Category Archives: Quadrazais

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

O Padre Velho

Como escrevi na página 61 do 1.º volume da minha obra «Para que não se Perca a Memória de 400 Anos de Vida em Quadrazais», em 1893, por decreto de 29/4, foi nomeado pároco colado de Quadrazais, José António Gonçalves de Aragão, a quem o rei D. Carlos concedeu, em 7/7/1893, a mercê de «o bispo da Guarda o apresentar na igreja paroquial de Nossa Senhora da Assunção, de Quadrazais, vaga de pároco colado, devendo gozar de todos os proventos, como pároco da mencionada igreja e bem assim de quaisquer honras e prerrogativas que a elas andarem legalmente anexas, ficando, contudo, sujeito a qualquer alteração que, de futuro, possa vir a ser competentemente feita na circunscrição paroquial». O texto desta mercê concedida pelo rei D. Carlos, que se encontra na Torre do Tombo, em Lisboa, vem transcrito na pág. 321 do terceiro volume da minha citada obra.

Igreja Matriz de Quadrazais - Capeia Arraiana

Igreja Matriz de Quadrazais

Paulo Leitão Batista - Contraponto - © Capeia Arraiana (orelha)

Entrevista a Pinharanda Gomes (3)

Estávamos em Junho de 2011, Jesué Pinharanda Gomes recebeu-nos em sua casa, no escritório recentemente despido dos milhares de livros que cedera à Câmara Municipal do Sabugal para constituir um acervo bibliográfico que daria depois lugar ao Centro de Estudos com o seu nome. Então com 71 anos, o pensador falou-nos da sua infância, dos ascendentes e outros familiares, dos amigos e da vida dura, mas feliz, em Quadrazais. (A terceira de três partes).

A Obra e o Pensamento - Josué Pinharanda Gomes - Capeia Arraiana

Jesué Pinharanda Gomes

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Quadrazenhos que foram Guardas da Alfândega (2)

Na semana passada tive a agradável surpresa de receber cópia da «Relação Geral dos Empregados e Guardas da Fiscalisação do Contracto de Tabaco e Sabão da Repartição do Sul e Ilhas», que me havia sido prometida pelo Dr. Rui Carreteiro, funcionário da Fundação Eugénio de Almeida, com o meu compromisso de não a publicar ou reproduzir. Por isso, apenas poderei falar dela e comentar o que respeita aos guardas quadrazenhos. Por falar em Repartição do Sul e Ilhas, leva a crer que haveria uma Repartição do Norte e Centro. A meu pedido, o Dr. Rui Carreteiro informou-me no passado dia 10 de Abril que um incêndio nas instalações em Lisboa, no séc. XIX, destruiu muita documentação, incluindo possíveis relações de empregados do Norte e Centro. Uma pena!

Quadrazenho foi Guarda do Tabaco - Capeia Arraiana

Quadrazenho foi Guarda do Tabaco (Fonte: Arquivos Paroquiais)

Paulo Leitão Batista - Contraponto - © Capeia Arraiana (orelha)

Entrevista a Pinharanda Gomes (2)

Estávamos em Junho de 2011, Jesué Pinharanda Gomes recebeu-nos em sua casa, no escritório recentemente despido dos milhares de livros que cedera à Câmara Municipal do Sabugal para constituir um acervo bibliográfico que daria depois lugar ao Centro de Estudos com o seu nome. Então com 71 anos, o pensador falou-nos da sua infância, dos ascendentes e outros familiares, dos amigos e da vida dura, mas feliz, em Quadrazais. (A segunda de três partes).

O filósofo Pinharanda Gomes nasceu há 78 anos em Quadrazais

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Quadrazenhos que foram Guardas da Alfândega (1)

Já havia encontrado nos arquivos paroquiais no séc. XIX um quadrazenho como Guarda do Tabaco, o que muito me intrigou, até porque nenhum documento na Torre do Tombo fala desta actividade por parte de quadrazenhos.

Quadrazenho foi Guarda do Tabaco - Capeia Arraiana

Quadrazenho foi Guarda do Tabaco (Fonte: Arquivos Paroquiais)

Paulo Leitão Batista - Contraponto - © Capeia Arraiana (orelha)

Entrevista a Pinharanda Gomes (1)

Estávamos em Junho de 2011, Pinharanda Gomes recebeu-nos em sua casa, no escritório recentemente despido dos milhares de livros que cedera à Câmara Municipal do Sabugal para constituir um acervo bibliográfico que daria depois lugar ao Centro de Estudos com o seu nome. Então com 71 anos, o pensador falou-nos da sua infância, dos ascendentes e outros familiares, dos amigos e da vida dura, mas feliz, em Quadrazais. (A primeira de três partes).

