Category Archives: Passeio pelo Côa

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Turista de pé-descalço

Este tipo de turista – «pé-descalço» – não interessa a ninguém, além de só deixar lixo e fazer barulho, não traz lucro nenhum, é gente que não compra nada, nem postais ilustrados! Mijam nas vetustas paredes dos monumentos históricos, bebem mais água nos chafarizes públicos do que vinho nas tascas, e outras coisas no género.

Turistas «pé-descalço» - António Emídio - Capeia Arraiana

Turistas «pé-descalço»

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Há gente muito miserável…

Tão miserável, tão miserável, que nenhum partido político lhe aceita o voto no dia de eleições!!! Pior miséria do que esta em democracia não existe. Eu explico meu amigo, estou capacitado para o fazer porque tenho um curso aceleradíssimo de sociologia política que concluí em três dias numa universidade de Verão, por isso sou um politicamente correcto.

Boca Fechada - António Emídio - Capeia Arraiana

Há gente muito miserável…

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

O problema é de mentalidades!

Uma mente cerrada corrói a personalidade, desumaniza, transforma um ser humano em escravo dele próprio levando-o a praticar toda a espécie de arbitrariedades e injustiças, não é livre nem permite que os outros que o rodeiam, o sejam. Uma sociedade de mentes cerradas é má, feia e falsa. Leiam o comentário que se segue.

Open Your Mind - António Emídio - Capeia Arraiana

Abre o teu espírito

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Objectivos alcançados!

Alcançar objectivos profissionalmente não é coisa assim tão moderna: Vou demonstrar neste artigo que, o que se passa hoje a nível de objectivos, já se passava há dezenas e dezenas de anos aqui no nosso Concelho.

Objectivos alcançados - António Emídio - Capeia Arraiana

Objectivos alcançados

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Ler bons livros

Ler livros é maravilhoso, mas… atenção! Só alguns, porque também os há muito mauzinhos, chegam a enojar. Mas um bom livro é um bálsamo para a alma.

Sartre, Descartes e Victor Hugo - António Emídio - Capeia Arraiana

Jean Paul Sartre, Descartes e Victor Hugo

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Macron & Merkel, Lda.

Esta empresa renasceu das cinzas como a ave Fénix. Quem não se lembra de Sarkozy? Tudo eram rosas e beijos quando se encontrava com Merkel, os planos políticos deles eram assim tão convergentes? Nem pensar! E agora com Macron? Tudo se repetirá, porque a cooperação entre os dois países sempre foi dificil e complicada, também ambas Nações têm visões diferentes da Europa.

Macron & Merkel - António Emídio - Capeia Arraiana

Macron & Merkel, Lda.

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Briefings, reuniões, reuniões e briefings

A tragédia de Pedrógrão Grande veio demonstrar, se ainda fossem precisos mais exemplos, que em Portugal é o Povo simples, muitas vezes com salários miseráveis e debaixo de condições laborais infra-humanas, que cria a riqueza e tem mais sensibilidade moral e humana do que muitas personagens em lugares chave da nossa sociedade que pensam que são fétiches mediáticos e objectos de adoração.

tantos projectos, tantos programas, tantos planos

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Já sabíamos disso há muito tempo!

– Já sabíamos disso há muito tempo! – Pelo menos aqui no Capeia Arraiana. A Bíblia do Neoliberalismo a nível europeu e mundial é o semanário inglês – The Economist – qual é o meu espanto quando leio que esse semanário escreveu isto: «Karl Marx tem muito que ensinar aos políticos de hoje em dia» !!!

The Economist - António Emídio - Capeia Arraiana

The Economist

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

A retoma do «Cristiano Ronaldo»…

«Retoma? Só para emprego ultraprecário.» «Num ano, 78 por cento dos contratos que cessaram duraram menos de três meses. E salários estão cada vez mais baixos.» «A recuperação está a ser acompanhada por um aumento da instabilidade dos vínculos contratuais a par de uma estagnação ou mesmo recuo na retribuição salarial», in, semanário «Expresso», de 11 de Junho de 2017. Compreendo agora porque o senhor Schäuble chamou «Cristiano Ronaldo das Finanças» a Mário Centeno.

E que futuro para os jovens portugueses? - António Emídio - Capeia Arraiana

E que futuro para os jovens portugueses?

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

A função de mando é anónima e impessoal

Todo, ou quase todo, o ser humano tem a péssima ambição de querer ser superior aos outros e mandar neles.

