Category Archives: Tradições

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Novela na Raia – Episódio 15

A minha intenção é sempre a mesma. Avivar a memória da cultura de Quadrazais para que não se perca, sobretudo entre os jovens que não nasceram ou não cresceram em Quadrazais, tendo ouvido apenas dos pais e avós algumas histórias e cenas da vida quotidiana da terra onde haviam nascido, tão longe do local onde agora se encontram. Na «Novela na Raia» vou utilizar personagens reais da aldeia, tentarei descrever quadros da aldeia e narrar os factos do dia-a-dia, embora não obrigatoriamente protagonizados por estas personagens. (Episódio 15).

Novela na Raia - Episódio 15 - Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Novela na Raia – Episódio 15 – Franklim Costa Braga – Capeia Arraiana

Jesué Pinharanda Gomes - Carta Dominical - © Capeia Arraiana

Os Clérigos Agonizantes da Sacaparte (03)

A Congregação dos Clérigos Agonizantes fixou-se na Sacaparte (Alfaiates) motivando os poderes para a renovação da ermida, cujo edifício é um harmónico conjunto de formas que se entregou à pastoral dos doentes e dos moribundos. Foi neste contexto que surgiu a Confraria de Nossa Senhora do Carmo da Sacaparte. Os cultos funerários, como as Alminhas, as Encomendações, os Sufrágios, o serviço aos doentes, foram aspectos que os Clérigos Agonizantes procuraram consciencializar nos fiéis. Junto da ermida havia alojamentos para as peregrinações de toda a Raia com albergaria, hospício para doentes e estábulo para animais de tiro e gado. (Parte 3 de 3.)

Santuário da Sacaparte em Alfaiates - Pinharanda Gomes - Capeia Arraiana

Santuário da Sacaparte em Alfaiates

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Novela na Raia – Episódio 13

A minha intenção é sempre a mesma. Avivar a memória da cultura de Quadrazais para que não se perca, sobretudo entre os jovens que não nasceram ou não cresceram em Quadrazais, tendo ouvido apenas dos pais e avós algumas histórias e cenas da vida quotidiana da terra onde haviam nascido, tão longe do local onde agora se encontram. Na «Novela na Raia» vou utilizar personagens reais da aldeia, tentarei descrever quadros da aldeia e narrar os factos do dia-a-dia, embora não obrigatoriamente protagonizados por estas personagens. (Episódio 13).

Novela na Raia - Episódio 13 - Capeia ArraianaNovela na Raia - Episódio 13 - Capeia Arraiana

Novela na Raia – Frequentando a Escola – Franklim Costa Braga – Capeia Arraiana

Jesué Pinharanda Gomes - Carta Dominical - © Capeia Arraiana

Os Clérigos Agonizantes da Sacaparte (02)

A Congregação dos Clérigos Agonizantes fixou-se na Sacaparte (Alfaiates) motivando os poderes para a renovação da ermida, cujo edifício é um harmónico conjunto de formas que se entregou à pastoral dos doentes e dos moribundos. Foi neste contexto que surgiu a Confraria de Nossa Senhora do Carmo da Sacaparte. Os cultos funerários, como as Alminhas, as Encomendações, os Sufrágios, o serviço aos doentes, foram aspectos que os Clérigos Agonizantes procuraram consciencializar nos fiéis. Junto da ermida havia alojamentos para as peregrinações de toda a Raia com albergaria, hospício para doentes e estábulo para animais de tiro e gado. (Parte 2 de 3.)