Cantadeiras de Quadrazais com Pinharanda Gomes no Sabugal

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Ai que saudades da minha infância! (2)

HOMENAGEM AO MEU TIVOLI – Nas aldeias quase todas as famílias têm animais: um burro, um cão ou um gato. Quem tem espaço em frente da casa, o curral, e um telheiro (cabanal) tem ainda um cavalo, galinhas e, às vezes, coelhos, patos, perús ou mesmo gansos. Antigamente usavam a loije, andar térreo, para as vacas, burros ou cavalos. É o que acontecia frequentemente com os lavradores que tinham vacas. Havia quem tivesse galinhas ou porcos num pequeno espaço debaixo da escaleira (no poleiro das pitas) e (na cortelha), que se passeavam durante o dia pelas ruas, tal como os cães. (Parte 2 de 2).

O cão da minha infância chamava-se Tivoli - Capeia Arraiana

O cão da minha infância chamava-se Tivoli

Paulo Leitão Batista - Contraponto - © Capeia Arraiana (orelha)

Pinharanda Gomes – a infância em Quadrazais

Quadrazais, terra raiana do concelho do Sabugal, foi o berço de Jesué Pinharanda Gomes, que nasceu em 1939, a 16 de Julho, verão pleno. Numa longa entrevista que nos deu em 2011 (há sete anos), o pensador e escritor quadrazenho, que recentemente foi agraciado com o grau de Doutor Honoris Causa pela Universidade da Beira Interior, contou-nos como foi a sua infância.

No dia 20 de Março a UBI distinguiu Pinharanda Gomes

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Ai que saudades da minha infância! (1)

HOMENAGEM AO MEU TIVOLI – Nas aldeias quase todas as famílias têm animais: um burro, um cão ou um gato. Quem tem espaço em frente da casa, o curral, e um telheiro (cabanal) tem ainda um cavalo, galinhas e, às vezes, coelhos, patos, perús ou mesmo gansos. Antigamente usavam a loije, andar térreo, para as vacas, burros ou cavalos. É o que acontecia frequentemente com os lavradores que tinham vacas. Havia quem tivesse galinhas ou porcos num pequeno espaço debaixo da escaleira (no poleiro das pitas) e (na cortelha), que se passeavam durante o dia pelas ruas, tal como os cães. (Parte 1 de 2).

O cão da minha infância chamava-se Tivoli - Capeia Arraiana

O cão da minha infância chamava-se Tivoli

Adérito Tavares - Na Raia da Memória - © Capeia Arraiana (orelha)

Doutoramento Honoris Causa de Pinharanda Gomes

A Universidade da Beira Interior (UBI) atribuiu esta terça-feira, dia 20 de Março, o grau de Doutor Honoris Causa a Jesué Pinharanda Gomes, ensaísta, pensador, escritor, filósofo e historiador. O mais alto responsável pela Igreja Católica em Portugal, o Cardeal Patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente, foi o padrinho do homenageado, que é natural da freguesia de Quadrazais, no concelho do Sabugal. Jesué Pinharanda Gomes é o 19.º Doutor Honoris Causa pela UBI.

Intervenção de D. Manuel Clemente, Cardeal-Patriarca de Lisboa, que apadrinhou o Doutoramento - Capeia Arraiana

Intervenção de D. Manuel Clemente, Cardeal-Patriarca de Lisboa, que apadrinhou o Doutoramento

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Termos castelhanos usados em Quadrazais e na Raia (2)

PREFÁCIO. Desde pequeno que, na aldeia, sempre ouvi gente pronunciar palavras espanholas ou que eu pensava serem espanholas. Não era para admirar, dado o contacto diário com Espanha por parte dos contrabandistas ou de todos os que diariamente atravessavam a raia para comprar um trigo, uma lata de azeite, uma boina, um véu ou, simplesmente, uns caramelos. (Parte 2 de 2).

Termos castelhanos usados em Quadrazais e na Raia - Capeia Arraiana

Termos castelhanos usados em Quadrazais e na Raia

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Termos castelhanos usados em Quadrazais e na Raia (1)

PREFÁCIO. Desde pequeno que, na aldeia, sempre ouvi gente pronunciar palavras espanholas ou que eu pensava serem espanholas. Não era para admirar, dado o contacto diário com Espanha por parte dos contrabandistas ou de todos os que diariamente atravessavam a raia para comprar um trigo, uma lata de azeite, uma boina, um véu ou, simplesmente, uns caramelos. (Parte 1 de 2).