A função de mando é anónima e impessoal - António Emídio - Capeia Arraiana

A função de mando é anónima e impessoal

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

O trilho do lobo

Quem disse que só a fantasia pode gerar prazeres,esteja face a face com uma das mais belas obras primas da Natureza, o lobo!

Trilho do Lobo - António Emídio - Capeia Arraiana

Trilho do Lobo

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Novos nomes, velhas realidades

Globalização, Nacionalismo, Populismo, presentemente fazem parte do tal Código Semântico usado pelo poder, mas já são velhas realidades.

Novos nomes, velhas realidades - António Emídio - Capeia Arraiana

Novos nomes, velhas realidades

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

250 mil e perdes por 2-0… Ok?

«250 mil e perdes por 2-0… Ok?» Isto podia ter saído de uma conversa entre dois tipos ligados a clubes de futebol profissional, mas como se vê, é um caso de corrupção, um resultado combinado, a que os ingleses chamam «match fixing». O que se pode pensar disto?

Polícia Judiciária - António Emídio - Capeia Arraiana

Polícia Judiciária – António Emídio – Capeia Arraiana

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Maria

A minha razão diz-me que desde que partiste para o Infinito nunca mais ninguém te viu, a minha fé eleva-te em pensamento, não necessariamente num sumptuoso santuário ou imponente catedral, basta-me um passeio pela Natureza que envolve a cidade onde vivo, ou pelas margens do rio que a beija.

Mulher da Palestina - António Emídio - Capeia Arraiana

Mulher da Palestina

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Lágrimas da Diáspora

As lágrimas da Diáspora do nosso Concelho caem na nossa alma porque os caminhos da Saudade são dolorosos…

Lágrimas da Diáspora

Lágrimas da Diáspora

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Ofereceram-me um livro!

Um livro que me ofereceram tem como titulo – Apresento-vos o meu «amigo» e «companheiro» Alberto Caeiro – o autor é Carlos Lourenço d`Almeida, natural de Rendo, concelho do Sabugal. Foi professor durante muitos anos nesta Cidade, sendo também um conhecido advogado.

Fernando Pessoa - António Emídio - Capeia Arraiana

Fernando Pessoa

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Abril…

Só pela escrita feita revolta é que elimino muita da amargura que tenho na alma. Sou uma alma do meu tempo…

25 de Abril

25 de Abril de 1974

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

O repetitivo torna-se cansativo

O repetitivo torna-se cansativo. Mas o silêncio é cúmplice. Até ao inicio de 1980, na então C.E.E., os Estados membros eram soberanos, os orçamentos e todas as questões económicas e políticas eram decididas pelos parlamentos eleitos pelos cidadãos. De Gaulle, um conservador, debateu-se energicamente para que Bruxelas não aumentasse os seus poderes. Eram políticos que só aceitavam a Democracia participativa (os órgãos do poder eram os que o povo elegia, não aceitavam ordens vindas de fora). Presentemente as democracias dos países da U.E. são elitistas, oligárquicas, corruptas, e recebem «orientações» de Bruxelas.

Brexit - António Emídio - Capeia Arraiana

Após referendo a Inglaterra invocou o Artigo 50º e pediu para sair da União Europeia

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

O envelhecimento da velha Europa

Esta realidade, a do envelhecimento da população europeia é uma ameaça que se abate sobre o sistema público de pensões, principalmente nos países do Sul, onde o envelhecimento vive junto com a baixa produtividade e elevada dívida pública, não conseguindo as finanças públicas desses países resolver este problema e ameaça constantes. O caso de Portugal.

Envelhecimento da Velha Europa - António Emídio - Capeia Arraiana

Envelhecimento da Velha Europa

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Exercícios de hipocrisia

Jeroen Dijsselbloem, socialista, e presidente do Eurogrupo, afirmou no Frankfurter Allgemine Zeitung o seguinte: «O pacto dentro da zona euro baseia-se na confiança. Na crise do Euro, os países do euro do Norte mostraram a sua solidariedade com os países em crise. Como social-democrata considero a solidariedade extremamente importante. Mas quem a exige também tem obrigações. Não posso gastar todo o meu dinheiro em licor e mulheres e a seguir pedir ajuda. Este principio aplica-se a nível pessoal, local, nacional e até a nível europeu.»