Santuário da Sacaparte em Alfaiates - Pinharanda Gomes - Capeia Arraiana

Santuário da Sacaparte em Alfaiates

Jesué Pinharanda Gomes - Carta Dominical - © Capeia Arraiana

Os Clérigos Agonizantes da Sacaparte (01)

A Congregação dos Clérigos Agonizantes fixou-se na Sacaparte (Alfaiates) motivando os poderes para a renovação da ermida, cujo edifício é um harmónico conjunto de formas que se entregou à pastoral dos doentes e dos moribundos. Foi neste contexto que surgiu a Confraria de Nossa Senhora do Carmo da Sacaparte. Os cultos funerários, como as Alminhas, as Encomendações, os Sufrágios, o serviço aos doentes, foram aspectos que os Clérigos Agonizantes procuraram consciencializar nos fiéis. Junto da ermida havia alojamentos para as peregrinações de toda a Raia com albergaria, hospício para doentes e estábulo para animais de tiro e gado. (Parte 1 de 3.)

Convento da Sacaparte em Alfaiates - Pinharanda Gomes - Capeia Arraiana

Convento da Sacaparte em Alfaiates

Imagem da Semana - © Capeia Arraiana

Beleza e Tradição no Encerro de Aldeia do Bispo

«Imagem da Semana» do Capeia Arraiana. Há imagens históricas e há imagens que valem por mil palavras. Contudo todas as imagens merecem uma legenda. Envie-nos as suas fotografias que seleccionar para possível publicação para a caixa de correio electrónico: capeiaarraiana@gmail.com

Imagem da Semana - Encerro em Aldeia do Bispo - Capeia Arraiana
Clique na imagem para ampliar
Imagem da Semana - © Capeia Arraiana

Um «alentejano» na Capeia Arraiana de Aldeia do Bispo

«Imagem da Semana» do Capeia Arraiana. Há imagens históricas e há imagens que valem por mil palavras. Contudo todas as imagens merecem uma legenda. Envie-nos as suas fotografias que seleccionar para possível publicação para a caixa de correio electrónico: capeiaarraiana@gmail.com

Imagem da Semana - José Dias no encerro e Capeia Arraiana em Aldeia do Bispo
Clique na imagem para ampliar
Imagem da Semana - © Capeia Arraiana

Olhá Festa da SIC em directo no Restaurante Robalo

«Imagem da Semana» do Capeia Arraiana. Há imagens históricas e há imagens que valem por mil palavras. Contudo todas as imagens merecem uma legenda. Envie-nos as suas fotografias que seleccionar para possível publicação para a caixa de correio electrónico: capeiaarraiana@gmail.com

Imagem da Semana - Sporting do Sabugal - Campeão Distrital de Juniores em Futebol - Época 2017-2018
Clique na imagem para ampliar
VideoDestaque - © Capeia Arraiana

Olhá Festa da SIC em Aldeia do Bispo e Aldeia da Ponte

O Olhá Festa da SIC esteve na capeia arraiana na Aldeia do Bispo, uma tradição com mais de 130 anos. Houve ainda tempo para ouvir os Sons do Minho na Aldeia da Ponte. A reportagem foi do jornalistas Rui Nuno Pereira e Carolina Valadas e de João Núncio e Rogério Esteves (imagem), Tiago Martins (edição), Ana Marisa Silva (produção), José Silva (assistência) e da 4KFly (drone).

jcl

Hoje destacamos... - © Capeia Arraiana (orelha)

Feira do Touro e do Cavalo no Soito

Em Setembro, entre os dias 14 e 16, vai ter lugar na vila do Soito, concelho do Sabugal, a primeira Feira do Touro e do Cavalo. O evento é organizado pela Junta de Freguesia do Soito e pela Associação Hípica do Soito em parceria com a Associação de Criadores de Cavalos da Beira Interior. O programa inclui espetáculos equestres e taurinos, diversas actuações musicais e exposições de produtos hípicos. A primeira edição pretende promover e integrar as tradições da Raia Sabugalense no mundo hípico.