Termos castelhanos usados em Quadrazais e na Raia - Capeia Arraiana

Termos castelhanos usados em Quadrazais e na Raia

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

História da morte da Senhora Albertina do Chico

Certa tardinha de Inverno cai um daqueles nevões frequentes no Quadrazais de antanho, de cujos efeitos bem me lembro. Mas o quadrazenho tinha de viver e não seria a aproximação de um nevão que o impediria de calcorrear os caminhos de Valverde, de carrego às costas, que lhe mataria a fome por uma semana.

Burro na Neve - Capeia Arraiana

Burro na serra coberta de neve

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Quadrazais – Arrolamento dos bens da Igreja (2)

O arrolamento dos bens da Igreja de Quadrazais está registado num documento dactilografado que se encontra na Biblioteca Central do Ministério das Finanças. Os documentos foram transcritos tal como foram escritos inclusive com os erros que contêm. (Parte 2 de 2).

Igreja Matriz de Quadrazais - Capeia Arraiana

Igreja Matriz de Quadrazais

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Quadrazais – Arrolamento dos bens da Igreja (1)

O arrolamento dos bens da Igreja de Quadrazais está registado num documento dactilografado que se encontra na Biblioteca Central do Ministério das Finanças. Os documentos foram transcritos tal como foram escritos inclusive com os erros que contêm. (Parte 1 de 2).

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

O João Troncho

Por ser meio-irmão de outros filhos do casal, sentiu-se sempre posto de lado. Trabalhar não era muito do seu jeito, pelo que enveredou por negócios ilícitos de contrabando, não tivesse ele no sangue esse modo de vida do quadrazenho. Não seria, certamente, a primeira vez que transportara tabaco ou outros produtos para Espanha. Desta vez, porém, quis arriscar mais…

Raia Sabugalense entre Aldeia do Bispo e NavasFrias - Capeia Arraiana

Raia Sabugalense entre Aldeia do Bispo, Fóios e NavasFrias

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

História Breve – O Raúl

O Raul, filho da Ti Sansão do Tonhinho, que tinha vacas a meias com o António Mocho, à falta de quem andava normalmente com as vacas, vai dar a jeira ao Lourenço Meneiro, sobrinho da Telvina Meneira, que morreu ou mataram em terras de Espanha, onde vivia havia muitos anos com a ocupação de pastor.

Santa Eufêmia em Quadrazais - Capeia Arraiana

Santa Eufêmia em Quadrazais

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

O Guto

Como a grande maioria dos quadrazenhos sem grandes terras que mantivessem uma família e ocupasse os seus membros no amanho daquelas, o Augusto, após ter acabado a escola, começa a calcorrear as veredas para Espanha, donde trazia a sua lata de azeite, uma boina, um frasco de Ceregumil, um saquito de pimentão e um ou dois pães de trigo, senão ainda algum corte de pana para umas calças ou casaco e um outro véu, se lho encomendassem.

Guardas fiscais e contrabandista na Raia Sabugalense - Capeia Arraiana

Guardas fiscais e contrabandista na Raia Sabugalense

UBI - Universidade da Beira Interior - Covilhã - Capeia Arraiana (orelha)

Pinharanda Gomes homenageado pela UBI

O filósofo quadrazenho Pinharanda Gomes vai receber o doutoramento Honoris Causa da Universidade da Beira Interior (UBI), da Covilhã, em sessão solene agendada para o dia 20 de Março.

Pinharanda Gomes proferiu mais de 250 conferências em Portugal e no estrangeiro

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

O Enchopipo

Dos nascidos em Quadrazais, é o único José que ficou conhecido por Tché. Terceiro varão do Mérico Barreiro e da Aurora Patchinha, tornou-se personagem típica em Quadrazais.

Visita do Bispo à aldeia - Capeia Arraiana

Visita do Bispo à aldeia

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Quando meu pai era vivo…

…Felizmente, pelo Natal, o madeiro à praça aquecia todos os que a ele se chegassem, já que o espírito do madeiro era aquecer o Menino que nascera no frio. E até dava para levar umas brasas para casa para aquecer a casa…

A lenha é fundamental para atenuar o frio dos rigorosos Invernos na Beira Alta - Capeia Arraiana

A lenha é fundamental para atenuar o frio dos rigorosos Invernos na Beira Alta

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

O Pão-Leve

Era costume dar como prenda um pão-leve a quem casasse, ao médico ou a pessoa a quem se devia grande favor, já que os custos com ovos, farinha e açúcar eram insuportáveis para gente tão pobre para o poder ter frequentemente à mesa.

