARCO - Elisabete Robalo - Capeia Arraiana

Viagem a Fátima

António Alves Fernandes - Aldeia de Joane - © Capeia Arraiana

Ainda o Dez de Junho

Dizem-nos que no dez de Junho, ainda feriado nacional, se comemora o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas. Pois bem, eu vivi-o com parte da minha comunidade de Aldeia de Joanes, graças aos esforços de Higino da Serra Cruz, que anualmente organiza duas excursões – a primeira no meio do mês de Junho e a segunda para participar na Grande Família Franciscana em Fátima, no primeiro fim-de-semana de Outubro.

Um Carnaval de eminências pardas

Um Carnaval de eminências pardas

António Alves Fernandes - Aldeia de Joane - © Capeia Arraiana

41.ª Peregrinação da Família Franciscana a Fátima

«Senhor, fazei de mim um instrumento da Vossa Paz e dai-me uma FÉ verdadeira» (Francisco de Assis). O Guia da Peregrinação da Família Franciscana Portuguesa fazia referência à frase que inicia este texto, indicando-nos que foi através da Fé que Francisco de Assis iniciou o caminho da descoberta e da adesão a Jesus Cristo.

Peregrinação-III

António Alves Fernandes - Aldeia de Joane - © Capeia Arraiana

Olhares de Fátima

Todos os anos, no primeiro fim-de-semana de Outubro vou em excursão, com as gentes de Aldeia de Joanes a Fátima, inserido na Grande Peregrinação Franciscana, que se realiza a nível nacional. É interessante que a veneração a São Francisco de Assis, tem alguma implementação na zona circundante do Fundão. Imagens, capelas e conventos são sinais dessa presença. Na viagem e na Cova da Iria, cruzamo-nos e encontramos oriundos de Aldeia Nova do Cabo, de Alpedrinha, de Castelo Novo e do Fundão.

GNR aconselha os peregrinos de Fátima

Aproximando-se as celebrações do 94.º aniversário das Aparições de Fátima, a Guarda Nacional Republicana realiza uma operação, entre 29 de Abril e 13 de Maio, com o objectivo de garantir a segurança na deslocação dos os peregrinos e nas celebrações religiosas.

GNR - Peregrinos FátimaAnualmente acorrem a este evento centenas de peregrinos pedestres que, muitas vezes, circulam em vias sem bermas ou com bermas deficientes e ainda com más condições de iluminação, aumentando assim os riscos de atropelamentos.
Neste sentido, o Comando Territorial da Guarda da GNR informou, em nota à comunicação social, que reforçará o dispositivo nas principais vias de circulação utilizadas pelos peregrinos, tendo especial atenção à EN 17, entre Celorico da Beira e São Romão (Seia).
A GNR deixa alguns conselhos aos peregrinos:
– Caminhar em fila indiana e não em grupo;
– Caminhar pelo lado esquerdo da via
– Sinalizar o inicio e fim dos grupos;
– Não caminhar na estrada, mas na berma;
– Não usar os IP nem nos IC na caminhada para Fátima
– Usar sempre coletes reflectores, mesmo durante o dia;
– Se for preciso reunir o grupo, fazê-lo sempre fora da estrada;
– Não usar auscultadores de rádio nem o telemóvel enquanto caminha na estrada;
– Não caminhar mais de 30 quilómetros por dia, e fazê-lo em passo moderado;
– Fazer pausas de uma hora na caminhada da manhã e duas horas no fim do almoço;
– Ter atenção permanente aos carros mesmo quando reza ou canta;
– Não andar sozinho de noite.
Em caso de necessidade os peregrinos não deverão hesitar em contactar Posto Territorial da GNR mais próximo.
plb

Pinharanda Gomes nas Conferências de Fátima

O Santuário de Fátima retoma, a partir deste mês de Novembro, um ciclo de conferências temáticas de carácter mensal. Cada conferência, é aberta ao público e gratuita, e terá lugar na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, no Santuário, no segundo domingo de cada mês. A conferência do dia 8 de Novembro tem como orador o ensaista e pensador sabugalense Jesué Pinharanda Gomes.

Pinharanda GomesA primeira conferência marcada para o próximo domingo, 8 de Novembro, será sobre São Nuno de Santa Maria (Nuno Álvares Pereira) e terá como orador Pinharanda Gomes que destacará «Aspectos histórico-biográficos» do novo santo português.
A 13 de Dezembro, o padre Luciano Cristino abordará a «Dimensão mariana e relação com Fátima».
Para o início de 2010, estão agendadas três conferências: a 10 de Janeiro, 14 de Fevereiro e 14 Março, que versarão sobre o Ano Sacerdotal. Com tema e conferentes a anunciar oportunamente, esta série procurará, nas palavras do Reitor do Santuário de Fátima, padre Virgílio Antunes, reflectir sobre o «tema teológico, doutrinal, espiritual e pastoral do sacerdócio».
No âmbito do centenário da Implantação da República em Portugal, está também agendada, para 10 de Outubro de 2010, uma conferência intitulada «100.º aniversário da implantação da República em Portugal» por António Fernandes.
jcl

Bismula – um povo de fé

A Bismula é uma freguesia do concelho do Sabugal cujo povo é muito devoto. A sua fé foi recentemente expressa em duas celebrações religiosas: o Corpo de Deus e a festa de Nossa Senhora de Fátima.