I Feira do Touro e do Cavalo - Soito - Capeia Arraiana

I Feira do Touro e do Cavalo no Soito – Entre 14 e 16 de Setembro de 2018

Hugo Pereira

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Novela na Raia – Episódio 10

A minha intenção é sempre a mesma. Avivar a memória da cultura de Quadrazais para que não se perca, sobretudo entre os jovens que não nasceram ou não cresceram em Quadrazais, tendo ouvido apenas dos pais e avós algumas histórias e cenas da vida quotidiana da terra onde haviam nascido, tão longe do local onde agora se encontram. Na «Novela na Raia» vou utilizar personagens reais da aldeia, tentarei descrever quadros da aldeia e narrar os factos do dia-a-dia, embora não obrigatoriamente protagonizados por estas personagens. (Episódio 10).

Novela na Raia - Frequentando a Escola - Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Novela na Raia – Frequentando a Escola – Franklim Costa Braga – Capeia Arraiana

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Novela na Raia – Episódio 9

A minha intenção é sempre a mesma. Avivar a memória da cultura de Quadrazais para que não se perca, sobretudo entre os jovens que não nasceram ou não cresceram em Quadrazais, tendo ouvido apenas dos pais e avós algumas histórias e cenas da vida quotidiana da terra onde haviam nascido, tão longe do local onde agora se encontram. Na «Novela na Raia» vou utilizar personagens reais da aldeia, tentarei descrever quadros da aldeia e narrar os factos do dia-a-dia, embora não obrigatoriamente protagonizados por estas personagens. (Episódio 9).

Novela na Raia - Frequentando a Escola - Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Novela na Raia – Frequentando a Escola – Franklim Costa Braga – Capeia Arraiana

José Carlos Mendes - A Minha Aldeia - © Capeia Arraiana

Casteleiro – A Festa de Santo António

No Verão, desde há muito tempo, a terra enche-se de emigrantes e outros interessados em regressar ao torrão natal. Foi o meu trajecto nesta altura também durante dezenas e dezenas de anos, hoje infelizmente mais esfriado…

Festas de Santo António 2018 na freguesia do Casteleiro - Capeia Arraiana

Festas de Santo António 2018 na freguesia do Casteleiro

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Novela na Raia – Episódio 8

A minha intenção é sempre a mesma. Avivar a memória da cultura de Quadrazais para que não se perca, sobretudo entre os jovens que não nasceram ou não cresceram em Quadrazais, tendo ouvido apenas dos pais e avós algumas histórias e cenas da vida quotidiana da terra onde haviam nascido, tão longe do local onde agora se encontram. Na «Novela na Raia» vou utilizar personagens reais da aldeia, tentarei descrever quadros da aldeia e narrar os factos do dia-a-dia, embora não obrigatoriamente protagonizados por estas personagens. (Episódio 8).

Novela na Raia - Frequentando a Escola - Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Novela na Raia – Frequentando a Escola – Franklim Costa Braga – Capeia Arraiana

José Carlos Mendes - A Minha Aldeia - © Capeia Arraiana

Casteleiro – Assim se falava na minha aldeia

Bela ocupação deste espaço hoje com expressões genuínas das pessoas do Casteleiro de há 60 anos! O tema de hoje – Gramática Popular – é dos que mais me atraem.

«Acende o Rádio!» e «Apaga o Rádio» - Capeia Arraiana

«Acende o Rádio!» e «Apaga o Rádio»

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Novela na Raia – Episódio 7

A minha intenção é sempre a mesma. Avivar a memória da cultura de Quadrazais para que não se perca, sobretudo entre os jovens que não nasceram ou não cresceram em Quadrazais, tendo ouvido apenas dos pais e avós algumas histórias e cenas da vida quotidiana da terra onde haviam nascido, tão longe do local onde agora se encontram. Na «Novela na Raia» vou utilizar personagens reais da aldeia, tentarei descrever quadros da aldeia e narrar os factos do dia-a-dia, embora não obrigatoriamente protagonizados por estas personagens. (Episódio 7).

