Category Archives: Sabugal

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Simples sombra

Fui obrigado a afastar-me do espírito da época em que vivo, refugiei-me numa espiritualidade humana e ética que tem por base o respeito pela Vida, pela dignidade do Homem e pala Natureza.

A Sombra - Capeia Arraiana

A Sombra

Ramiro Matos - Sabugal Melhor - © Capeia Arraiana (orelha)

Passam os anos fica a saudade… (4)

A Rua Principal terminava no Largo da Câmara… Há memórias tão fortes deste Largo que, por certo, algo vai escapar a este reviver do «meu» Sabugal.

Foto tirada no dia da inspecção junto à Câmara do Sabugal - Capeia Arraiana

Foto tirada no dia da inspecção junto à Câmara do Sabugal

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Passeio matinal

Passeei numa destas belas manhãs de Julho através do tardio Verão, esta já estava presente em cada folha de árvore em cada canto de passarinho e nos tapetes de flores que enfeitavam os caminhos. Não ia só, levava comigo um passado já distante.

Passeio matinal pelos campos do Sabugal - Capeia Arraiana

Passeio matinal pelos campos do Sabugal

Ciclismo - Capeia Arraiana

Cicloturismo em Aldeia de Santo António

O CDCF-Clube Desportivo e Cultural da Freguesia de Aldeia de Santo António organiza pelo quarto ano consecutivo um cicloturismo pelo concelho do Sabugal. A prova, com saída e chegada a Aldeia de Santo António está marcada para o dia 4 de Agosto. A prova ciclista não tem carácter competitivo em que o objectivo é o convívio entre atletas.

Quarta edição de Cicloturismo em Aldeia de Santo António - Capeia Arraiana

Quarta edição de Cicloturismo em Aldeia de Santo António

Os bens das igrejas do Sabugal

:: :: SABUGAL :: :: O arrolamento dos bens das igrejas e capelas da freguesia do Sabugal, no concelho do Sabugal, foi coligido pela comissão concelhia de inventário em 29 de Junho de 1911. Transcrevemos os respectivos autos de arrolamento existentes no processo.

Igreja Matriz do Sabugal - Censos 1758 - Capeia Arraiana

Igreja Matriz do Sabugal – Capeia Arraiana

Ramiro Matos - Sabugal Melhor - © Capeia Arraiana (orelha)

Passam os anos fica a saudade… (3)

Entre 1959 e 1960 a minha vida deu uma volta completa… Foram dois anos muito movimentados estes de 1959 e 1960. Até aí a vida corria calma para uma criança, de brincadeira, muitas vezes em casa do Zé Maria (por onde andarão os soldadinhos de chumbo que tanto nos encantavam…), outras vezes na rua.

Cortejo de Oferendas no Sabugal - Capeia Arraiana

Cortejo de Oferendas no Sabugal

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

O caminho da Eternidade

Que significou o nosso último olhar, Mãe? Aquele olhar feito de silêncios que nem as lágrimas humedeceram? Não! Aquele olhar não significou um eterno adeus, uma infinita Saudade, um grito de angústia ou o quebrantar das nossas almas. Eu compreendi tudo, Mãe.

Caminho para a Eternidade - Capeia Arraiana

Caminho para a Eternidade

Ramiro Matos - Sabugal Melhor - © Capeia Arraiana (orelha)

Passam os anos fica a saudade… (2)

A Rua Principal da então vila do Sabugal da minha meninice era muito diferente da de hoje…

Sabugal antigo - Casa dos Britos - Capeia Arraiana

A Rua Principal e a Casa dos Britos no Sabugal

Maria Rosa Afonso - Orelha - Capeia Arraiana

Visita ao museu do Sabugal

Estive no museu municipal do Sabugal, há poucos dias, com a intenção de ver a exposição temporária: «I Grande Guerra Mundial», organizada pelo município e a Liga dos Combatentes – Núcleo do Sabugal e também para revisitar a exposição permanente. Posso dizer que valeu muito a pena.