Mulheres

«Não posso gastar todo o meu dinheiro em licor e mulheres e a seguir pedir ajuda…» (Jeroen Dijsselbloem)

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Os nossos poetas

O Município do Sabugal comemorou no dia 21 deste mês o Dia Mundial da Poesia com um encontro de alguns dos nossos poetas concelhios na Biblioteca Municipal. Estiveram presentes: Alfredo Virgílio Correia, Amélia Rei, Carlos Alberto da Conceição, Nélia Carrilho e João Silva, este declamando poemas de Fernando Birra, que estave ausente. Vou deixar a todos os poetas esta mais que modesta homenagem.

Os nossos poetas - António Emídio - Capeia Arraiana

Os nossos poetas

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Algo está a mudar…

A maior humilhação que alguém pode sofrer, é nunca ter conseguido chegar onde chegou um corrupto desumano e semi-analfabeto, esta é uma das faces diabólicas das ditaduras e do Neoliberalismo, este último é uma estratégia global baseada numa ditadura económica dos mercados internacionais que dá origem a desigualdades sociais escandalosas e a misérias morais degradantes (corrupção e jogo sujo). Mas algo está a querer mudar, a Globalização Neoliberal é um fenómeno moderno, mas não eterno, lá está o Brexit a demonstrá-lo, e por mais absurdo que pareça, também a vitória do novo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Blogueiros - António Emidio - Capeia Arraiana

Blogueiros

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Charlatães

A União Europeia «por fora» é muito linda, mas interiormente é uma «guerra» terrível de interesses entre países, é maior a divisão que a união.

Marine Le Pen é candidata a Presidente da República da França - António Emídio - Capeia Arraiana

Marine Le Pen é candidata a presidente da República Francesa

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

A pastorinha

Idílio de luz entre aves que cruzam o cristalino Céu e uma manhã de Primavera em que o Sol beija a Serra da Malcata.

Autumn Pastoral - François Boucher - António Emídio - Capeia Arraiana

Autumn Pastoral de François Boucher

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

O Candidato (sátira)

Bebi bem, coisas do Carnaval, e quando bebo bem tenho o meu American Dream, ou seja, sonho que estou a casar-me em Las Vegas, com a Tina Turner (já sei que está entradote na idade, mas…) vestido tipo Elvis Presley, e a cantar – Love me tender – tendo como testemunha (espécie de padrinho) George Walker Bush. Vejam como está o meu cérebro!!! Pedi então a um heterónimo meu, por acaso um pedaço de asno, que escrevesse o artigo, leiam só o que essa besta escreveu…

Las Vegas - Terra dos sonhos e das ilusões - Capeia Arraiana

Las Vegas – Terra dos sonhos e das ilusões – Capeia Arraiana

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Comportamento Pré-Democrático

Em Democracia não existe por parte da classe dominante um poder violento, mas sim um poder consentido. Portanto, toda a vingança política é vista como algo de normal, e considerada um acto de justiça. Neste artigo reporto-me a Portugal e ao Povo português, Povo que viveu toda uma vida na ignorância política e na superstição religiosa, embora durante a sua longa história se tenha revoltado muitas vezes, quando teve líderes à altura.

Democracia - António Emídio - Capeia Arraiana

Atitudes pré-democráticas

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Trump, o Islão e eu…

Quem ganhou as últimas eleições Presidenciais nos Estados Unidos? Trump! Portanto é ele que deve governar! Mas porque será que os neoliberais são os que mais o criticam? Porque se Trump conseguir implementar as medidas que prometeu em campanha eleitoral, será o fim da Globalização Neoliberal, do Livre Mercado, e da Deslocalização. Os grandes meios de comunicação social são a vanguarda do Neoliberalismo, já fazem de Trump um novo Fidel Castro, um Hugo Chavez, e alguns já começam a falar de Hitler! E os que mais mandam nos Estados Unidos deviam ter reparado que quando Berny Sanders aparecia frente a Trump, tinha muito mais apoio popular do que a senhora Clinton conseguia também frente a Trump, o único que o podia ter derrotado tinha sido Sanders, mas como Sanders é um Social-Democrata e ser Social-Democrata nos Estados Unidos é a mesma coisa que ser comunista, preferiram Trump… Agora os hipócritas fazem manifestações de repúdio ao vencedor, coisas da Democracia americana, um dólar, um voto, perdão! Perdão! Um homem, um voto, assim é que é…

Trump. o Islão e Eu - António Emídio - Capeia Arraiana

Trump. o Islão e Eu

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Saudosa velhinha

Imagem viva da nossa Terra e da nossa gente, és a alma de um tempo disperso entre o esquecimento e o canto longínquo da Saudade.