Novela na Raia - Frequentando a Escola - Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Novela na Raia – Frequentando a Escola – Franklim Costa Braga – Capeia Arraiana

Gastronomia - © Capeia Arraiana

Mesa da Guarda nas 7 Maravilhas à Mesa

O queijo, a morcela, o azeite e a carne Jarmelista integram e ilustram a gastronomia da Beira Alta, fortemente marcada pela riqueza dos solos e especificidade climática. A candidatura do Município da Guarda é uma das 49 Mesas pré-finalistas às 7 Maravilhas à Mesa. A Gala eliminatória está marcada para o dia 29 de Julho na Batalha. Para votar na candidatura da Guarda deverá ligar o 760 10 70 12.

Fotografia Oficial do Livro da Candidatura da Guarda - Capeia Arraiana

Fotografia Oficial do Livro da Candidatura da Guarda (Foto: C.M. Guarda)

Capeias Arraianas / Encerros - © Capeia Arraiana (orelha)

Encerros e Capeias Arraianas – Calendário 2018

O mês de Agosto carrega sempre o secreto apelo do regresso às origens para os que estão longe. No concelho do Sabugal faz povoar as aldeias, abrir as persianas, lotar os bancos das igrejas e encher os lugares públicos com um estranho mas familiar linguajar mesclado aqui e ali de expressões e palavras de origem francesa. Mas, para muitos dos sabugalenses é o tempo da mãe de todas as touradas – a capeia arraiana – espectáculo único que andou escondido esotericamente nas praças das nossas aldeias e que, agora, de há uns anos para cá parece ter perdido a vergonha e tudo faz para se dar a conhecer ao mundo.
A Tradição Raiana manda que as touradas com forcão, precedidas de encerro, se iniciem na Lageosa no dia 6 de Agosto e terminem em Aldeia Velha no dia 25. E que se oiça bem alto o grito: «Agarráááio»

Festival O Forcão Rapazes - Soito - 2018 - Capeia Arraiana

O Festival Ò Forcão Rapazes está marcado para dia 18 de Agosto no Soito (Foto: Arquivo Capeia Arraiana.)

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Novela na Raia – Episódio 6

A minha intenção é sempre a mesma. Avivar a memória da cultura de Quadrazais para que não se perca, sobretudo entre os jovens que não nasceram ou não cresceram em Quadrazais, tendo ouvido apenas dos pais e avós algumas histórias e cenas da vida quotidiana da terra onde haviam nascido, tão longe do local onde agora se encontram. Na «Novela na Raia» vou utilizar personagens reais da aldeia, tentarei descrever quadros da aldeia e narrar os factos do dia-a-dia, embora não obrigatoriamente protagonizados por estas personagens. (Episódio 6).

Novela na Raia - Frequentando a Escola - Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Novela na Raia – Frequentando a Escola – Franklim Costa Braga – Capeia Arraiana

José Carlos Mendes - A Minha Aldeia - © Capeia Arraiana

Casteleiro – Termos populares interessantes

Nunca me canso destes exercícios: conhecer uma palavra, estudar-lhe as origens, explicar isso e concluir que o Povo tem mais razão do que muitos pensam. Hoje, trago três exemplos disso, com ilustrações dignas de registo…

A Aldravi ou Aldrava das portas das aldeias - Capeia Arraiana

A Aldravi ou Aldrava das portas das aldeias

Ramiro Matos - Sabugal Melhor - © Capeia Arraiana (orelha)

O São João no Sabugal!

E estamos em pleno São João no Sabugal! Sai esta crónica na semana das festas de São João no Sabugal, o que me leva a recordar como me lembro hoje desta festa na minha infância.

«Pinho» do São João no Sabugal - Capeia Arraiana

«Pinho» do São João no Sabugal

Freguesia da Rebolosa - Sabugal - Capeia Arraiana

XVI Festival de Acordeão na Rebolosa

Está marcada para o dia 8 de Julho, a partir das 15 horas no Largo de Santa Catarina, na Rebolosa, a XVI edição do Festival de Acordeonistas e Tocadores de Realejo.

