Tag Archives: agressões

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

A violência nas escolas

Nesta espécie de barbárie em que vivemos, uma das coisas que me indigna é a violência exercida sobre professores, por alunos e pais de alunos.

Agressões a professores

Agressões a professores

GNR - © Capeia Arraiana (orelha)

Detenções por agressões a militares da GNR

Na semana passada o Comando Territorial da GNR da Guarda registou duas situações de agressões a elementos desta força de segurança. A semana foi por outro lado caracterizada pela realização de inúmeras acções de sensibilização no quadro dos programas especiais em que a GNR está envolvida.

Detenções por posse de armas e agressões

O Comando Territorial da Guarda da GNR informou no seu comunicado semanal ter procedido a detenções em Vilar Formoso (por posse ilegal de armas), em Pinhel (por tentativa de homicídio em acto de violência doméstica) e em Fornos de Algodres (por ofensas à integridade física).

Patrulha da GNRNo dia 6 de Dezembro, no decurso de uma acção de fiscalização de trânsito junto à fronteira de Vilar Formoso, a GNR deteve um homem de 37 anos idade, natural de Viseu e residente em Sezures (Penalva do Castelo), pelo crime de posse ilegal de armas. O detido transportava no veículo automóvel que conduzia uma carabina calibre 22mm, indocumentada, a qual se encontrava dissimulada no interior de uma caixa de papel e embrulhada em plásticos. Presente ao Tribunal Judicial da Almeida, foi-lhe aplicada a medida de coação de Termo de Identidade e Residência, passando o processo para a forma comum, a aguardar o resultado do inquérito.
No dia 7 de Dezembro, a GNR de Pinhel deteve, em flagrante delito, um homem de 71 anos, residente naquela cidade, por tentativa de homicídio num quadro de violência doméstica. A detenção aconteceu após a vítima ter alertado a GNR de que estava a ser alvo de agressões, na sua residência, praticadas pelo seu cônjuge. Os militares do Posto de Pinhel deslocaram-se de imediato ao local, logrando retirar a vítima da residência. A mesma apresentava ferimentos em ambas as mãos e na face, aparentemente infringidos por objectos cortantes (faca ou machado), sendo conduzida ao Centro de Saúde de onde seguiu para o Hospital da Guarda.
O agressor barricou-se no interior da sua residência, oferecendo numa primeira fase alguma resistência, acabando contudo detido e conduzido ao Tribunal Judicial de Pinhel, que lhe decretou como medida de coacção a obrigatoriedade de permanência na habitação (prisão domiciliária), tendo para o efeito da fiscalização do cumprimento das obrigações impostas, sido empregue meios técnicos de controlo à distância (pulseira electrónica). O detido já não habitava com a vítima e era reincidente neste tipo de crime.
Na noite de 10 de Dezembro, a GNR deteve um jovem de 21 anos, suspeito de ofensas à integridade física com recurso a arma branca, cometidas junto a um restaurante em Fornos de Algodres. O detido tinha na sua posse uma faca, que lhe foi apreendida. Presente em tribunal, foi-lhe aplicada a medida de coação de Termo de Identidade e Residência. A vítima teve necessidade de tratamento hospitalar.
plb