«I Grande Guerra Mundial» - Exposição temporária no Museu do Sabugal - Capeia Arraiana

«I Grande Guerra Mundial» – Exposição temporária no Museu do Sabugal

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

O maior cego é…

«As minhas preocupações e expectativas é que nas próximas semanas mostrem que os mercados, as taxas das obrigações e a economia italiana podem ser tão drasticamente atingidas que isso vai servir para indicar aos eleitores para não votarem nos populistas de direita e de esquerda(…) A formação do governo pode ser responsável por isso. Só posso esperar que isto vá desempenhar um papel na campanha eleitoral, no sentido de enviar um sinal aos eleitores para não entregarem o poder aos populistas à direita ou à esquerda.»

O maior cego é aquele que... - António Emídio - Capeia Arraiana

O maior cego é aquele que…

Ramiro Matos - Sabugal Melhor - © Capeia Arraiana (orelha)

Passam os anos fica a saudade… (1)

Recordo hoje alguns dos meus amigos de infância, felizmente quase todos ainda vivos…

Largo da Fonte no Sabugal - Capeia Arraiana

Largo da Fonte no Sabugal

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Através da Janela

Só os espíritos movidos pela inquietação são capazes de criar algo espiritual e metafísico, porque a sua vida está mais dentro deles do que fora. Esses espíritos são eles próprios não são aquilo a que o meio em que estão inseridos os quer obrigar a ser, são livres.

A Janela - António Emídio - Capeia Arraiana

A Janela

Ciclismo - Capeia Arraiana

Cicloturismo por Terras do Côa

Está marcada para o dia 15 de Julho a 9.ª edição do Cicloturismo por Terras do Côa que irá, mais uma vez, percorrer a paisagem do concelho do Sabugal.

IX Edição do Cicloturismo Terras do Côa no Sabugal - Capeia Arraiana

IX Edição do Cicloturismo Terras do Côa no Sabugal

Ramiro Matos - Sabugal Melhor - © Capeia Arraiana (orelha)

Ainda há vida para além do futebol?

Portugal e os portugueses parece terem esquecido que nem tudo começa e acaba no futebol…

Capa premiada do Diário de Notícias quando passaram 15 anos sobre os atentados do 11 de Setembro - Capeia Arraiana

Capa premiada do Diário de Notícias quando passaram 15 anos sobre os atentados do 11 de Setembro

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

O Narcotráfico

Os massacres dos narcotraficantes são muito mais violentos e matam muita mais gente do que qualquer grupo terrorista, refiro-me principalmente à América Latina. Se virmos imagens desses massacres, notamos que o terrorismo ainda tem muito que aprender.

Vítimas dos narcotraficantes - Capeia Arraiana

Vítimas dos narcotraficantes

Ramiro Matos - Sabugal Melhor - © Capeia Arraiana (orelha)

O São João no Sabugal!

E estamos em pleno São João no Sabugal! Sai esta crónica na semana das festas de São João no Sabugal, o que me leva a recordar como me lembro hoje desta festa na minha infância.

«Pinho» do São João no Sabugal - Capeia Arraiana

«Pinho» do São João no Sabugal

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

O Lobo Branco

A frágil luz da madrugada encontrou-te caminhando por entre a invernada que toda a noite fustigou a Montanha Sagrada, vais só, indiferente a outras vidas e outras gentes, sentes que a solidão te pertence neste agonizar da noite.

Lobo Branco - António Emídio - Capeia Arraiana

Lobo Branco

Ramiro Matos - Sabugal Melhor - © Capeia Arraiana (orelha)

No rescaldo da Capeia em Vila Franca de Xira

Foi uma jornada sabugalense vibrante a que se viveu em Vila Franca de Xira no sábado passado!

Ti Domingos ajudou a montar o forcão - Capeia Arraiana

Ti Domingos ajudou a montar o forcão

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Gorgulho, Carrajola e Formigão

Três personagens da História de Portugal do século XX, não muito conhecidas mas foram protagonistas de episódios bem tristes, principalmente o Gorgulho e o Carrajola. O Formigão levou o nome de Portugal através do Mundo…

Mapa de Portugal... que não era um país pequeno - Capeia Arraiana

Mapa de Portugal… que não era um país pequeno

Ramiro Matos - Sabugal Melhor - © Capeia Arraiana (orelha)

A capeia em Vila Franca de Xira!