XVI Festival de Acordeão e Tocadores de Realejo - Rebolosa - Capeia Arraiana

XVI Festival de Acordeão e Tocadores de Realejo na Rebolosa

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Novela na Raia – Episódio 2

A minha intenção é sempre a mesma. Avivar a memória da cultura de Quadrazais para que não se perca, sobretudo entre os jovens que não nasceram ou não cresceram em Quadrazais, tendo ouvido apenas dos pais e avós algumas histórias e cenas da vida quotidiana da terra onde haviam nascido, tão longe do local onde agora se encontram. Na «Novela na Raia» vou utilizar personagens reais da aldeia, tentarei descrever quadros da aldeia e narrar os factos do dia-a-dia, embora não obrigatoriamente protagonizados por estas personagens. (Episódio 2).

Novela na Raia - Frequentando a Escola - Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Novela na Raia – Frequentando a Escola – Por Franklim Costa Braga

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Novela na Raia – Episódio 1

A minha intenção é sempre a mesma. Avivar a memória da cultura de Quadrazais para que não se perca, sobretudo entre os jovens que não nasceram ou não cresceram em Quadrazais, tendo ouvido apenas dos pais e avós algumas histórias e cenas da vida quotidiana da terra onde haviam nascido, tão longe do local onde agora se encontram. Na «Novela na Raia» vou utilizar personagens reais da aldeia, tentarei descrever quadros da aldeia e narrar os factos do dia-a-dia, embora não obrigatoriamente protagonizados por estas personagens. (Episódio 1).

Novela na Raia - Frequentando a Escola - Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Novela na Raia – Primeira Parte – Frequentando a Escola

Casa do Castelo - Sabugal ©‎ Capeia Arraiana (orelha)

Prémio para Casa da Memória Judaica do Sabugal

A Casa da Memória Judaica da Raia Sabugalense no Largo do Castelo das Cinco Quinas no Sabugal recebeu o Prémio Filme de Divulgação da Associação Portuguesa de Museologia. A cerimónia de atribuição de prémios a nível nacional decorreu esta sexta-feira, 25 de Maio, no Museu dos Coches em Lisboa. Em comunicado o Turismo Centro de Portugal congratula-se com o facto de a região ter sido galardoada com alguns dos principais prémios.

Sabugalense na antiga Casa do Castelo no Sabugal - Capeia Arraiana

Casa da Memória Judaica da Raia Sabugalense na antiga Casa do Castelo no Sabugal

Casa do Concelho do Sabugal em Lisboa - © Capeia Arraiana (orelha)

XXXIX Capeia Arraiana da Casa do Concelho do Sabugal

A XXXIX Capeia Arraiana da Casa do Concelho do Sabugal está marcada para o dia 9 de Junho, sábado, às 17 horas. A festa maior dos sabugalenses da zona da grande Lisboa volta em 2018 à Praça de Toiros Palha Blanco, em Vila Franca de Xira.

Cartaz da XXXIX Capeia Arraiana da Casa do Concelho do Sabugal - Capeia Arraiana

Cartaz da XXXIX Capeia Arraiana da Casa do Concelho do Sabugal – Capeia Arraiana

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Homenagem a outro símbolo da Raia – o(a) Burro(a)

Quantas alegrias deste à garotada por uma cavalada! Se acompanhávamos os pais ou só a mãe para um prédio mais longe, como o Covão, tinhas de carregar com os 4 ou, pelo menos, com 3, um sobre o teu pescoço e o último quase a cair do rabicho. Eras o meio de transporte de pessoas e materiais. Eras tu que carregavas com as andilhas com 4 cântaros cheios de água que daria de beber aos donos ou serviriam para fragar a casa. Mas também com as cangalhas, quando era preciso carregar esterco, palha ou lenha. Também te punham os alforges para ires ao mercado e vires de lá carregado de coisas que alegrariam a criançada e abasteceriam a casa. Melancia, melão, cerejas, frutas diversas, cebolas, feijões, pífaros de barro, e sei lá que mais! Alguns até te arranjavam um carrito ou carroça para transportares mais coisas. Coitado de ti! Confundiam-te com uma vaca ou um macho.