Saudosa velhinha - António Emídio - Capeia Arraiana

Saudosa velhinha

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Trágico presente

Morrer lentamente, transportar na alma a imagem saudosa de um tempo de folhas caídas, mas não mortas, lembrança nunca esquecida.

Rio Côa - António Emídio - Capeia Arraiana

Mas um dia, a tristeza deste Inverno chegará ao fim…

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Evocação

Que interesse tem para os outros a minha Saudade? Que interesse tem a Saudade para um Mundo moderno e para a sua avançada tecnologia que romperam com o passado lançando-nos numa decadência espiritual? Se as minha palavras são as palavras dos vencidos, também já foi derrotada a alma de um tempo por onde passou um Povo, o das nossas terras.

Evocação - António Emídio - Capeia Arraiana

Evocação – Na saudade desta Terra Mãe abandonada e hoje crucificada

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Pobreza crítica

Uma das coisas que mais me deprime é ver a diário nos meios de comunicação social um caudal impressionante de críticas, a tudo, desde a política ao futebol, passando pela culinária! Qualquer cidadão ao ver isto dirá «vivemos num tempo de liberdade absoluta, nada nos escondem e tudo podemos dizer», mas será mesmo assim, ou o cidadão que diz isto não estará enganado?

Pobreza crítica

Pobreza crítica

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Riqueza crítica

As ideologias e crenças religiosas de cariz universal não surgiram de grandes movimentos de massas, foram obra de pequenos grupos de homens e mulheres, mas também de almas solitárias. Essas almas solitárias, esses pequenos grupos de homens e mulheres não se deixaram corromper, nem deixam, no actual momento histórico, pela ideologia dominante.

Riqueza Crítica - António Emídio - Capeia Arraiana

Riqueza Crítica

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Reminiscências

O meu passado trava uma encarniçada batalha com o meu presente, nela não tenho lugar, mas sei que o vencedor é o presente, o passado é uma simples lembrança do que nele senti.

Paisagem outonal

Paisagem outonal

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Querem deter a marcha da História

Pragmáticos, adeptos fervorosos do bipartidismo, desprezam aqueles que respeitam a sua pátria e o seu povo chamando-lhes nacionalistas, não aceitam quem quer mudar o Status quo, sendo logo apelidado de populista. Esta é a «ideologia» da classe dominante, uma classe que quer deter a marcha da História.

Querem deter a marcha da história - António Emídio - Capeia Arraiana

No Mundo, em Portugal e no Concelho do Sabugal a História seguirá o seu caminho

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Pensar e sentir em termos religiosos

Neste Natal vou desviar-me um pouco aos temas dos meus artigos em natais passados. Émile Durkheim define assim religião: «Sistema solidário de crenças e práticas relativas a coisas sagradas, que une numa mesma comunidade moral a todos os que compartem essas crenças.»

António Emídio - Capeia Arraiana

Émile Durkheim

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Egolatria

São de Santo Agostinho estas duas frases: «Entre urina e fezes nascemos» e «O orgulho não é grandeza, mas inchaço, e o que está inchado parece grande, mas não é saudável».

Egolatria - António Emídio - Capeia Arraiana

Egolatria

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Tu que me segues…

Não podia passar o ano sem me dirigir a um leitor deste blogue que no Largo 25 de Abril aqui na Cidade do Sabugal me cumprimentou e disse-me que tinha aprendido muito a ler as minhas crónicas.

Verdade e Justiça - António Emídio - Capeia Arraiana

Verdade e Justiça (foto: D.R.)

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Tenebrosa noite na aldeia

O vento lá fora uivava, bátegas de água lançavam-se como possessas contra o vidro do janelo, um medonho trovão estremeceu a negra noite, ouviu-se uma sussurrante e aterrorizada oração : Santa Bárbara bendita…

Trovoada na aldeia - Capeia Arraiana

Trovoada na aldeia (foto: D.R.)

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Lugar místico

O Concelho do Sabugal tem os seus lugares místicos, e este – O Vale da Igreja – talvez seja o mais místico de todos.

Vale da Igreja - ecoa nele um concerto metafísico...

Vale da Igreja – ecoa nele um concerto metafísico… (foto: Cláudia Bispo)

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Último adeus

Ia começar o teu Calvário, a tua face estava pálida de angústia, sentias que era o fim, jamais voltarias a ver a tua amada aldeia.

Aqueles campos a quem tu deste vida e eles te deram o pão

Aqueles campos a quem tu deste vida e eles te deram o pão