A realização da Capeia Arraiana em Vila Franca de Xira vai ser um momento de afirmação do Concelho do Sabugal!

Capeia Arraiana em Vila Franca de Xira - Capeia Arraiana

Capeia Arraiana em Vila Franca de Xira

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

A antítese

Salazar governou baseando-se na Constituição de 1933, que marcava os limites da autoridade do Estado, principalmente no que dizia respeito à ordem interna, à moral e ao direito, mas tudo isto resultou num texto que fez do Presidente do Governo (Salazar) o líder do Estado Novo, neste caso ditador, já que o governo desempenhava funções legislativas e executivas, a partir daqui, só se fazia o que ele queria.

António de Oliveira Salazar - Capeia Arraiana

António de Oliveira Salazar

José Carlos Mendes - A Minha Aldeia - © Capeia Arraiana

Postal TV (226)

Na paródia, costumo citar a brincadeira de há uns anos: «O futebol é que induca, e o fado é que instrói». Gosto muito de fado. Adoraria futebol – mas não me é possível no meio de tudo o que se está a passar… Fico-me então pelos outros programas. Veja aí em baixo do que falo…

Em Pombal, um directo da CMTV foi interrompido a pontapé - Capeia Arraiana

Em Pombal, um directo da CMTV foi interrompido a pontapé

Ramiro Matos - Sabugal Melhor - © Capeia Arraiana (orelha)

Ainda as propostas para o Interior

Nesta semana continuou-se a falar do Interior, um pouco por todo o lado… E, tenho de o confessar, no geral reforçou-se a minha desilusão quanto às propostas apresentadas e aos argumentos aduzidos.

Movimento pelo Interior - Capeia Arraiana

Movimento pelo Interior

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

28 de Maio de 1926

Como o(a) leitor(a) já se apercebeu, esta foi a data do derrube da 1.ª República através de um Golpe de Estado militar. Esse Golpe de Estado tinha dentro dele várias tendências, uma era de feição liberal e democrática, a outra, a vencedora queria um regime ditatorial, antiliberal, antidemocrático e fascista – foi desta que surgiu Salazar. No campo oposto a estas duas tendências estavam antigos governantes do Partido Republicano Português – Partido Democrático- membros da Esquerda Republicana, o Movimento Operário e Sindical, Comunistas, Socialistas e Anarco-sindicalistas.

Oliveira Salazar com o General Carmona - Capeia Arraiana

Oliveira Salazar com o General Óscar Carmona

Secção Judo Sporting Clube Sabugal - Capeia Arraiana (orelha)

Sabugal conquista ouro no «Regional» de Juvenis

Ficou a cargo da Associação de judo do distrito de Viseu a realização do campeonato Regional da Zona Norte de juvenis que teve lugar no Pavilhão Municipal de Nelas, no passado dia 19 de maio. Este escalão teve a presença de atletas de 13 e 14 anos de seis distritos da Região Norte que constitui a nossa zona de apuramento. Joana Carreira, da AMDA-Associação Modalidades Desportivas Amadoras do Sabugal, sagrou-se campeã regional em -63kg.

Judocas do Sporting Clube do Sabugal com o treinador David Carreira em Nelas - Capeia Arraiana

Judocas da AMDA do Sabugal com o treinador David Carreira em Nelas

Casa do Castelo - Sabugal ©‎ Capeia Arraiana (orelha)

Prémio para Casa da Memória Judaica do Sabugal

A Casa da Memória Judaica da Raia Sabugalense no Largo do Castelo das Cinco Quinas no Sabugal recebeu o Prémio Filme de Divulgação da Associação Portuguesa de Museologia. A cerimónia de atribuição de prémios a nível nacional decorreu esta sexta-feira, 25 de Maio, no Museu dos Coches em Lisboa. Em comunicado o Turismo Centro de Portugal congratula-se com o facto de a região ter sido galardoada com alguns dos principais prémios.