Burros com albardas e alforges - Capeia Arraiana

Burros com albardas e alforges (Foto: D.R.)

José Carlos Mendes - A Minha Aldeia - © Capeia Arraiana

Casteleiro – O linho que se cultivava

Em tempos (há uns 300 e tal anos) houve no Casteleiro «fábricas» de tecidos. Uma parte desses tecidos eram certamente de linho. Eram tinturarias. Todos sabemos onde é o Tinte. Pois as tinturarias é que deram o nome a esses campos – a caminho de Cantargalo.

Cama com lençóis e almofadas de linho - Capeia Arraiana

Cama com lençóis e almofadas de linho

José Carlos Mendes - A Minha Aldeia - © Capeia Arraiana

Casteleiro – Anos 50, a panela de ferro e o resto

Retomo estas linhas para minha reflexão e de quem nem sequer imagina como se vivia há 50-60 anos na minha aldeia… Sobretudo: como era a vida das nossas mães nessa época de grandes carências a muitos níveis?

Panela de Ferro ao lume nas cozinhas da Beira Alta - Capeia Arraiana

Panela de Ferro ao lume nas cozinhas da Beira Alta

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Quando meu pai era vivo…

…Felizmente, pelo Natal, o madeiro à praça aquecia todos os que a ele se chegassem, já que o espírito do madeiro era aquecer o Menino que nascera no frio. E até dava para levar umas brasas para casa para aquecer a casa…

A lenha é fundamental para atenuar o frio dos rigorosos Invernos na Beira Alta - Capeia Arraiana

A lenha é fundamental para atenuar o frio dos rigorosos Invernos na Beira Alta

José Carlos Mendes - A Minha Aldeia - © Capeia Arraiana

Casteleiro – Comidas do arco-da-velha

Carne de porco bem saborosa, enchidos e requeijão até fartar, iscas de fígado, molho de escabeche, taborna, caldudo, roupa velha, sei lá… são recordações, são saudades na pituitária. São sabores arreigados, entranhados em nós. Alguns deles, hoje proibidos para mim: nunca mais os provarei. Mas eram mesmo comidas do arco-da-velha…

Enchidos no fumeiro nas aldeias da Beira Alta - Capeia Arraiana

Enchidos no fumeiro nas aldeias da Beira Alta

Joaquim Tenreira Martins - Orelha - Pedaços de Fronteira - Capeia Arraiana

Conto de Natal – A epopeia da emigração portuguesa

Um verdadeiro Conto de Natal – A epopeia da emigração portuguesa. Era uma vez um país à beira do mar plantado onde vivia um povo trabalhador, bondoso e inteligente. Havia uns que eram detentores de uma grande riqueza, mas a maioria das pessoas eram pobres e com famílias numerosas.

Natividade de Georges La Tour - Joaquim Tenreira Martins - Capeia Arraiana

Natividade de Georges La Tour

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Novo Dicionário da Gíria Quadrazenha (3)

«Novo Dicionário da Gíria Quadrazenha – Português/Gíria». São 613 termos no total, sendo 365 criados por mim (os antecedidos por asterisco). (Da letra R à letra Z.)

Dicionário da Gíria Quadrazenha - Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Dicionário da Gíria Quadrazenha (Português/Gíria), por Franklim Costa Braga

Câmara Municipal Sabugal - © Capeia Arraiana

Presépio de Natal do Sabugal é o maior do País

O Sabugal volta a ter neste ano de 2017 um presépio gigante que ocupa cerca de 1100 metros quadrados e construído com mais de 500 toneladas de materiais recolhidos na natureza. Foi inaugurado no dia 7 de dezembro junto ao Largo da Fonte e é considerado pela autarquia do Sabugal como sendo o «maior presépio natural» do País. Pode ser visitado das 08:30 às 23:00 horas até dia 7 de Janeiro.