Pão-Leve ou Pão-de-Ló - Capeia Arraiana

Pão-Leve ou Pão-de-Ló

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

O perigo das guardas das escaleiras

As casas antigas de Quadrazais dos remediados ou mais abastados tinham a loije no rés-do-chão e acedia-se ao 1.º andar por uma escaleira exterior, em cantaria. Em frente à porta faziam uma espécie de balcão que era delimitado pelas guardas, uma pedra de cantaria de cerca de meio metro de altura e um metro ou mais de comprimento em frente da porta e outra um pouco mais curta atrás.

Casa de Pedra na Beira Alta - Capeia Arraiana

Casa de Pedra com «balcão» e «guardas» na Beira Alta

Jesué Pinharanda Gomes - Carta Dominical - © Capeia Arraiana

As nossas terras por José Leite de Vasconcelos (2)

O maior etnógrafo e antropólogo português, José Leite de Vasconcelos, falecido em 1941, percorreu o País de uma ponta à outra. Produziu uma obra científica sem rival, em que sobressaem os numerosos volumes da Etnografia Portuguesa, em cujo terceiro volume descreve as nossas terras da Raia e de Riba Côa. Como nem todos os nossos leitores terão acesso a essa obra, ousamos transcrever aqui os principais parágrafos respeitantes à Raia sabugalense e às gentes de Riba Côa, constituída pelas terras situadas na margem direita do Côa e sitas nos concelhos do Sabugal, Almeida e Figueira de Castelo Rodrigo. (Parte 2 de 2.)

Etnografia Portuguesa de José Leite de Vasconcelos - Pinharanda Gomes - Capeia Arraiana

Etnografia Portuguesa de José Leite de Vasconcelos

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Novo Dicionário da Gíria Quadrazenha (3)

«Novo Dicionário da Gíria Quadrazenha – Português/Gíria». São 613 termos no total, sendo 365 criados por mim (os antecedidos por asterisco). (Da letra R à letra Z.)

Dicionário da Gíria Quadrazenha - Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Dicionário da Gíria Quadrazenha (Português/Gíria), por Franklim Costa Braga

Jesué Pinharanda Gomes - Carta Dominical - © Capeia Arraiana

As nossas terras por José Leite de Vasconcelos (1)

O maior etnógrafo e antropólogo português, José Leite de Vasconcelos, falecido em 1941, percorreu o País de uma ponta à outra. Produziu uma obra científica sem rival, em que sobressaem os numerosos volumes da Etnografia Portuguesa, em cujo terceiro volume descreve as nossas terras da Raia e de Riba Côa. Como nem todos os nossos leitores terão acesso a essa obra, ousamos transcrever aqui os principais parágrafos respeitantes à Raia sabugalense e às gentes de Riba Côa, constituída pelas terras situadas na margem direita do Côa e sitas nos concelhos do Sabugal, Almeida e Figueira de Castelo Rodrigo. (Parte 1 de 2.)

Etnografia Portuguesa de José Leite de Vasconcelos - Pinharanda Gomes - Capeia Arraiana

Etnografia Portuguesa de José Leite de Vasconcelos

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Novo Dicionário da Gíria Quadrazenha (2)

«Novo Dicionário da Gíria Quadrazenha – Português/Gíria». São 613 termos no total, sendo 365 criados por mim (os antecedidos por asterisco). (Da letra E à letra Q.)

Dicionário da Gíria Quadrazenha - Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Dicionário da Gíria Quadrazenha (Português/Gíria), por Franklim Costa Braga

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

O Cristão

Apesar de ser natural do Soito, viveu em Quadrazais muitos anos, ocupando-se do amanho de terras de quadrazenhos com as suas vacas. Um filho, já falecido, casou com uma quadrazenha, cujo pai tinha a alcunha de Maneta.

Lamparinas a petróleo das aldeias da Beira Alta - Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Lamparinas a petróleo das aldeias da Beira Alta

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Novo Dicionário da Gíria Quadrazenha (1)

«Novo Dicionário da Gíria Quadrazenha – Português/Gíria». São 613 termos no total, sendo 365 criados por mim (os antecedidos por asterisco). (Da letra A à letra D.)

Dicionário da Gíria Quadrazenha - Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Dicionário da Gíria Quadrazenha, por Franklim Costa Braga

Hoje destacamos... - © Capeia Arraiana (orelha)

Pinharanda Gomes em destaque na Ecclesia

O nosso destaque de hoje vai para o Editorial de Paulo Rocha, director da Agência Ecclesia, que sublinha a importância da obra e pensamento do sabugalense Pinharanda Gomes para um melhor conhecimento dos congressos católicos em Portugal. O texto que publicamos, de seguida, na íntegra é o editorial de Paulo Rocha.