Corpo de Deus na BismulaDia do Corpo de Deus
A nossa aldeia homenageia sempre os dias festivos da Igreja. Foi assim que no dia 12 de Junho o povo se reuniu na igreja para celebrar a efeméride do «Corpo de Deus». A celebração começou com a Missa a que se seguiu a procissão com o Santíssimo Sacramento.
Eis algumas dicas do celebrante da eucaristia, Reverendo Padre Hélder:
«Por ser dia de Corpo de Deus, é dia de caridade, que cada cristão saiba pedir mais fé, mais caridade e mais amor. Por isso estamos reunidos na eucaristia. Eucaristia que é sinal da unidade celestial. Não é o padre que embeleza a eucaristia. É a Assembleia que lhe dá beleza e sentido. Eucaristia é a aliança entre Deus e os Homens. Mas, será essa a relatividade vivida na nossa comunidade? Comunicamos nós com o vizinho, às vezes sentado cada um em sua ponta do banco?»
Dicas alusivas a este acto, da Bíblia Sagrada:
«E o Senhor Jesus – designação solene de Jesus Glorificado – foi arrebatado ao céu.
Jesus, como Deus, reina com o Pai e, como homem, participa da glória e poderes divinos e governa a Igreja do seu trono celeste.
O Senhor nos defenderá não só dos perigos manifestos, mas das ciladas ocultas dos inimigos da fé.
O crer não é a simples adesão a verdades especulativas; é a fé verdadeira e prática no Evangelho. O qual contém verdades teóricas a que a inteligência deve sujeitar-se, e verdades práticas que a vontade deve aceitar traduzindo-as em acto.
O campo da actividade apostólica não tem limites, é toda a criatura, o mundo todo e, nele, quando são capaz de entender e crer, isto é, todo o género humano, sem distinção de nacionalidade, raças ou regiões.»

Festa da Senhora de Fátima na BismulaFesta de Nossa Senhora de Fátima
No dia 31 de Maio passado, tivemos na nossa freguesia a Festa de Nossa Senhora de Fátima. A esta festa, sempre muito concorrida, o povo aderiu em massa. Foi celebrada a missa pelo Pároco Reverendo Padre Hélder. Depois a procissão percorreu a rua do costume com a imagem de Nª Senhora de Fátima, também esta engalanada a preceito.
Todos estes ritos servem para animar a fé e os seus rectos caminhos, onde a emoção, o afecto e a nobreza do coração são a maior riqueza. No entanto, sem um puro discernimento facilmente se degenera para o campo da vaidade, o lado oposto da verdade e do bem, tornando-se rituais esvaziados de significado, em que a fé está ausente e o Evangelho é letra morta.
José Augusto Vaz

Devoção em Fátima

Foi na Cova da Iria, freguesia de Fátima, que, em 1917, três crianças Lúcia de Jesus, com dez anos, Francisco e Jacinta, de nove e sete anos, afirmaram que «por volta do meio-dia e depois de rezar o terço viram uma luz em cima de uma azinheira e apareceu uma senhora mais brilhante que o sol». Essa senhora pediu que lhe chamassem Nossa Senhora do Rosário. Pediu, também, para que fosse construída uma capela em sua honra naquele local. A partir daquele dia realizam-se, todos os 13 de Maio, entre Maio e Outubro, peregrinações a este local.

Nossa Senhora de FátimaEste ano a tradicional peregrinação contou com milhares de pessoas. Neste local de fé este ano foram adicionadas novos apelos às preces, o desemprego, a vida cada vez mais difícil, a saúde e de uma forma ou de outra a ajuda para ajudar a tudo superar.
Também o Bispo de Leiria-Fátima, D. António Marto, reconheceu que a crise que vivemos é um assunto de muita preocupação.
O prelado pediu «solidariedade para com o que sofrem as consequências mais desagradáveis desta crise».
D. António também apelou pela comunhão espiritual com o papa Bento XVI que se encontra em viagem à Terra Santa.
Para que tudo corra bem e para que este acto seja em todos os sentidos um acto de fé os peregrinos devem obedecer às regras prés-estabelecidas pelas forças policiais que apesar do enorme fluxo de pessoas não houve incidentes a reportar. A Protecção Civil enviou mais uma vez as suas equipas para o campo afim de prestar a sua ajuda para que nada pudesse impedir os fiéis de alcançar o santuário. Cerca de 1200 fiéis pediram ajuda e alguns deles foram evacuados para o hospital de Santo André, em Leiria. Foram, também, distribuídos cerca de 30 mil folhetos para esclarecimento da Gripe A em várias línguas e também se encontra no local um espaço para o caso de aparecer alguém suspeito.
O encerramento do 92.º aniversário do aparecimento de Nossa Senhora aos Pastorinhos fez-se com a tradicional procissão do Adeus à Virgem presenciada por cerca de 150 mil peregrinos, provenientes de 24 países, acenando com lenços brancos.

Página na Internet do Santuário de Fátima Aqui.
aps

Passeio por aldeias históricas de Portugal

Foi uma história bem contada aquela que nos conduziu até às aldeias bem antigas do nosso Portugal ainda desconhecido, como Castelo Mendo, Almeida, Sortelha e Aldeã del Bispo, já em território espanhol.