Sabugalense na antiga Casa do Castelo no Sabugal - Capeia Arraiana

Casa da Memória Judaica da Raia Sabugalense na antiga Casa do Castelo no Sabugal

Viúva Monteiro & Irmão - Sabugal - © Capeia Arraiana

Heróis PME – Viúva Monteiro & Irmão, Lda.

A empresa sabugalense Viúva Monteiro & Irmão, Lda. esteve em destaque no programa da SIC, Heróis PME. A apresentação foi da responsabilidade da gestora e administradora Ana Luísa Monteiro. A empresa «Viúva» (como é carinhosamente conhecida) recebeu cinco estrelas nas categorias «Nível de Heroísmo», «Impacto Social» e «Capacidade Inspiradora». Parabéns para todos os que contribuem para o sucesso desta empresa (centenária) que faz parte da história do concelho do Sabugal desde 1920.

Ramiro Matos - Sabugal Melhor - © Capeia Arraiana (orelha)

As propostas do Movimento pelo Interior

No fim-de-semana passado o Movimento Pelo Interior entregou ao Presidente da República e ao Primeiro Ministro as suas propostas.

Movimento pelo Interior foi recebido pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa - Capeia Arraiana

Movimento pelo Interior foi recebido pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa (Foto: D.R.)

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Simples peões de brega

Sócrates, Vara e outros como eles, são uns simples peões de brega dos grandes consórcios nacionais e internacionais, ou seja, da máquina que dirige o sistema e se sobrepõe aos eleitos por inércia mental. Estamos convencidos que o poder se encontra nos ministérios e se desloca naqueles «BêéMes» e Mercedes pretos com vidros escuros, mas quem ali vai limita-se a cumprir «sugestões» do verdadeiro Poder. Essas «sugestões» é que são as decisões que dizem como temos de viver, as classes médias e populares, não as classes altas e as elites.

Poder está nos lobbyes internacionais - Capeia Arraiana

Poder está nos lobbyes internacionais

José Carlos Mendes - A Minha Aldeia - © Capeia Arraiana

Casteleiro – Os primeiros telefones

Este é um tema em que penso muitas vezes. Vejo a malta agarrada ao telemóvel, vejo os miúdos bem pequenitos mas já viciados em jogos da Net e outras benesses dos actuais telefones… e aí estão as imagens dos primeiros telefones da minha aldeia a tomar conta de tudo. Por isso, quis trazer-lhe aqui novamente um tema já falado há uns bons aninhos…

Equipamento telefónico do século passado - Capeia Arraiana

Equipamento telefónico PBX da década de 50 do século passado

Ramiro Matos - Sabugal Melhor - © Capeia Arraiana (orelha)

O novo PNPOT

Encontra-se em discussão pública o novo Programa Nacional da Política de Ordenamento do Território, instrumento essencial para uma correta gestão do território nacional.

Território Portugal - Capeia Arraiana

PNPOT -Programa Nacional da Política de Ordenamento do Território

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Luta pela vida

Não nascemos subitamente homens (nem mulheres), aprendemos a sê-lo através da luta e do esforço. A primeira experiência é o amor dos nossos pais, depois vem o desamparo e a desorientação. Esta é a nossa frágil condição humana, por isso a aprendizagem da vida e a luta pela vida, sem excepção, faz parte da condição humana.

Luta pela vida - Capeia Arraiana

Luta pela vida

Ramiro Matos - Sabugal Melhor - © Capeia Arraiana (orelha)

Aldeias quase desertas

A oportuna e eficaz crónica de Maria Rosa Afonso com o título em epígrafe, merece de todos uma reflexão a que não fujo.

Movimento pelo Interior - Capeia Arraiana

Movimento pelo Interior

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Ética e Estética à mesa

A Ética e a Estética neste artigo corresponde à conduta de pessoas que não comem nem bebem para viver, vivem simplesmente para comer e beber.