A Obra e o Pensamento - Josué Pinharanda Gomes - Capeia Arraiana

Josué Pinharanda Gomes (foto: D.R.)

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Os Possessos e Esquizofrénicos

Em todas as aldeias há pessoas cujas atitudes estranhas levam os demais a dizer que estão possessas do demónio. A Igreja Católica instituiu mesmo o cargo de Exorcista para expulsar o demónio dos possessos, seguindo o que Jesus fizera quando expulsou os demónios de pessoas e aqueles possuíram porcos que se afogaram. Eram conhecidos locais onde essa prática era conhecida, como junto da relíquia de Vera Cruz em Portel e os jornais noticiaram recentemente quem era o exorcista que está no activo.

Possessos, esquizofrénicos e exorcistas - Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Possessos, esquizofrénicos e exorcistas

Obituário - © Capeia Arraiana

Faleceu Octávio Chau Afonso

Faleceu hoje Octávio Chau Afonso, de 81 anos, natural de Quadrazais, que foi advogado, escritor, jornalista e dirigente associativo. O funeral acontecerá em Lisboa no dia 8 de Novembro.

Octávio Chau Afonso

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Novo dicionário da gíria quadrazenha (4)

Vocabulário do «Novo Dicionário da Gíria Quadrazenha – Gíria/Português». São precedidos de asterisco os termos que eu criei (357), num total de 659. (Da letra S à letra X.)

Dicionário da Gíria Quadrazenha - Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Dicionário da Gíria Quadrazenha, por Franklim Costa Braga

VideoDestaque - © Capeia Arraiana

Sortelha, Sabugal, Caria e Quadrazais de antigamente

O arquivo da Cinemateca Portuguesa-Museu do Cinema tem no seu espólio um documentário de 1938 onde podemos «espreitar» Sortelha, as Águas Radium em Caria, o Sabugal e Quadrazais. O episódio mostra alguns monumentos, a indústria do engarrafamento da Água Radium em Caria e uma batida aos javalis com os cavaleiros a passarem na ponte do rio Côa no Sabugal. Produzido pelo SPN-Secretariado da Propaganda Nacional foi realizado por Salazar Dinis e J. Walton.

jcl

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

A morte do cabritinho

As personagens das histórias de Do Azeite ao Sabão e de O Filho do 46, Zé Bicho e Toninho Presas, foram-no também de uma outra história passada em França, nos arredores de Paris.

Um cabritinho em Paris - Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Um cabritinho em Paris

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Novo dicionário da gíria quadrazenha (3)

Vocabulário do «Novo Dicionário da Gíria Quadrazenha – Gíria/Português». São precedidos de asterisco os termos que eu criei (357), num total de 659. (Da letra M à letra R.)

Dicionário da Gíria Quadrazenha - Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Dicionário da Gíria Quadrazenha, por Franklim Costa Braga

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

O filho do 46

O pai, o 46, viera de Ramalde, região do Porto. Dizem que matou um homem ou um soldado do quartel em que fazia o serviço militar, onde tinha o n.º 46. Fugiu para Quadrazais, terra de acolhimento de homiziados. Como soube que Quadrazais o acolheria é coisa que desconheço. Aí exercia o ofício de caliador com um soitenho e, por ser o único na aldeia, trabalho não lhe faltava. Aí casou com a Erutildes Presas, de quem teve o Toninho…

Cicatriz no lábio da Celeste - Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Cicatriz no lábio da Celeste

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Novo dicionário da gíria quadrazenha (2)

Vocabulário do «Novo Dicionário da Gíria Quadrazenha – Gíria/Português». São precedidos de asterisco os termos que eu criei (357), num total de 659. (Da letra D à letra L.)

Dicionário da Gíria Quadrazenha - Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Dicionário da Gíria Quadrazenha, por Franklim Costa Braga

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Histórias – Do Azeite ao Sabão

Só me lembro dele já velhote, de farto bigode, com a sua barriguinha num corpo baixote, irmão da Padeça e da Patrocina, que fora mãe solteira por duas vezes, uma do Zé Bicho, nome por que também era tratado o filho Zé, e outra do Zé Grande, de quem nasceu a Umbelina, que veio a casar com o João Galo do Sabugal.

Sabão artesanal - Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Sabão artesanal

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Novo dicionário da Gíria Quadrazenha (1)

Vocabulário do «Novo Dicionário da Gíria Quadrazenha – Gíria/Português». São precedidos de asterisco os termos que eu criei (357), num total de 659. (Da letra A à letra C.)

Dicionário da Gíria Quadrazenha - Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Dicionário da Gíria Quadrazenha, por Franklim Costa Braga