Autoria: SIC posted by Capeia Arraiana

:: ::
jcl

VideoDestaque - © Capeia Arraiana

Sortelha, Sabugal, Caria e Quadrazais de antigamente

O arquivo da Cinemateca Portuguesa-Museu do Cinema tem no seu espólio um documentário de 1938 onde podemos «espreitar» Sortelha, as Águas Radium em Caria, o Sabugal e Quadrazais. O episódio mostra alguns monumentos, a indústria do engarrafamento da Água Radium em Caria e uma batida aos javalis com os cavaleiros a passarem na ponte do rio Côa no Sabugal. Produzido pelo SPN-Secretariado da Propaganda Nacional foi realizado por Salazar Dinis e J. Walton.

jcl

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

A morte do cabritinho

As personagens das histórias de Do Azeite ao Sabão e de O Filho do 46, Zé Bicho e Toninho Presas, foram-no também de uma outra história passada em França, nos arredores de Paris.

Um cabritinho em Paris - Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Um cabritinho em Paris

Logo AAR - Associação Amigos Ruivós - Capeia Arraiana (orelha)

Associação de Ruivós comemorou 10 anos

Já passaram 10 anos! A AAR-Associação dos Amigos de Ruivós convidou os residentes e os migrantes a comparecer no Salão de Festas da aldeia para comemorar mais um aniversário. E mais uma vez todos disseram: presente.

AAR-Associação Amigos Ruivós - 10 aniversário - Capeia Arraiana

Direcção da AAR-Associação Amigos Ruivós no dia do 10.º aniversário

Hoje destacamos... - © Capeia Arraiana (orelha)

Sabugal em destaque no «Mundo Português»

O «Mundo Português» é o jornal de maior circulação junto dos portugueses emigrados por todo o mundo. Fundado em 1970 pelo padre Vítor Melícias e pelo industrial gráfico Valentim Morais nasceu com o nome «O Emigrante». A mudança para «Mundo Português» mantendo o lema «agir servindo» serviu para adaptar a publicação a uma nova identidade e sensibilidade cultural da diáspora portuguesa. Esta semana o concelho do Sabugal está em destaque como «a pátria da Capeia que era ponto de passagem para França».

Capa do Mundo Português com o Sabugal em destaque - Capeia Arraiana

Capa do Mundo Português com o Sabugal em destaque

Imagem da Semana - © Capeia Arraiana

Equipados para a Capeia de Ruivós

«Imagem da Semana» do Capeia Arraiana. Há imagens históricas e há imagens que valem por mil palavras. Contudo todas as imagens merecem uma legenda. Envie-nos as suas fotografias que seleccionar para possível publicação para a caixa de correio electrónico: capeiaarraiana@gmail.com

Imagem da Semana - Equipados a rigor para a Capeia de Ruivós 2017
Clique na imagem para ampliar
Aldeia Histórica Sortelha - Sabugal - Capeia Arraiana (orelha)

Vote em Sortelha no dia 13 de Agosto

A aldeia histórica de Sortelha é pré-finalista às «7 Maravilhas de Portugal – Aldeias» na categoria de «Aldeias Monumento». No domingo, 13 de agosto, Sortelha vai a votos através de chamada telefónica desde as 11:30 horas até ao período de votação final da Gala transmitida em direto pela RTP, a seguir ao Telejornal. Das sete aldeias a concurso nesta gala, passam à fase final as duas aldeias com mais votos.

Sortelha - Aldeia Monumento - Capeia Arriana

Sortelha é candidata a uma das «7 Maravilhas de Portugal – Aldeia Monumento»