Os javalis do Obélix - Capeia Arraiana

Os javalis do Obélix

Imagem da Semana - © Capeia Arraiana

Sporting do Sabugal é campeão distrital de juniores

«Imagem da Semana» do Capeia Arraiana. Há imagens históricas e há imagens que valem por mil palavras. Contudo todas as imagens merecem uma legenda. Envie-nos as suas fotografias que seleccionar para possível publicação para a caixa de correio electrónico: capeiaarraiana@gmail.com

Imagem da Semana - Sporting do Sabugal - Campeão Distrital de Juniores em Futebol - Época 2017-2018
Clique na imagem para ampliar
António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

«Ni Dieu ni Maître»

Este título – «Ni Dieu ni Maître» – é um dos muitos slogans que apareceram escritos numa qualquer parede de um qualquer prédio de Paris durante Maio de 1968. Estão passados 50 anos desde o movimento estudantil que tentou destruir os alicerces de uma sociedade capitalista, a francesa, mas ao mesmo tempo também não aceitava as teses do Marxismo oficial. Este movimento falha os seus intentos porque os trabalhadores franceses não acreditaram numa mudança radical da sociedade capitalista.

Ni Dieu ni maître - António Emídio - Capeia Arraiana

Ni Dieu ni maître…

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Calçadas e calçadinhas

Calçada é uma rua empedrada. Inspirou poetas, como António Gedeão, falando da calçada de Carriche, em Lisboa – «Sobe que sobe, Luísa sobe, sobe a calçada!» – diz o poeta. Outras calçadas existem em Lisboa, umas com história, outras nem por isso. Nas primeiras incluirei a Calçada do Carmo, onde fica o quartel general da GNR, onde se refugiou Marcelo Caetano e Américo Tomás no 25 de Abril de 1974; a Calçada do Combro, onde fica um quartel da GNR, instalado no antigo convento de Stª Catarina; a Calçada da Estrela, que vai da Rua de São Bento até ao Largo da Estrela, ficando à sua direita a Assembleia da República e a morada do primeiro-ministro; a Calçada do Grilo, onde existia o convento dos frades grilos; a Calçada da Ajuda, onde ficam vários quartéis, o de Cavalaria 7 e o de Lanceiros 1, entre outros, não estivesse ao lado o Palácio de Belém, morada dos Presidentes da República e perto do Palácio da Ajuda, morada dos últimos reis, que era necessário proteger. De menor importância histórica serão a Calçada da Boa Hora, a Calçada do Marquês de Abrantes e muitas outras.

Calçada do Largo da Câmara Municipal do Sabugal - Capeia Arraiana

Calçada do Largo da Câmara Municipal do Sabugal

Sporting Clube Sabugal - Sabugal - Capeia Arraiana (orelha)

Juniores do Sabugal são quase campeões

Os juniores do Sporting Clube do Sabugal podem sagrar-se campeões de futebol no próximo sábado, dia 28 de Abril. Jogando em casa, basta-lhes um empate para alcançarem o desejado título.

A equipa está unida e espera o apoio dos sabugalenses

Ramiro Matos - Sabugal Melhor - © Capeia Arraiana (orelha)

A eutanásia

Numa semana em que os opositores do direito à morte assistida vão andar por aí, sobretudo, nas televisões, aqui deixo a minha opinião.

Doentes terminais - Capeia Arraiana

Doentes terminais

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Ética, Humanismo e Cultura

Sem direito à educação, à habitação, ao trabalho, a um salário justo, à segurança social, à protecção contra o desemprego, à protecção da maternidade e a tantos outros direitos, não pode haver um Estado de Bem Estar, sem estes direitos também não havia Democracia. E a Democracia portuguesa começou assim, a entrega de direitos e deveres aos cidadãos portugueses, outorgados pelo Golpe de Estado de 25 de Abril de 1974.

Revolução dos Cravos de 25 de Abril de 1974 em Portugal - António Emídio - Capeia Arraiana

Revolução dos Cravos de 25 de Abril de 1974 em Portugal